segunda-feira, 2 de julho de 2018

PSB QUER OUVIR SEUS MEMBROS PARA DEFINIR QUEM APOIAR PARA PRESIDÊNCIA DO PAÍS


Apesar de a maioria defender o apoio ao ex-governador do Ceará, Ciro Gomes (PDT), pré-candidato à Presidência, o PSB contratou pesquisa de opinião quantitativa e qualitativa nacional e por estados para lastrear a decisão de apoio na corrida presidencial de outubro. O questionário já está sendo elaborado e deve passar pelo crivo da Executiva nacional nesta semana. Já o resultado deve sair no máximo até a terceira semana de julho.

Nem mesmo a pressão do pedetista por uma resposta socialista em troca da vice na chapa presidencial deve mudar o prazo do partido, que tem até o final de julho para decidir o rumo. O nome do partido para o posto é o do ex-prefeito de Belo Horizonte, Marcio Lacerda (PSB), que tenta valorizar o passe se colocando como pré-candidato ao Governo de Minas Gerais. Ele também havia sido cogitado na vice da chapa petista. Um socialista, em reserva, disse que o partido não deve mudar seu prazo para atender a Ciro Gomes.

Apesar dele ser o preferido da maioria dos socialistas, o presidenciável do PDT ainda sofre resistência de algumas alas que preferem aliança com o PT, por exemplo. Outra opção discutida internamente é a liberação dos diretórios estaduais. Essa postura de neutralidade não agrada aos socialistas mais ideológicos, porém ajudaria os governadores nas costuras regionais visando à aliança com o partido do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Com informações da FolhaPE

Nenhum comentário:

Postar um comentário