segunda-feira, 19 de março de 2018

'PSB APOIA A EXTREMA ESQUERDA; ESTOU EM OUTRO CAMPO', DIZ DORIA SOBRE PARTIDO DE MÁRCIO FRANÇA

O prefeito de São Paulo, João Doria. Foto: Alex Silva/Estadão

O Prefeito do município de São Paulo, João Dória Júnior, foi escolhido neste domingo (18), candidato do PSDB ao governo de São Paulo.

O gestor disse em entrevista a um grande jornal paulista, que o eleitor de São Paulo não votou em um indivíduo em 2016 na eleição municipal vencida por ele, mas em um "conjunto de valores". Segundo Dória, quem votou no PSDB continuará tendo um prefeito do mesmo partido: Bruno Covas. Com isso, Doria tenta rechaçar as críticas de que teria abandonado a promessa de encerrar seu mandato na Prefeitura de São Paulo.

Ao falar sobre o vice-governador Márcio França, também aliado de Geraldo Alckmin e pré-candidato a governador, Doria diz que o PSB está alinhado com a  "extrema esquerda". "Estou em outro campo", disse ele. 
Ainda segundo Dória, quem faz associação com PDT, PCdoB e partidos de esquerda não é de centro esquerda, mas de esquerda. Ele disse que não tinha nada contra, mas que o campo do PSB é a esquerda. 

Dória alegou que o PSB não faz essa aliança apenas em São Paulo mas que a legenda socialista apoia ostensivamente o PT, PDT, PCdoB, PSOL, Rede, PSTU e partidos de extrema-esquerda nas regiões Norte e Nordeste do País e que essa é a orientação explicita da sua direção. 

O prefeito que garantiu ao eleitor paulistano não abandonar a prefeitura até o final do mandato, concluiu dizendo que está em outro campo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário