terça-feira, 23 de outubro de 2018

LUZES DA CIDADE: LIVRO ENALTECE BELEZA DO EVENTO ‘A MAGIA DO NATAL’

Prefeito Izaías Régis e Fotógrafo Hilton Marques

A beleza do evento A Magia do Natal de Garanhuns está nas páginas do livro “Luzes da Cidade — City Ligths”, obra assinada pelas escritoras Roberta Paixão e Raquel Oguri. Com a proposta de mostrar os lugares do Brasil que possuem luz e o contraponto de onde se sofre com a falta dela, o livro fotográfico destaca o período natalino vivenciado na “Terra das Sete Colinas” e conta com registros do fotógrafo garanhuense Hilton Marques, que esteve, na manhã desta terça-feira (23), no gabinete do prefeito Izaías Régis para entregar um exemplar da obra.

De acordo com uma das autoras, a busca para relatar a proposta do livro, passou pelos quatro cantos do Brasil. Segundo Roberta Paixão, primeiro foram a Gramado, evidenciar o conhecido Natal Luz. “A gente queria ver se existia um paralelismo na região Nordeste e então tivemos a boa surpresa de Garanhuns. Encontramos, depois de Gramado, a cidade pernambucana como segunda opção para o turismo de Natal e realmente foi uma boa surpresa”, conta a escritora, detalhando que a obra conta com imagens de cerca de 15 municípios brasileiros.
 
O prefeito Izaías Régis descreve a grata surpresa e gratidão por ter recebido um exempar do livro e enfatiza, sobretudo, a prova que a publicação traz, de consolidação nacional da festividade. “A Magia do Natal já chegou no país. É gratificante demais ver duas escritoras de outra região do Brasil terem esse interesse de publicar nosso evento. Quebramos barreiras regionais e atingimos um público ainda maior. Isso é resposta de investimento no turismo, feito com dedicação e acreditando no potencial que Garanhuns tem”, destaca o gestor.

Com produção iniciada no ano passado, o livro foi finalizado neste mês de setembro e terá lançamento oficial, segundo a Editora Arte Ensaio, no fim deste ano. O leitor poderá, além de admirar fotografias de cidades do país, informações e curiosidades dos locais, promovendo novas percepções sobre o que é visto. O evento “A Magia do Natal” conta com quatro imagens. Hilton Marques, autor das mesmas, fala do sentimento de ter seu trabalho reconhecido nacionalmente. “É emocionante, isso nos deixa orgulhoso por ser garanhuense”, pontua.

Assessoria de Comunicação Social e Imprensa — ACSI
Texto: Cloves Teodorico
Fotos: Priscila Belens
Atendimento à imprensa: (87) 3762.0109 — Secom/PMG


VICE DE BOLSONARO DIZ QUE VAI PROCESSAR CANTOR GERALDO AZEVEDO QUE O ACUSOU DE TORTURA. ARTISTA PEDE DESCULPAS

General Hamilton Mourão (PRTB) pretende processar Geraldo Azevedo por
calúnica e difamação (Foto:  Werther Santana/Estadão

O general da reserva Hamilton Mourão, vice na chapa do candidato à Presidência pelo PSL, Jair Bolsonaro, disse que vai processar o cantor e compositor Geraldo Azevedo que o acusou em um show no fim de semana de torturá-lo durante o regime militar. Ao Estado, Mourão afirmou que em 1969, ano em que o artista esteve preso pela primeira vez, ainda não tinha ingressado no Exército. Procurado pela reportagem na manhã desta terça-feira, Azevedo negou que o candidato a vice na chapa de Bolsonaro estivesse entre os militares que o torturaram quando ele foi preso, em 1969 e em 1974.

“É uma coisa tão mentirosa”, disse Mourão. “Ele me acusa de tê-lo torturado em 1969. Eu era aluno do Colégio Militar em Porto Alegre e tinha 16 anos”, afirmou o general da reserva. “Cabe processo.” Hamilton Mourão entrou em 1972 na Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN) e se formou em 1975. É filho do general de divisão Antonio Hamilton Mourão e Wanda Coronel Martins Mourão.

As declarações de Geraldo Azevedo, dadas em show no final de semana na Bahia, foram citadas pelo candidato a presidente pelo PT, Fernando Haddad, em sabatina, nesta terça-feira pela manhã, no jornal “O Globo”.


Em nota, o artista pediu desculpa “pelo transtorno causado pelo equívoco e reafirmou sua opinião de que não há espaço no Brasil de hoje para a volta de um regime que tem a tortura como política de Estado e cerceia a liberdade de imprensa”.

Com informações do Estadão


INSCRITOS NO ENEM JÁ PODEM CONFERIR LOCAL DE PROVA



O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) já liberou o acesso ao Cartão de Inscrição do Enem 2018. No documento, é possível saber os locais em que o participante deve realizar as provas, marcadas para os dias 4 e 11 de novembro.

Para fazer a consulta, o estudante deve acessar a Página do Participante, no portal do Inep, ou o aplicativo do Enem 2018 e inserir o número do CPF e a senha. Caso tenha esquecido a senha, é possível recuperá-la na própria página do participante.

Além do local de provas, o documento traz as informações pessoais do participante, número de inscrição, opção de língua estrangeira, de atendimento diferenciado e/ou específico e de recursos de acessibilidade, caso solicitado.

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE GARANHUNS REALIZA SEMINÁRIO SOBRE DIVERSIDADE

Foto: UFRPE

A partir desta quarta-feira (24), a Universidade Federa Rural aqui de Garanhuns vai sediar o II Seminário de Técnicos Administrativos em Educação Superior, que tem como tema “Diversidade, Acessibilidade e Inclusão”.

O Seminário é organizado por um grupo de técnicos-admistrativos da Unidade Acadêmica de Garanhuns e nesta segunda edição contará com a presença de participantes de diversos estados, como: Alagoas, Ceará, Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Sergipe, sendo oriundos de instituições como UFRPE, UFPE, IFPE, UFAL, UFPB, UNIT, Universidade Federal do Semi-Árido, além de Colégios Municipais de Garanhuns e da APAE, entre outras instituições, tanto servidores, como estudantes.

De acordo com a assessoria do evento, a programação conta com palestra, painel, mesa-redonda, grupos de discussão, oficinas, apresentação de trabalhos submetidos ao evento além apresentações culturais.

O seminário segue até o dia 26 de outubro, na própria universidade. No Site do Seminário, é possível ter mais detalhes sobre os palestrantes, bem como sobre o tema do evento.