quarta-feira, 14 de novembro de 2018

PELA PRIMEIRA VEZ EM 7 MESES, LULA DEIXA POLÍCIA FEDERAL PARA SER INTERROGADO PELA SUBSTITUTA DE MORO


O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) deixou a Superintendência da PF (Polícia Federal) em Curitiba de carro por volta das 13h30 desta quarta-feira (14). Ele foi levado para a sede da Justiça Federal na capital paranaense onde será interrogado pela juíza federal substituta Gabriela Hardt no âmbito do processo do sítio de Atibaia, em que é um dos 13 réus.
Essa é a primeira vez que Lula deixa a sede da PF desde que se entregou, em 7 de abril, para começar a cumprir sua pena de mais de 12 anos de prisão no processo do tríplex, também investigado pela Operação Lava Jato.
O trajeto entre PF e a Justiça Federal, de 5,5 quilômetros, foi feito com forte esquema de segurança e durou sete minutos. Um comboio composto por seis carros da Polícia Federal, acompanhado de dez batedores em motos, foi usado para dar segurança ao deslocamento.
Ao longo do percurso, não houve qualquer registro de incidente nem de manifestações.
Desde cedo, cerca de cem apoiadores do ex-presidente estiveram reunidos na Vigília Lula Livre, em um terreno ao lado da Superintendência da PF.
Ao contrário de outros depoimentos do ex-presidente e mesmo após a sua prisão, não havia um forte esquema de segurança, apenas um número maior de policiais do que se observa em dias normais.


Nenhum comentário:

Postar um comentário