domingo, 25 de março de 2018

FUNDARPE LEVA O FESTIVAL DE INVERNO DE GARANHUNS PARA O RIO2C

Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
De Pernambuco para o Brasil, o Festival de Inverno de Garanhuns será apresentado, no dia 07 de Abril, ao público carioca na feira Rio Creative Conference (Rio2C), que acontece na Cidade das Artes (Barra da Tijuca). O evento está na oitava edição e se limitava ao segmento audiovisual (RioContentMarket), estrelando neste ano a abrangência do mercado musical, além de abrir o evento (antes restrito) ao público em geral. E a cena musical pernambucana é uma das que mostrará que veio para consolidar novos nomes na área. Para o dia, um show coletivo está sendo preparado sob direção musical de Juliano Holanda.

Entre as vozes que cantarão clássicos nordestinos e novos sucessos estão: Almério, Martins, Isaar, Amaro Freitas, Flaira Ferro, Isadora Melo, Romero Ferro e Aninha Martins. O instrumental ficará por conta de Philippe Moreira Sales, Rafa B e Rogê Victor. Esse time foi pensado de uma forma que promovesse um intercâmbio entre os artistas mais veteranos, como Isaar e Juliano, e os novos nomes da cena, mostrando a boa oxigenação e diversidade.

A experiência no Sul do país pode trazer frutos para o FIG, que há 28 anos traz na sua programação uma grade que preza pela pluralidade musical. Além disso, o festival é o único de caráter público entre os demais participantes. “Estamos tentando mostrar nesse encontro de festivais, primeiro a grandeza do FIG, a diversidade e uma parte importante da cena musical pernambucana, que tem um papel fundamental hoje no país, e a gente precisa mostrar um pouco isso, o que é que tá surgindo aqui, e trazer um pouco a história”, enfatiza a presidente da Fundarpe, Márcia Souto.

A expectativa dos artistas está lá em cima: para mostrar o que há de melhor no estado. “Cada dia a gente tem uma novidade com talento, se dedicando à música, acreditando na possibilidade do mercado, A cidade tem essa mentalidade de criar coisas novas”, como dia Isaar. O encontro de gerações também representa a absorção dos novos pelos mais antigos.

Com informações do JC

Nenhum comentário:

Postar um comentário