sexta-feira, 30 de março de 2018

Barbosa deve se filiar ao PSB em 7 de abril para disputar a presidência da república


O ex-presidente do STF (Supremo Tribunal Federal) Joaquim Barbosa está prestes a se filiar ao PSB, em um passo decisivo rumo à possível candidatura à Presidência da República. O tema foi discutido nesta quinta-feira (29), em Brasília, em café da manhã com o presidente do partido, Carlos Siqueira, e com o recém-filiado deputado federal Alessandro Molon, presidente do diretório estadual da legenda no Rio de Janeiro. O encontro aconteceu em uma famosa padaria da Asa Sul da cidade. Segundo Siqueira, o princípio adotado por Barbosa "é a filosofia de quem tem prazo não tem pressa". Embora ele ainda não tenha oficialmente batido o martelo, a expectativa é que o ato de filiação ocorra em 7 de abril, último dia para que quem pretende concorrer aos cargos eletivos nas próximas eleições esteja filiado a um partido político. As lideranças do partido no Congresso dizem que não há mais qualquer resistência interna no PSB aos planos presidenciais de Barbosa, que integrou o Supremo entre 2003 e 2014, tendo presidido a Corte nos últimos dois anos como ministro.
Indicado pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), Barbosa se destacou no julgamento do escândalo conhecido como mensalão. Atualmente, aos 63 anos, ele atua como advogado.
Na última pesquisa Datafolha, divulgada em 31 de janeiro, Barbosa apareceu com 3%, 5% e 6% das intenções de voto, em diferentes cenários com candidatos diversos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário