sábado, 7 de abril de 2018

APÓS 2 DIAS NO SINDICATO, LULA APARECE E PARTICIPA DE MISSA POR MARISA

Imagem: Reprodução GloboNews

Com clima acirrado entre apoiadores e dissidentes do ex presidente Lula, e uma cobertura ampla pelos principais órgãos de imprensa, seguem as manifestações, em apoio ao petista, em frente ao Sindicato dos metalúrgicos de São Paulo, no município de São Bernardo dos Campos. Após dois dias dentro do sindicato, Lula, que teve prisão decretada na tarde da sexta feira (06) pelo juiz Sérgio Moro, saiu há alguns minutos do interior do prédio e foi ovacionado pelos manifestantes que acamparam no local.

Aos gritos de ‘Lula Guerreiro do povo brasileiro’, a multidão acompanha nesse momento uma missa em homenagem ao aniversário da já falecida ex primeira Dama Marisa Letícia, esposa do líder petista e que nesta data estaria comemorando 68 anos. Apesar de ter sido divulgada somente na tarde de ontem, a realização da missa foi uma das justificativas do ex presidente para não se apresentar à justiça, segundo a decisão do TRF4. 

A Polícia Federal segue acompanhando à distância toda a manifestação e se espera que após a referida missa Lula se entregue a justiça para cumprimento da sua pena.

VANDALISMO

Na tarde dessa sexta feira, foram registrados atos de vandalismo contra o prédio da procuradoria em São Paulo e também um edifício no qual a Ministra e Presidente do STF, Cármem Lúcia teria um apartamento. Os predios foram atingidos por tinta vermelha, originados por manifestantes que ocupavam três onibus. 

Setores da imprensa que cobre todo esse episódio, vem sendo agredidos pelos militantes do partido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário