sábado, 23 de junho de 2018

APÓS ROMPIMENTO COM GOVERNADOR, ANDRÉ FERREIRA FORTALECE PALANQUE DE ARMANDO E REALIZA ATO NESTA TERÇA (26)

Andre e Anderson romperam com o Governo Paulo Câmara e
devem seguir com as oposições no estado.
Foto: Anderson Stevens

Em nossas mais recentes viagens à Brasília, através do programa ‘Falando com o Agreste Itinerante’  já havíamos acompanhando algumas conversações sobre a aproximação do Clã dos Ferreira ao grupo oposicionista 'Pernambuco quer mudar'. 

E após muitas conversas, idas e vindas e apreensão por parte de alguns oposicionistas pernambucanos, ansiosos por uma definição da chapa completa que se propõe a enfrentar o governador Paulo Câmara (PSB) que busca sua reeleição, agora parece que está tudo se encaminhando. Está agendado e ocorrerá na manhã da próxima terça-feira (26), o ato festivo no qual os Ferreira sacramentarão este esperado apoio ao grupo das oposições. 

O local escolhido para sediar o ato foi o segundo colégio eleitoral do Estado, gerido por Anderson Ferreira: Jaboatão dos Guararapes.   
André Ferreira, a interlocutores, já havia sinalizado a intenção de promover um evento para cravar sua postulação ao Senado que se desse em momento posterior ao anúncio de Armando Monteiro Neto como pré-candidato a governador e de Mendonça Filho como pré-candidato a senador. Naquele momento, pessoas próximas davam conta de que a intenção era fazer um evento grande em Jaboatão. Oposicionistas têm preferido dizer que o encontro festivo selará, primeiro, a declaração de apoio e que ainda conversam para amarrar a candidatura de André ao Senado.

André Ferreira representa parte do eleitorado evangélico e
representa uma importante força política na região metropolitana.
Mas tudo se desenha para que o deputado seja o nome a completar os concorrentes à Casa Alta na chapa encabeçada pelo petebista. No PSDB, inclusive, foi a possibilidade de atrair o PSC que levou integrantes do tucanato a afirmarem que abririram mão de indicar um nome para o Senado. O PR, de Anderson Ferreira, está na base governista, presidido no Estado pelo deputado federal Sebastião Oliveira, mas o prefeito assinou junto com André Ferreira a nota que formalizou, ontem, o rompimento da família com a gestão Paulo Câmara. E os Ferreira subiram o tom. Governistas e o PSB, por meio de notas, reagiram. Anderson pode não levar o PR, mas o fato de governar o segundo maior colégio eleitoral do Estado carrega uma simbologia e integrantes do grupo ‘Pernambuco Quer Mudar’ realçam esse fato.

Sobre o desdobramento das conversações acerca da pré candidatura, em Brasília ouvimos há algumas semanas o Deputado federal Jorge Côrte Real e o próprio Senador Armando Monteiro. Na ocasião, estes petebistas demonstraram muito otimismo em relação ao andamento das conversações e Armando – que ainda não havia confirmado seu nome para a pre candidatura, o que aconteceu dias depois – falava da importância em ter André ao lado do grupo.

Além de Monteiro, o ex ministro e pré candidato ao Senado, Mendonça Filho devem prestigiar o evento dessa terça em Jaboatão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário