sexta-feira, 16 de novembro de 2018

ENTIDADE MUNICIPALISTA OUVE PREFEITOS E PEDE MANUTENÇÃO DO 'MAIS MÉDICOS'

(*Marcelo Jorge - Brasília DF)


Chegamos aqui em Brasília nesta sexta feira (16) e a pauta que vem sendo debatida em todas as esferas é a que envolve o término de parceria entre o Brasil e Cuba e que mantinha o Programa Mais Médicos, lançado na gestão federal do PT.
Para tentar contornar o problema que segundos os gestores municipais, principalmente das menores e mais longínquas cidades do país, acentuou ainda mais a crise no atendimento médico com a repentina redução dos profissionais que atendiam as comunidades menos assistidas.
Aqui em Brasília, a Confederação Nacional de Municípios (CNM) destaca que manteve contato durante esta sexta-feira com o Ministério da Saúde, a Presidência da República e entidades municipalistas. A expectativa da CNM é de que seja apresentada nova medida já no início da próxima semana.
A entidade ressaltou ainda no seu portal de notícias, que protocolou ofício na Embaixada de Cuba solicitando a permanência dos profissionais cubanos até o fim do ano, bem como a abertura de negociação junto à Confederação e ao governo brasileiro para que se encontrem alternativas que possam garantir o atendimento à população brasileira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário