domingo, 27 de maio de 2018

EM PRONUNCIAMENTO AO VIVO, TEMER ATENDE REINVINDICAÇÕES DE CAMINHONEIROS

Visivelmente contrariado, Presidente Temer fez seu primeiro pronunciamento à
Nação, mas direcionado à categoria dos caminhoneiros em greve.

O presidente Michel Temer fez na noite deste domingo (27) uma declaração à nação, com direcionamento específico à categoria dos caminhoneiros que a sete dias estão paralisados nas rodovias nacionais, reivindicando uma série de ações do governo em prol da categoria, dentre elas a redução do preço dos combustíveis, demanda esta que também beneficiaria os demais consumidores, proprietários de veículos.

No seu pronunciamento, que interrompeu a programação normal das principais emissoras de TV do país e suas afiliadas, Temer detalhou a resposta, segundo ele, positiva para as reivindicações dos profissionais da estrada, começando com a redução em 46 centavos por litro no preço do óleo diesel por 60 dias, principal combustível propulsor da frota de caminhões pelo país. O chefe do executivo federal também.

A primeira reivindicação dos caminhoneiros, o preço do diesel, terá um desconto de 46 centavos por litro. Essa redução corresponde aos valores do PIS/Cofins e do CIDE somados”, afirmou Temer. Depois desse prazo, o reajuste dos preços do diesel acontecerá mensalmente. Segundo o presidente, a redução será arcada pelo Tesouro Nacional e não afetará a Petrobras.

Temer também anunciou que vai editar uma medida provisória isentando de pagamento de pedágio os eixos suspensos de caminhões vazios em rodovias federais e estaduais. O governo também vai estabelecer uma tabela mínima de frete.


EXCLUSIVO: PREFEITA CONSEGUE LIMINAR PARA LEVAR COMBUSTÍVEL À SÃO BENTO DO UNA

Após reunião com Governador Paulo Câmara Na manhã deste domingo (27), a Prefeita Débora Almeida conseguiu uma liminar da justiça que irá permitir que o município des São Bento do Una (PE), consiga combustível para o abastecimento da frota Municipal garantindo, dessa forma, que os serviços essenciais sejam regularizados. 


A captação desse combustível terá escolta da polícia militar e será entregue ao município assim que for decidido um forma viável e tranquila para o translado. Outros municípios estarão procedendo da mesma forma.

UPE SUSPENDE ATIVIDADES NESTA SEGUNDA-FEIRA (28/05)


A Universidade de Pernambuco (UPE), de forma preventiva e considerando a continuidade da greve dos caminhoneiros, suspende as atividades acadêmicas e administrativas de todos os seus 15 campi esta segunda-feira (28/05). A decisão é válida para os turnos da manhã, tarde e noite a fim de minimizar os transtornos à comunidade acadêmica.

A gestão da Universidade realiza, amanhã (28/05), reunião com todos os diretores das unidades da instituição para avaliar e traçar estratégias de reposição das aulas perdidas durante o período de paralização. Ao longo do dia, a UPE, que está acompanhando os acontecimentos, emitirá novo posicionamento sobre o expediente da instituição na próxima terça-feira (29/05).

No entanto, as atividades assistenciais das unidades do Complexo Hospitalar da UPE, composto pelo Hospital Universitário Oswaldo Cruz (Huoc), Pronto-Socorro Cardiológico Universitário de Pernambuco (Procape) e Centro Integrado de Saúde Amaury de Medeiros (Cisam), estão mantidas em seu máximo, em respeito aos pacientes que compareçam às unidade de saúde.

Caso haja redução do número de servidores disponíveis nos atendimentos, serão priorizados os casos com gravidade clínica e situações emergenciais.

Portal da UPE

PREFEITA DE SÃO BENTO DO UNA DISCUTE CRISE DOS COMBUSTÍVEIS COM GOVERNADOR

Reunião no Palácio do Governo de Pernambuco avaliou a
intensidade na crise no estado e apresentou ações.

Tentando apresentar soluções para a sua população, a Prefeita de São Bento do Una (PE), Débora Almeida (PSB), esteve na manhã deste domingo (27) participando de uma reunião no Palácio do Campos das Princesas, convocada pelo Governador, o também socialista Paulo Câmara.

Na oportunidade, a gestora saobentense representou a AMUPE – Associação Municipalista de Pernambuco -, entidade na qual ocupa o cargo de Secretária da Mulher. A pauta da reunião, como adiantamos aqui no blog, logo no início da manhã, são as ações que estão sendo implementadas e outras que serão realizadas para minimizar  os efeitos negativos da paralisação dos caminhoneiros.
Após reunião, Governador Paulo Câmara concedeu entrevista
tendo ao lado (de vermelho) Secretaria da Mulher da AMUPE
e Prefeita de São Bento do Una, Débora Almeida.

Nesta reunião, além da prefeita Débora, também participaram diversas outras entidades públicas e privadas, prefeitos, veículos de comunicação, associações e deputados estaduais. Após o encontro, Débora seguiu para o Gabinete de Crise onde tenta junto ao governo a possibilidade de escolta policial para acompanhamento de um comboio que possa transportar combustível para o seu e outros municípios em situação mais crítica, nos quais há risco de desabastecimento principalmente para a frota da saúde. 


Marcos Patriota falou com
o agreste na manhã deste
domingo (27).

PREFEITO DE JUPI PREOCUPADO COM DESTINO DOS MUNICÍPIOS EM MEIO À CRISE

Em conversa com o Prefeito de Jupi, Marcos Patriota (DEM), o mesmo lamentou a situação que o país vive e em especial as condições nas quais os municípios pernambucanos se encontram, com o desabastecimento em vários setores.

Patriota garantiu que o combustível para utilização pela frota da saúde no seu município ainda está sob controle, mas que a educação está paralisada e que até alguma mudança ser sinalizada por parte do governo ou dos manifestantes, as aulas estarão suspensas em virtude da ausência de merenda e da impossibilidade de funcionários da educação estarem nos seus postos de trabalho, dentro das atuais condições.

GOVERNO DE SÃO BENTO DO UNA PROPÕE UTILIZAÇÃO DE VEÍCULOS DE TRAÇÃO ANIMAL PARA RECOLHIMENTO DE LIXO DURANTE GREVE

Governo de São Bento do Una propõe a utilização de veículos de tração animal
para a coleta de lixo no municipio até a regularização 
Quando os primeiros caminhões começaram a estacionar às margens das rodovias de todo o país, nem de longe a população imaginaria a dimensão – e consequências - da manifestação que ali se iniciava. Nem o Governo: Na terça feira, por exemplo, o Presidente Temer encontrava-se em evento do MDB, no qual se apresentou a pré candidatura do  ex Ministro da Fazenda Henrique Meirelles à presidência da República. Alheio a tudo o que se passava no país.

De lá para cá, a manifestação dos caminhoneiros, que reivindica, entre outras pautas, a redução do preço dos combustíveis nas bombas, tomou vulto no país e vem ocupando as capas dos principais jornais e as manchetes de todas as mídias. De uma hora para outra, o que parecia sólido se desmanchou e o país sofre um desabastecimento que começou com os combustíveis e agora chega aos mercados e feiras, comprometendo a alimentação, água e sobrevivência da população. Nas barricadas, instaladas ao longo das principais rodovias federais e estaduais, apenas veículos de passeio, ambulâncias  e  transportes de insumos para a saúde, além das viaturas dos órgãos de segurança tem permissão dos manifestantes para seguirem seus rumos.

SITUAÇÃO DE EMERGÊNCIA NO AGRESTE DE PERNAMBUCO

De São Bento do Una, município com pouco mais de 57 mil habitantes localizado há 202 quilômetros da Capital Recife, algumas ideias do poder público municipal podem, se colocadas em prática, reduzir os efeitos da falta de combustível e desta forma viabilizar o abastecimento de emergência de unidades de saúde locais. 

Uma destas ideias, nascidas de reuniões com secretariado municipal segundo a Prefeita Débora Almeida (PSB), é a utilização de veículos de tração animal (carroças de burro), que fazem parte da paisagem agresteira e no dia a dia servem para o transporte de mudanças e produtos da safra local. Esse transporte, livre da utilização de combustíveis, faria o transporte do lixo nas ruas da cidade, mais um problema que todos os municípios vem enfrentando desde o início da greve.

Clique no link e veja o vídeo do pronunciamento da Prefeita Débora Almeida no seu Facebookhttps://www.facebook.com/PrefeituraSBU/videos/1691283050947562/

PREFEITA APELA PARA A JUSTIÇA NA BUSCA DE COMBUSTÍVEL


Foto: Fernando Oliveira/PRF/ Divulgação
Débora Almeida está na manhã deste Domingo (27) em reunião de emergência com o Governador do Estado Paulo Câmara (PSB), objetivando outras medidas que possam minimizar o efeito da crise que está no seu 7º dia. 
O governo de São Bento do Una também está tomando medidas judiciais: Uma liminar pede à justiça a permissão para que alguns veículos possam, devidamente escoltados, realizarem o transporte de combustíveis a partir do Porto de Suape para abastecer a frota da saúde que, se não atendida, pode gerar um colapso nos atendimentos médicos de centenas de pacientes que utilizam o TFD  - Tratamento Fora do Domícilio -, e quem tem a necessidade de estarem em Recife e outros centros distantes da sede, para realização de exames, cirurgias e tratamentos de doenças entre elas o câncer, ações que não podem esperar pelo final de uma greve.



GOVERNO NEGOCIA NOVAS PROPOSTAS PARA TENTAR ENCERRAR GREVE DOS CAMINHONEIROS


O ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, disse na noite deste sábado (26) que vai levar para o presidente Michel Temer (MDB) novas propostas para por fim ao movimento dos caminhoneiros depois de reunir com lideranças do movimento em São Paulo.

Marun se reuniu no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista, com o governador Márcio França (PSB) e lideranças do movimento dos caminhoneiros.

Entre as propostas que serão levadas para Brasília, Marun destacou a garantia de que o desconto de 10% no valor do diesel vai chegar na bomba de forma efetiva, a possibilidade de que a manutenção do preço seja ampliada de 30 para 60 dias e o fim da suspensão da cobrança de tarifa de pedágio para eixo elevado dos caminhões. Esse último ponto já foi acertado pelo governo de São Paulo com os caminhoneiros.

"Essa é a tarefa que eu levo que Brasília. Nesse tempo, eles (líderes do movimento) vão perguntar, consultar as suas bases", afirmou Marun.

O governo e as lideranças do movimento dos caminhoneiros devem chegar a uma posição final sobre essas três propostas até as 15 horas deste domingo (27).

"O movimento dos caminhoneiros já é vitorioso e o que queremos é que agora ele possa amenizar o sofrimento dos brasileiros. Amanhã (domingo) queremos celebrar um acordo", afirmou Marun.

Segundo o último boletim divulgado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), havia 586 pontos de bloqueio nas estradas do país até as 19h deste sábado.