quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

PT E PSB: A POLÍTICA QUE UNE E DESUNE (OU: TUDO JUNTO E MISTURADO!)

Viuva do ex Governador Eduardo Campos, Renata Campos aperta a mão de Lula,
sob o olhar do governador Paulo Câmara.
Tem gente que briga por tudo: futebol, religião e política.

Besteira! Nesses universos, tudo pode acontecer. Inclusive nada.

Mas ao que parece, alguma coisa está acontecendo na política pernambucana. Algo que iniciou-se bem longe dos holofotes da imprensa, mas que agora vem à tona com força. E as imagens não deixam dúvidas.

O ex-presidente Lula recebeu, nesta quinta-feira (15), o governador Paulo Câmara e Renata Campos, em São Paulo. O aperto de mãos mostra que a volta da aliança entre PSB e PT em Pernambuco é prego batido e ponta virada. 
E com isso, certamente os petistas terão vaga certa na chapa majoritária da Frente Popular.

O mais provável é que o ex-prefeito João Paulo, que apareceu com Paulo nos Papangus de Bezerros, ocupe uma das vagas ao Senado. A outra ficaria para o deputado federal Jarbas Vasconcelos, crítico ferrenho do PT, mas que já admitiu a aliança. 
Participaram deste encontro o ex prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, o filho 
de Eduardo, João Campos, pré candidato a uma vaga na Câmara Federal e a
Presidente do PT, Senadora Gleisi Hoffman.   
Crédito:  Divulgação.

Por outro lado, a vereadora Marília Arraes, que tem percentual para subir nas pesquisas, deve ser candidata à Câmara Federal, assim como o senador Humberto Costa, um dos fiadores do retorno dos petistas ao ninho socialista.


Na reunião desta quinta (15), também participaram o chefe de gabinete do governador, João Campos, a presidente nacional do PT e senadora, Gleisi Hoffman, e o ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad.

E aí: Ainda acha que vale a pena brigar e tomar partido?


Nenhum comentário:

Postar um comentário