segunda-feira, 5 de fevereiro de 2018

BLOG DENUNCIA QUE SENADOR HUMBERTO COSTA TERIA ACORDO COM PSB PARA PREJUDICAR CANDIDATURA DE MARÍLIA ARRAES

Foto: Ennio Benning/ Reprodução Instagram
O Blog do Edmar Lyra revelou, nesse domingo (04), a existência do que seria um acordo que estaria sendo costurado pelo senador Humberto Costa, com o governador Paulo Câmara, cujo propósito seria "rifar" a candidatura própria de seu próprio Partido, o PT, que tem a pré-candidatura da vereadora do Recife, Marília Arraes, empatada nas pesquisas de opinião, em segundo lugar, justamente com ninguém menos que o próprio Paulo Câmara.

Segundo o Blog do Edmar Lyra, o conchavo para rifar a candidatura de Marília Arraes teria pautado as conversas entre os políticos presentes ao tradicional Baile Municipal do Recife, que costuma reunir, nos camarotes, os aliados políticos do prefeito da Capital  pernambucana do momento e que, atualmente, é Geraldo Júlio, do PSB de Paulo Câmara.

Ainda segundo o Blogueiro Edmar Lyra, "Nos bastidores do Baile Municipal não se falava noutra coisa senão na informação de que o governador Paulo Câmara oferecerá uma vaga na chapa majoritária ao PT, que seria ocupada pelo ex-prefeito do Recife, João Paulo. A dúvida seria se ele se candidataria a vice-governador ou a senador. Além desta oferta, há a informação de que o vereador Jairo Britto assumiria uma secretaria no Recife para abrir espaço para João da Costa, e ainda seria garantida a estrutura do PSB para eleger Osmar Ricardo deputado estadual. Por fim, Humberto Costa ficaria livre para disputar um mandato de deputado federal. Nesta conta, a fatura de Marília Arraes estaria paga pelo PSB, e o PT a sacrificaria sob a tese de encurtar o caminho para chegar ao governo."


Em sua Coluna de hoje, Edmar Lyra reitera, em nota, o que afirmou ontem: "Pacote – No pacote que  visa tirar de uma vez por todas a candidatura de Marília Arraes ao governo estão a garantia do mandato a João da Costa com a indicação de Jairo Brito para o secretariado de Geraldo Julio, a ida de João Paulo para a majoritária de Paulo Câmara, e as vitórias de Osmar Ricardo para estadual e Humberto Costa para federal. Essa é a conta para “pacificar” o PT e reinseri-lo na Frente Popular." 

Nenhum comentário:

Postar um comentário