segunda-feira, 4 de junho de 2018

PT ENXERGA PESQUISA COMO TRUNFO DO PARTIDO PARA LANÇAMENTO DE CANDIDATURA PRÓPRIA


O presidente estadual do PT, Bruno Ribeiro, aguarda a confirmação da presidente nacional da sigla, a senadora Gleisi Hoffmann, sobre reunião prevista para a terça-feira (5), em Brasília, cujo objetivo é discutir a estratégia eleitoral da legenda em Pernambuco. A pedido de Gleisi, uma comissão está sendo formada e será composta pelo próprio Bruno e mais dois representantes do diretório local - um favorável à candidatura própria e outro à aliança. Os nomes devem ser indicados nesta segunda-feira (4).

Defensores do projeto próprio apostam em pesquisa de intenção de voto - encomendada ao instituto Vox Populi - como argumento em prol da candidatura da vereadora Marília Arraes. Há expectativa de que a amostra seja entregue nesta segunda para que seus números sejam realçados junto à dirigente nacional.

"Vamos levar informações a essa reunião. Devemos ter, no resultado da pesquisa da Vox Populi, referenciais pra tomar posição com tranquilidade", defende a deputada estadual Teresa Leitão (PT). Há um clima de torcida entre os defensores das duas teses que serão debatidas em votação prevista para o próximo domingo (10).

Os aliancistas creem, no entanto, que podem ganhar a queda de braço antes que o evento aconteça. O vice-presidente estadual do PT, Oscar Barreto, argumenta que a decisão política de apoiar o PSB já está tomada "há muito tempo" e que não há possibilidade de existir candidatura própria.

O presidente Bruno Ribeiro, em tom amistoso, afirma que espera um entendimento prévio. “Queremos chegar ao encontro já com consensos feitos. Mas, se não for possível, a decisão será serena”, determina. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário