sábado, 4 de novembro de 2017

FILHO DO PREFEITO DE CALÇADO SOFRE ACIDENTE NA BR 423 NA MANHÃ DESSE SÁBADO (04)

Segundo informações chegadas há pouco na redação do Blog "Falando com o Agreste", um grave acidente ocorrido no final da manhã deste sábado (04) na BR 423, dentro da área territorial de Lajedo, no agreste Pernambucano deixou ao menos tres vítimas.

Uma picape Nissan Frontier, que trafegava em frente ao Motel VIP, naquela cidade colidiu com uma moto e em virtude do impacto, a motocicleta foi partida ao meio.

O condutor do veículo, segundo testemunhas era o jovem Anando Nogueira, filho do Prefeito de Calçado e empresário Expedito da Paz Nogueira.

A noiva do condutor do veículo sofreu ferimentos leves e deu entrada no hospital de Lajedo. 
Já Anando seguiu para Recife. Segundo o irmão da vítima, Nogueirinha, ambos estão seguindo para o Hospital da Restauração no Recife, mas de acordo com ele, Anando está consciente e seu o estado de saúde é estável. 

Apesar da violência da colisão, o motociclista envolvido no acidente não faleceu, no entanto sofreu uma grave lesão na perna.

ALUNOS DA REDE ESTADUAL, MUNICIPAL E PARTICULAR DE GARANHUNS SÃO PREMIADOS EM CONCURSO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL

Última etapa do Concurso Escolar de Educação Ambiental premiou alunos em diversas modalidades - Mariana Pais foi 1° lugar em redação de 1° ao 5 ° ano - Foto - Gabriela Ramos da assessoria da prefeitura

Neste sábado (04), aconteceu a última etapa da 10ª Edição do Concurso Escolar de Educação Ambiental (CEEA), realizado pela Secretaria de Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente e o Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Codema). Também são parceiros na organização desta edição, a ONG Econordeste e a Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH).
A cerimônia ocorreu no Centro Cultural Alfredo Cavalcanti, ás 9h e teve início com a entrega dos mais de 200 certificados de participação, entre alunos, professores e gestores da rede municipal, estadual e privada de ensino de Garanhuns, que participaram de maneira gratuita. Logo em seguida ocorreu a premiação dos três primeiros colocados em cada modalidade. De acordo com a secretaria, participaram desta edição 35 escolas – entre Rede Municipal, Estadual e Privada.
Foram anunciados os vencedores do concurso nas dez modalidades: Desenho 1° ao 5° ano; Redação 1° ao 5°, 6° ao 9° e ensino médio; EA continuada Projetos da Escola (Professores e Gestores); Paródia – ensino fundamental e médio; Cordel – ensino fundamental e médio; Fotografia – ensino fundamental e médio; Vídeo – ensino fundamental e médio; Tirinha – ensino fundamental e médio.
Mariana Rodrigues Pais, de 09 anos, é estudante do 4° ano do Educandário Santo André, em Garanhuns e participou na modalidade da redação de 1° ao 5° ano. Segundo ela “ Deus iluminou a minha mente, e eu fiz tudo certinho, graças a ele”. Ainda segundo Mariana Pais, ela gostou muito do tema, e apesar de estar preparada, não esperava um primeiro lugar. Mariana finalizou dizendo que a escola a preparou muito com as aulas de redação, e aponta três fatores fundamentais para seu primeiro lugar no concurso que foram : por esforço próprio, sua mãe Ana Lúcia, e a escola Santo  André.

PREMIAÇÃO

DESENHOS:

3° LUGAR: Tiago dos Santos Lourenço
2° LUGAR: Joyce Tavares Silva
1º LUGAR: Jennifer Felicía Calisto da Silva

REDAÇÕES 1º AO 5º ANO:

3° LUGAR: Ayllana Santos M. de Araújo
2º LUGAR: Débora Beatriz Leandro da Silva
1º LUGAR: Mariana Rodrigues Pais
REDAÇÕES DO 6º AO 9º ANO:

3º LUGAR: Felipe de Oliveira Correia e Rauane Camile Rocha Candido
2º LUGAR: Yasmin Ayana Ximenes Amorim
1º LUGAR: Ana Carolina Leandro da Silva

REDAÇÕES DO ENSINO MÉDIO:

3º LUGAR: Thalita Andrade Santana
2º LUGAR: Brunna dos Santos Oliveira
1º LUGAR: Beatriz Pereira Braga

PÁRÓDIA:
3º LUGAR: Alisson Alexandre Gomes Rocha e Dricia Danielle
2º LUGAR: Emilly Maria de Lima Silva e Luana da Silva
1º LUGAR: Estelita Peixoto Nanes

CORDEL:

3º LUGAR: Ranielly Borges dos Santos
2º LUGAR: Antônio Genaldo da Silva
1º LUGAR: José Oziel de Lima

EDUCAÇÃO AMBIENTAL CONTINUADA:

3º LUGAR: Marcia Godoi Queiroz
2º LUGAR: Jakson Silva Carvalho
1º LUGAR: Paula Cavalcante de Melo

VÍDEO:

3º LUGAR: Elaine Bezerra da Silva e LARYSSA Hauanny da Silva Tavares
2º LUGAR: Alisson Breno Lourenço
1º LUGAR: Layse Alexandre dos Santos

FOTOGRAFIA:
3º LUGAR: Kaaren Vitória Carvalho da Rocha e Jackson Douglas Evaristo
2º LUGAR: Lívia Ferreira Evangelista
1º LUGAR: Maria Gabriela Pereira Calado

TIRINHA:
3º LUGAR: Mikaella dos Santos Silva
2º LUGAR: Kaaren Vitória Carvalho da Rocha

1º LUGAR: Velley Tamires P. Ferreira

Por Marcos Antônio com informações de garanhuns.pe.gov.b

FCA MAIS UMA VEZ EM BRASÍLIA DIA 22, ACOMPANHARÁ CARAVANA DE PREFEITOS


A produção do programa e blog “Falando com o Agreste”, estará mais uma vez na Capital federal, Brasília, nos dias 21, 22 e 23 próximos, participando de mais um movimento municipalista.  
As viagens dos prefeitos brasileiros e em especial os do Agreste de Pernambuco ao centro do poder político nesse ano de 2017 talvez tenham sido as mais frequentes dos últimos anos, em razão das urgentes necessidade municipais e da profunda crise que se abateu sobre o país.

Segundo publicação da CNM – Confederação Nacional de Municípios -, o tempo passa e os gestores municipais estão cada vez mais se afundando em dívidas. Diante dessa realidade, o movimento municipalista lançou a campanha “Não deixem os Municípios afundarem”. A iniciativa tem como uma de suas principais ações uma mobilização em Brasília. O presidente da Confederação Nacional de Municípios (CNM), Paulo Ziulkoski, reforçou em vídeo o convite (assista abaixo).

Foto: Marcelo Jorge/Falando com o Agreste
Marcada para o dia 22 de novembro, a mobilização pretende reunir gestores de todos os estados com o intuito de chamar atenção para a crise dos cofres locais. Durante o vídeo, o líder municipalista destaca a necessidade de presença dos prefeitos, vice-prefeitos e vereadores.

É importante a participação, de forma ordeira, para que possamos pressionar e para podermos colocar a nossa pauta em votação”, disse. Como alerta, ele explicou que neste ano os gestores municipais não vão poder contar com os recursos da repatriação, o que pode tornar ainda mais árdua a gestão municipal.

Portanto, o momento é propício para lutar e se mobilizar por mais recursos. Uma das principais bandeiras da CNM na campanha é a concessão de um auxílio financeiro emergencial aos Municípios. Estimado em R$ 4 bilhões, o montante traria um alívio para os cofres locais e seria dividido seguindo os critérios do Fundo de Participação dos Municípios (FPM).

