terça-feira, 8 de maio de 2018

APÓS RECLAMAÇÕES, DETRAN DIVULGA NOVOS VALORES PARA VISTORIA DE VEÍCULOS

Foto: A Voz da Vitória

Após receber várias reclamações, principalmente de deputados, durante reunião na Alepe, o Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco (Detran-PE) informou que todas as entidades privadas credenciadas ao órgão, que realizam o serviço de vistoria de identificação veicular, passem a cobrar o valor exatamente igual ao fixado pela Lei Estadual.

A Taxa de Fiscalização e Utilização de Serviço Público, correspondente a vistoria por veículos até 9 lugares ou 3500 quilogramas, é de aproximadamente R$ 48; e a vistoria por veículo com mais de 9 lugares ou mais de 3500 quilogramas, é de R$ 58,76.

Em nota, o Detran-PE informou que a determinação começa a valer a partir desta terça-feira (08). Com isso, o serviço sofrerá uma redução na tarifa para fazer a vistoria obrigatória. No começo deste ano, o departamento de trânsito anunciou que o serviço custaria R$ 47,77 na rede pública e R$ 150 na iniciativa privada, três vezes maior do anunciado. Vale registrar que a Ciretran/Garanhuns também voltou a prestar o serviço.

A vistoria é necessária para emissão de ordem de emplacamento, alterações de dados do proprietário (mudança de CPF, por exemplo), autorização e modificação de características do veículo, alteração de categoria do veículo (veículo particular que se torna veículo de aluguel, por exemplo) e veículos que efetuam transporte escolar e motofrete.

Sobre a reclamação:

Foto: Rádio Pajeú
O deputado Estadual Júlio Cavalcanti (PTB) criticou, durante a sessão da última quarta-feira (02), na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), o valor cobrado pela taxa de vistoria para a transferência de propriedade de veículos nas empresas credenciadas pelo Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco (Detran-PE). Enquanto nos postos do Órgão a taxa é de R$ 47,77, nelas é de R$ 150.

A medida foi anunciada na semana passada. A partir de agora, a vistoria pode ser feita tanto nas empresas credenciadas quanto nas unidades do departamento de trânsito. É feita a identificação do veículo, para tentar combater roubo e furto dos veículos, além da avaliação das condições de conservação dele e verificação de legitimidade e autenticidade da documentação. Quando o serviço for feito pelas empresas, é necessário agendar um atendimento e apresentar o laudo ao Detran-PE. Segundo o Órgão, o objetivo é de dar mais celeridade ao processo de transferência de propriedade de veículos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário