domingo, 30 de dezembro de 2018

REFORMA ADMINISTRATIVA DE PAULO CÂMARA GARANTE POSSE DE DEPUTADO ESTADUAL ELEITO SIVALDO ALBINO,

Sivaldo Albino, Deputado eleito João Campos e Governador Paulo Câmara
Foto: Redes sociais
Após duas tentativas como candidato à Deputado Estadual em Pernambuco, 04 vezes vereador por Garanhuns, sendo inclusive por 02 vezes presidente da Casa Raimundo de Moraes de forma consecutiva, fato inédito até então, um ex garçom, ex cobrador e ex fiscal de empresa de transporte urbano e micro empresário no setor de restaurante, Sivaldo Rodrigues Albino deve assumir um mandato na 19ª Legislatura (2019-2022) na Assembléia Legislativa de Pernambuco, Casa Joaquim Nabuco.

Para viabilizar essa assunção de cargo, foi anunciado recentemente pelo governador Paulo Câmara o novo secretariado que deve compor seu segundo governo e entre eles está o deputado Rodrigo Novaes (PSD), que deve assumir a pasta do Turismo e com esta escolha abre-se a vaga que viabiliza a posse de Albino no dia 02 de Fevereiro na ALEPE.

Sivaldo, que é garanhuense e filho do ex vereador Severino Albino, foi candidato pela Frente Popular de Pernambuco nas últimas eleições e obteve um total de 18.256 votos, frente aos 3.612 votos obtidos pelo candidato e já deputado ÁLVARO PORTO, que teve apoio do prefeito Izaías. Aos 46 anos de idade, Sivaldo Albino promete ser o representante legítimo de Garanhuns na Assembléia.

ATUAÇÃO PARLAMENTAR

Como Vereador, Sivaldo Albino teve destaque na aprovação de diversos projetos para Garanhuns, entre eles a solicitação do Expresso Cidadão para o município, na época da gestão do Governador Eduardo Campos; Foi pioneiro na autoria do projeto que torna todas as votações ABERTAS e NOMINAIS na Câmara Municipal de Garanhuns, extinguindo as votações  secretas, um dos mais copiados projetos em todo o País; Sivaldo acabou com a chamada “Farra do Jetom”, uma polêmica manobra  com a qual os parlamentares recebiam dinheiro extra para participar de sessões extraordinárias na Câmara; Como presidente da Câmara, Sivaldo foi considerado um administrador austero, economizando recursos que inclusive deram origem ao moderno prédio que hoje abriga a Câmara Municipal de Garanhuns; A eficiência e transparência como parlamentar gerou, segundo sua assessoria, a aprovação de todas as suas contas como gestor da Câmara Municipal;

RELACIONAMENTO COM PREFEITOS E CAMINHO PARA OPOSIÇÃO

Na presidência da Câmara de Garanhuns, Albino sempre buscou cumprir os compromissos assumidos com seus eleitores  e foi considerado pelos seus pares um bom administrador, o que lhe valeu uma reeleição no cargo.

Em relação ao Palácio Celso Galvão, o hoje socialista sempre se manteve um fiel escudeiro do ex gestor Silvino Duarte, mas ao que parece não recebeu a mesma fidelidade de volta: na expectativa de ser ungido sucessor de Silvino nas eleições de 2004, Sivaldo teve seus planos frustrados quando o gestor apontou o farmacêutico Luiz Carlos de Oliveira para sucedê-lo, preterindo o jovem aliado. E foi no governo de Luiz Carlos que iniciou-se a trajetória oposicionista de Albino, apontando falhas, denunciando irregularidades e trazendo para si amor e ódio por parte de eleitores e, claro, dos detentores do poder executivo.
Um episódio específico fortaleceu esse viés oposicionista: Sivaldo denunciou irregularidades nas verbas direcionadas a construção de uma ponte na zona rural de Garanhuns, durante o governo Luiz Carlos. A pauta, que foi matéria na imprensa nacional, foi exaustivamente explorada pelo parlamentar, como também pelo jornalista e hoje Deputado federal eleito Fernando Rodolfo (PHS).  

Silvino Duarte, Raul Jungmann, Izaías Régis e Sivaldo. De aliado
à oposicionista. Foto: www.vereadorsivaldo.blogspot.com
 
Na sequência, ainda fiel à Silvino Duarte, Sivaldo o apoiou em mais uma tentativa deste chegar ao palácio municipal. Com a desistência de Silvino no meio da campanha de 2012 e consequente aliança deste com o ex adversário (e atual prefeito) Izaías Régis (PTB), Sivaldo acompanhou novamente a orientação ‘silvinista’, mas desta feita o ‘casamento’ iria durar pouco e após a lua de mel política, já no primeiro semestre de 2013, veio mais um rompimento.

Desavenças entre o recém eleito prefeito Izaías e Sivaldo albino – que apresentam versões diferentes para o rompimento -, colocaram o ainda vereador Sivaldo definitivamente no campo das oposições, chegando a ser a única voz da Câmara contra o ex aliado. As denúncias, ameaças e ataques mútuos (alguns até de caráter pessoal), imbróglios judiciais, (alguns prosperaram, outros não), se intensificaram e aproximaram o ex vereador de uma parcela da população que também se identificava com Sivaldo na oposição a Izaías. Em 2014, a aproximação foi com o PSB e atendendo pedido do ex governador Eduardo Campos, foi candidato também a Deputado Estadual, ainda pelo PPS, sem no entanto obter votação suficiente.

Assumindo a gerencia da Casa Civil do Governo Paulo Câmara em 2017 permanecendo no cargo por um ano e três meses e após 14 anos integrando os quadros do PPS, Sivaldo recebeu e aceitou o convite do PSB para fazer parte da sigla, pela qual obteve a marca de mais de 18 mil votos na eleições mais recentes. Em dobradinha com João Campos, filho mais velho do ex governador Eduardo Campos, para deputado federal, Sivaldo ainda conseguiu que o jovem socialista fosse majoritário em Garanhuns com a marca de 12.427 votos.

Com o apoio desse eleitorado e consequente votação ao hoje deputado eleito, que assim como Izaías Régis quando parlamentar, também alimenta o objetivo inegável e impreterível de vir a governar Garanhuns, as cartas começam a ser lançadas.

Certamente não será tarefa fácil, já que Izaías Régis vem preparando seu sucessor e através de uma série de ações governamentais bem sucedidas como embelezamento e moderna iluminação da cidade, investimentos na infra estrutura e entre estas ações o resgate da vocação turística de Garanhuns com a criação de grandes eventos que em poucos anos se consolidaram no calendário cultural como o ‘Viva Dominguinhos’, e a recente ‘Magia do Natal’, fatores que o colocam como um grande obstáculo nos planos de Sivaldo      

Senhoras e senhores: 2019 vai começar, mas no horizonte político já se desenha um 2020 de grandes disputas.  

FELIZ ANO NOVO. FELIZ NOVOS PLANOS!

Nenhum comentário:

Postar um comentário