quarta-feira, 25 de abril de 2018

AÇÕES DE MENDONÇA FILHO COMO MINISTRO DA EDUCAÇÃO, SÃO EVIDENCIADAS POR DEPUTADA PRISCILA KRAUSE


Priscila fez questão de enaltecer os feitos do ex Ministro Mendonça Filho, durante
os quase dois anos à frente da Educação no País.
A deputada estadual Priscila Krause (DEM) repercutiu na tribuna da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), prestação de contas do trabalho realizado pelo ex-ministro da Educação Mendonça Filho, atualmente deputado federal pelo Democratas, nos 23 meses de sua gestão à frente da Pasta. De acordo com ela, única representante da sigla na Casa de Joaquim Nabuco, os números dos investimentos realizados são “impressionantes” e vão de encontro à percepção de que todos os políticos têm dificuldade de cumprir seus compromissos. Entre os destaques da atuação do pernambucano, Priscila citou as mudanças estruturais no currículo do Ensino Médio, a ênfase na escola em tempo integral, a relevância das políticas de alfabetização e o fortalecimento do Fies, com a reestruturação do programa, e do Enem, reforçando a credibilidade do exame.

A transformação liderada por Mendonça conta hoje com o reconhecimento do País inteiro. Em todos os níveis de ensino e em diversos setores da gestão federal da educação, a marca dele é perceptível e seus efeitos aplaudidos, honrando a tradição pernambucana”, registrou Priscila. A transformação na estrutura curricular do Ensino Médio, discutida há vinte anos, concretizou-se a partir da decisão política do ex-ministro, com avanços como ensino obrigatório do inglês, flexibilidade de disciplinas conforme a aptidão dos estudantes em áreas específicas de ensino, mais vinculadas ao mercado de trabalho, e o aumento da oferta de ensino em tempo integral. Nesse sentido, o Ministério passou a apoiar os estados na implantação desse sistema de ensino (dois turnos) com o investimento de R$ 1,5 bilhão, até 2019, para a criação de 500 mil novas vagas em todo o país.

A reprogramação conceitual da atuação do Ministério, mais focada no ensino básico, refletiu na estruturação de uma política pública para reforçar a alfabetização em todas as regiões brasileiras, partindo do diagnóstico apurado pela Avaliação Nacional de Alfabetização, de 2014, de que mais da metade dos concluintes do terceiro ano fundamental tinha, à época, leitura elementar insatisfatória. “No Nordeste, esse triste índice beirou os setenta por cento, o que já se via na Região Norte. A defasagem acompanha essas crianças pelo resto da vida, dificultando o aprendizado e afetando o ingresso na vida profissional”, relatou a parlamentar. De acordo com Priscila, a gestão do ex-ministro criou a política nacional da alfabetização, baseada em ações como reforço na formação dos professores, com a Residência Pedagógica, e o programa nacional do livro didático, inclusive distribuídos eletronicamente.

Além de citar, entre outras realizações, os reajustes nos programas nacionais de Alimentação e Transporte escolares, fundamentais aos municípios brasileiros, Priscila também listou como importantes realizações a reestruturação do Fies, que contava, quando da sua posse, com um rombo de R$ 32 bilhões, e do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que passou por reformulações que garantiram maior segurança e comodidade aos estudantes. As provas passaram a ser aplicadas, por exemplo, em dois domingos seguidos. Em referência aos recorrentes discursos da oposição de que reduziria os investimentos na área, Priscila afirmou que “o terrorismo das fake news” foi engolido com dados como a execução de cem por cento dos recursos previstos no orçamento de custeio da Pasta em 2016 e 2017 e a liberação recorde de repasses na última semana do ano passado.

Ao término do pronunciamento, a deputada adiantou que realizará um novo pronunciamento para detalhar as realizações da gestão Mendonça Filho no Ministério da Educação especificamente em relação ao território pernambucano, visto que a lista e a relevância são tamanhas que, conforme o regimento da Casa, não comportariam numa única oportunidade de discurso.

Com textos e imagens da Assessoria Parlamentar da Deputada Priscila Krause