sábado, 10 de fevereiro de 2018

TEMER COMUNICA A CNM ASSINATURA DE PROJETO PARA AFM QUE DEVE LIBERAR R$ 2 BILHÕES PARA PREFEITURAS

E uma boa notícia para que os prefeitos brasileiros possam ter um carnaval com mais esperança: 
O presidente da República, Michel Temer, fez um contato telefônico no final da manhã de ontem, sexta-feira (9/2) com o presidente da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), Paulo Ziulkoski, comunicando que havia acabado de  assinar o Projeto de Lei do Congresso Nacional (PLN), que garante o repasse de R$ 2 bilhões na forma de Apoio Financeiro aos Municípios (AFM), acertado no final de 2017 e que não foi pago por conta de obstáculos orçamentários. 
Para Ziulkoski, a ligação foi um sinal de disposição ao diálogo, por parte do presidente da República, e de respeito ao respaldo institucional conquistado pela CNM em sua atuação em Brasília. “Agimos sempre com firmeza na defesa dos interesses dos municípios, obtendo resultados por conta da respeitabilidade e coerência da nossa entidade”, disse Ziulkoski ao comentar a conversa com o chefe do Executivo.
Temer fez o contato direto com Ziulkoski para garantir o compromisso do Palácio do Planalto com a transferência dos recursos. O presidente também informou que já teria solicitado ao presidente do Congresso Nacional, senador Eunício de Oliveira (PMDB-CE), uma tramitação ágil para o PLN. No final da semana anterior, em contato institucional com o parlamentar cearense em Fortaleza, integrantes da CNM já tinham ouvido do próprio senador o compromisso de colocar a matéria em votação assim que ela chegar ao Congresso.  
Com o PLN, que ainda não tem um número pois não foi publicado no Diário Oficial da União (DOU), o governo federal obtém o respaldo orçamentário para liberar recursos para o Programa Especial de Apoio aos Municípios, criado no último dia útil de 2017 com o objetivo de assegurar as condições para pagamento da AFM acertado com os prefeitos durante mobilização dos dias 21 e 22 de novembro de 2017 em Brasília. Naquela ocasião, o programa e blog ‘Falando com o Agreste’ esteve em Brasília, acompanhando uma caravana de prefeitos pernambucanos, na cobertura desta pauta.
Desde que o Palácio do Planalto não pôde honrar com a promessa feita aos gestores municipais, o presidente da CNM empreendeu uma costura institucional, em Brasília, para cobrar o cumprimento do acordo. Na última terça-feira (6/2), Ziulkoski se reuniu mais uma vez com o ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, e com o ministro-chefe da secretaria de Governo, Carlos Marun, para confirmar o pagamento do AFM com agilidade, atendendo uma demanda financeira dos Municípios, que atravessam dificuldades de caixa. Foi o terceiro encontro realizado para tentar resolver o impasse. 

Durante esta negociação, Ziulkoski sempre alertou para as dificuldades decorrentes do não repasse do auxílio aos Entes locais, que enfrentam realidade financeira difícil e se planejaram para utilizar o recurso em 2017. “Todos contavam com esse valor até o dia 31 de dezembro. E isso não veio, o que gerou uma dificuldade grande aos prefeitos”, ponderou Ziulkoski.

PREFEITO DE SÃO JOÃO TEM REUNIÃO PRODUTIVA COM GOVERNADOR. OBRAS ESTÃO VINDO POR AÍ.

Geraldo do Cestão (Vice Prefeito), Secretário Fá Albino,

Governador Paulo Cãmara, Prefeito Genaldi e os gerentes da 

Casa Civil Sivaldo Albino e Sandoval Candengue
Para muitos, existe um mito de que o ano profissional no Brasil só começa após os festejos de carnaval, quando planos, projetos e ações são mais evidenciados e efetivamente colocados em prática. Com essa ideia, se procrastina muitas destas ações e em meio a globalização, empresas e instituições públicas perdem em competitividade.  

Mas a verdade é bem outra: os resultados positivos que timidamente surgem na economia nacional, por exemplo, são os reflexos iniciais de um trabalho que o empresariado e algumas dessas instituições  públicas brasileiras vem realizando desde sempre.

Para o meio político governamental, seja na esfera federal, estadual ou municipal,  vale a mesma máxima: quem não se mexe nos momentos mais difíceis, torna mais distante a concretização desses projeto e ações em benefício de suas populações.   

Um bom exemplo vem do município de São João, localizado a 226 quilômetros da  capital, Recife. Em audiência realizada com governador Paulo Câmara (PSB), o prefeito  Genaldi Zumba (PSD), e o seu vice prefeito Geraldo do Cestão, além do secretário de Governo Fá Albino e dos gerentes da Casa Civil Sandoval Cadengue e Sivaldo Albino, foi reivindicado por Genaldi, a abertura de 02 poços artesianos com sistema simplificado, 05 Barragens de médio porte, o complemento do asfalto para as ruas centrais de São João, além da liberação do FEM para execução do saneamento e calçamento em diversas ruas.
"Nosso esforço é para melhorar as condições de vida da nossa 
população" declarou o Prefeito Genaldi

Na oportunidade, também se discutiu formas de garantir melhoramento na comercialização dos produtos agrícolas locais e da região, a exemplo do feijão, um dos produtos base da economia naquela região do agreste pernambucano.

Na opinião do prefeito Genaldi Zumba, “Foi uma reunião produtiva na qual sentimos a boa vontade do Governador em solucionar esses problemas pontuais. Esperamos agora o andamento das nossas solicitações para que a população possa ver os resultados do nosso trabalho, que se destina a melhorar a qualidade de vida da população são joanense!”.