quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

PF FAZ OPERAÇÃO NA CÂMARA DOS DEPUTADOS NESTA QUARTA-FEIRA,13

(Ueslei Marcelino/Reuters
A PF e a Procuradoria-Geral da República abriram nesta quarta-feira,13,a 6ª fase da Operação Ápia para cumprir 16 mandados de busca e apreensão e 8 de intimação contra investigados citados em acordo de colaboração premiada homologado no Supremo Tribunal Federal.Houve buscas nos gabinetes dos deputados Carlos Gaguim ( Podemos ) e Dulce Miranda ( PMDB) - mulher do governador do Tocantins, Marcelo Miranda ( PMDB).
Nesta 6ª fase, apura-se os crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro decorrentes de vários pagamentos de propinas realizados pela empresa Construtora Rio Tocantins – CRT, de propriedade do delator Rossine Ayres Guimarães, a integrantes do núcleo político investigado. Estão sendo cumpridos mandados nas cidades de Palmas e Araguaína, no Tocantins, e em Brasília.
A Operação Ápia foi deflagrada em outubro de 2016 pela Superintendência Regional da Polícia Federal em Tocantins para desarticular uma organização criminosa que atuou no Estado corrompendo servidores públicos, agentes políticos, fraudando licitações públicas e execução de contratos administrativos celebrados para a terraplenagem e pavimentação asfáltica em várias rodovias estaduais – em valores que superaram a cifra de R$ 850 milhões.
As obras foram custeadas por recursos públicos adquiridos pelo Estado de Tocantins, por meio de empréstimos bancários internacionais e com recursos do BNDES, tendo o Banco do Brasil como agente intermediário dos financiamentos no valor total de R$ 1.203.367.668,70.
Os recursos adquiridos tiveram a União Federal como garantidora (fiadora) da dívida contraída com Banco do Brasil e foram batizados pelo Governo Estadual como Programa Proinveste e Proestado.
Em nota, a PF informou que a investigação apontou para um esquema de direcionamento das contratações públicas mediante pagamento de propina de empresários que se beneficiavam com recebimentos por serviços não executados.
O núcleo político da Associação Criminosa era responsável por garantir as contratações e o recebimento de verbas públicas indevidas por parte dos empresários corruptores.
Exame.com

EXU EM FESTA EM COMEMORAÇÃO A LUIZ GONZAGA: CONFIRA A PROGRAMAÇÃO 2017

De quarta-feira (13) até domingo (17) o município de Exu-PE estará em festa, celebrando mais uma vez o seu filho mais ilustre, Luiz Gonzaga, com o evento batizado de “Viva Gonzagão”, em alusão à data de nascimento de Luiz. O músico falecido em 1989 influencia diversos forrozeiros da região, com vários sucessos como Asa Branca, Olha pro Céu, Qui nem Jiló, Sabiá, A Morte do Vaqueiro, entre outros.
Durante o “Viva Gonzagão 2017” estão previstas apresentações de mais de 10 atrações no Parque Aza Branca e na praça de eventos Francisco de Miranda Parente. A programação ainda conta com uma missa em ação de graças à sombra do pé de juazeiro.
Dia 13, aniversário do rei do baião é feriado na sua terra natal, Exu, com homenagens em diversos cantos da cidade com rodas de sanfoneiros e festa de fãs em homenagem ao ícone maior da cultura nordestina, Luiz Gonzaga.
Na quinta-feira dia 14, acontecerá a festa com artistas da terra, a partir das 18 h na praça de eventos Francisco de Miranda Parente no centro da cidade com as presenças de Ivonete Ferreira, Tony Monteiro, Forrozeiros do Gonzagão,Carlos Araújo,Serginho Gomes, Projeto Asa Branca e Fábio Carneirinho.
Na sexta dia 15 , haverá forró com Kinho Callou, Cosmo do Acordeon, Zezinho do Exu, Cosmo do Acordeon, Seguidores do Rei Luiz Gonzaga, Danilo Pernambucano, Santana e Joãozinho do Exu.
A Noite de Sábado (16) no Parque “Aza” Branca, a partir das 10:00h da manhã, tem a apresentação do programa “Na Cabana do Rei” da rádio Bitury FM de Belo Jardim em parceria com a Rádio Acauã FM de Exu, apresentado pelo por Laetson Silva e a noite, às 21:00h, show “Viva Gonzagão 2017” com a presença de Joquinha Gonzaga, Flávio Leandro,Targino Gondim, Vel Cely e Alcimar Monteiro.
No domingo (17), a programação começa com a missa, às 11h, seguida por apresentação dos alunos do Ponto de Cultura Alegria Pé de Serra, às 15h30. Na sequência e às 16h, acontece apresentação de diversos músicos da terra debaixo do Juazeiro no Parque “Aza” Branca, incluindo alguns que se apresentarão no Sábado e ainda Jorge do Acordeon, Leninho de Bodocó, Del Feliz, Quinteto Sanfônico e Fulô de Mandacarú.

PEPSI TERÁ LATAS COM FOTOGRAFIA DE BOLSONARO EM ' RESPOSTA' A COCA-COLA ?

A nova campanha publicitária da Coca-Cola, que estampará fotos de nove artistas brasileiros em latas do refrigerante, entre os quais a cantora Pabllo Vittar, gerou boatos que se propagam na internet desde a semana passada.

Um deles, criado pelo Corrupção Brasileira Memes, afirma que o deputado federal e presidenciável Jair Bolsonaro (PSC-RJ) é o novo garoto-propaganda da Pepsi, no que seria uma “resposta” à concorrente por incluir Pabllo em sua campanha.

Corrupção Brasileira Memes é uma página de humor que costuma fazer chacota com as posições de Bolsonaro. A piada sobre a contratação do deputado pela Pepsi, compartilhada por alguns nas redes sociais como verdadeira, ironiza a mobilização dos simpatizantes de Bolsonaro na página da marca no Facebook, pedindo, justamente, para que ele fosse contratado a estampar as latas do refrigerante (veja abaixo).



É difícil imaginar, em sã consciência, que uma empresa encampasse uma campanha nestes moldes e promovesse a imagem de um político – ainda mais um tão controverso quanto é Jair Bolsonaro. Aos que acreditaram na montagem, a assessoria de imprensa da PepsiCo, que produz a Pepsi, ressalta que a empresa “não está produzindo latas de Pepsi com a fisionomia de personalidades brasileiras, não há previsão da realização.Outro boato é o de que, em função da nova campanha, a Coca-Cola teria sofrido um “imenso boicote dos brasileiros” e, por isso, sofrido um prejuízo de 1,2 bilhão de dólares. 

Por meio de sua assessoria de imprensa, a Coca-Cola também nega que a empresa tenha sofrido prejuízos em função da nova campanha, cujo lançamento oficial está previsto para o próximo dia 26 de dezembro. “Não é verdade que tenha havido queda de vendas ou prejuízo da Coca-Cola Brasil relacionados a essa campanha. As latas com as fotos dos artistas estão começando a ser distribuídas ao mercado”, esclarece.
Por João Pedroso de Campos Veja.com