quinta-feira, 20 de dezembro de 2018

POLÍCIA FEDERAL CUMPRE MANDADO DE BUSCA E APREENSÃO NA CASA DA MÃE DE AÉCIO NEVES

Aécio Neves, em agosto de 2016.  AFP

Nove dias depois de a Polícia Federal cumprir mandados de busca e apreensão em imóveis do senador Aécio Neves (PSDB) e da irmã dele, Andrea Neves, policiais federais voltam a cumprir, nesta quinta-feira (20),  mandados judiciais envolvendo a família do parlamentar, que nessa quarta-feira (19) foi diplomado deputado federal, em cerimônia no Palácio das Artes, na Região Central de Belo Horizonte. A posse no novo cargo acontecerá em 1º de janeiro.

O alvo dessa vez é um apartamento na Região Centro-Sul da capital, de propriedade  da mãe do senador, Inês Maria,  e um outro imóvel pertencente  ao primo do senador, Frederico Pacheco, além de uma empresa.

O senador e a irmã estão envolvidos na Operação Ross, deflagrada pela Polícia Federal para investigar suposto pagamento de propina de R$110 milhões, feitos entre 2014 e 2017 pela J&F, holding dos irmãos Joesley e Wesley Batista.

Além de Aécio e Andrea, são alvos da operação os senadores Antonio Anastasia (PSDB-MG) e Agripino Maia (DEM-RN) e os deputados federais Paulinho da Força (SD-SP), Cristiane Brasil (PTB-RJ) e Benito Gama (PTB-BA).

A operação Ross , que nesta quinta-feira foi desdobrada em uma segunda fase, foi autorizada pelo ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário