terça-feira, 16 de janeiro de 2018

GARANHUNS DISPONIBILIZA VACINA CONTRA FEBRE AMARELA

Foto: Se Liga Saúde
Com os constantes casos de febre amarela no Brasil, a Secretaria de Saúde aqui de Garanhuns, por meio do Programa Nacional de Imunização (PNI) está colocando em prática algumas ações, na intenção de impedir que a doença circule pela região, mesmo o município sendo considerado uma área livre da doença.

A vacina está disponível no Centro de Especialidades de Saúde da Mulher e da Criança (Cesmuc), na Avenida Simoa Gomes, Heliópolis, próximo ao Samu. De segunda à quinta-feira das 07h30 às 15h30.


É importante lembrar que, como Garanhuns só recebe 100 vacinas por mês a dose é exclusiva para aquelas pessoas que vão viajar para áreas de risco. A vacina deve ser tomada em até 10 dias antes da viagem e é necessário que a pessoa leve um comprovante, seja a passagem mostrando o destino final ou e-mail da agência de turismo que valide, oficialmente a viagem.

ARTISTAS MOSTRAM FORÇA DA MÚSICA GARANHUENSE EM PROJETO

Foto: Blog Ronaldo César
Cada dia mais os talentos artísticos em Garanhuns vem se destacando, e com isso o município recebe no dia 27 de janneiro a primeira edição da Mostra Mundaú de Canções. O projeto, realizado pelo Aldeia Tear em parceria com músicos e compositores do Agreste Meridional, visa promover a circulação da produção artística autoral da região.

Além do dia 27, a data da segunda edição do evento já está marcada, e vai acontecer no dia 3 de março. Com isso os artistas de vários momentos da história cultural da cidade vão se apresentar partilhando com o público suas criações e agregando novas possibilidades à cadeia produtiva local.

No primeiro dia, participam do momento o artista e também diretor musical da mostra, Alexandre Revoredo, além de Álefe, Celina de Berto, Rogério Diniz e Thiago Ferreiras. Já no dia 3 de março, estarão presentes Andréa Amorim, Hercinho, Léo Noronha, Paulo Ferreira e Paulo Victor.

O nome do projeto foi inspirado no Rio Mundaú que tem sua nascente em Garanhuns (PE), próximo à sede do Aldeia Tear. Por analogia, a mostra, assim como o Rio Mundaú, pretende disseminar os frutos daquela região, as manifestações artísticas, através dos cursos e afluentes gerados por essa ação coletiva.


O Aldeia Tear, local das apresentações fica na Rua Antônio Penante, 480, Santo Antônio. Os shows começam às 22h da noite, e os ingressos custam R$10 (antecipado) e R$15 (Na hora).