Assista abaixo à convocação do presidente da CNM Paulo Ziulkoski:

URGENTE : LULA E BOLSONARO SERÃO JULGADOS

Processos no TSE envolvem a divulgação na internet de vídeos que fazem referência 
às candidaturas de Lula e Bolsonaro (Jefferson Coppola/Dedoc e Cristiano Mariz/VEJA.com)
O ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva e o deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) entraram na mira do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) por propaganda eleitoral antecipada. A Corte Eleitoral deve julgar ainda neste ano dois processos que envolvem a divulgação na internet de vídeos que fazem referência às candidaturas de Lula e Bolsonaro ao Planalto. Os dois, que lideram as pesquisas, já anunciaram publicamente a intenção de concorrer em 2018.

Na Corte Eleitoral, a avaliação é a de que esses julgamentos devem estabelecer as balizas que nortearão o entendimento do tribunal sobre o tema nas eleições de 2018. A legislação permite a propaganda eleitoral somente a partir de 15 de agosto do ano da eleição e prevê multa de R$ 5 mil a R$ 25 mil para quem violar a restrição.
O primeiro caso que está na pauta é o de Bolsonaro. Em 21 de setembro, o TSE iniciou o julgamento sobre a retirada da internet de vídeos de apoio ao deputado fluminense. O ministro Admar Gonzaga, que havia solicitado mais tempo para analisar o caso, deve devolver o pedido de vista nos próximos dias.

O Ministério Público Eleitoral (MPE) questiona a publicação no YouTube de vídeos que mostram o parlamentar sendo recepcionado em aeroportos por simpatizantes. Para o MPE, as gravações fazem “clara menção à pretensa candidatura” do deputado. Além de acusar Bolsonaro de ter conhecimento prévio das gravações e pedir a retirada do material, o MPE quer que o deputado se abstenha de veicular peças de conteúdo similar até o início do período eleitoral do ano que vêm.

Em um dos vídeos, intitulado “Bolsonaro 2018 Vamos juntos”, o narrador fala em “apoiar o futuro presidente”. O deputado então diz que “2018 está muito longe, vamos para a rua a partir de agora. A presença de todos ajudará para mostrar que nós não estamos a favor dessa ‘canalhada’ que está no poder”. Único a votar até aqui, o relator do caso, ministro Napoleão Nunes, não viu propaganda eleitoral antecipada nos vídeos.

ACADEMIA

O ex-presidente Lula também é alvo de processo no TSE por causa da veiculação de vídeos na internet. Em um deles, intitulado “Ele está voltando”, o petista aparece numa academia de ginástica ao som da trilha sonora do filme Rocky – Um Lutador, o que revela a pretensão do ex-presidente em se candidatar, de acordo com o MPE.
O Ministério Público questionou também ao TSE a participação de Lula na “inauguração popular da Transposição de Águas do São Francisco”, em evento ocorrido na cidade de Monteiro, na Paraíba, em março deste ano. “É evidente que tais declarações revelam a inequívoca intenção do ex-presidente em anunciar e promover a sua futura candidatura.”

Para o ex-ministro do TSE Henrique Neves, com a redução no prazo de propaganda eleitoral e todas as restrições, não se deve proibir a divulgação de atos políticos na internet. “O que deve ser fiscalizado não é a divulgação, mas se o ato caracterizar abuso.”

De acordo com o TSE, não há questionamentos sobre os presidenciáveis Geraldo Alckmin (PSDB), João Doria (PSDB) e Ciro Gomes (PDT).

OUTRO LADO

O deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) disse ter confiança no julgamento que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) fará dos vídeos veiculados na internet que o mostram sendo recepcionado por simpatizantes em aeroportos. “Não estimulo ninguém a fazer vídeos que contrariem a lei eleitoral, nem nada, os vídeos que eu faço eu me responsabilizo por eles. É um direito deles (simpatizantes) fazerem (os vídeos), assim como fazem vídeos contra mim”, afirmou o parlamentar. “Pela lei eleitoral, a campanha antecipada tem de ser feita de forma explícita. Isso não existe em nenhum vídeo.”
Bolsonaro disse ainda que o relator do processo no TSE, ministro Napoleão Nunes, não viu propaganda eleitoral no material publicado no YouTube – o julgamento foi iniciado em 21 de setembro, mas interrompido após pedido de vista do ministro Admar Gonzaga.

A defesa do ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva informou que os vídeos questionados pelo Ministério Público Eleitoral (MPE) não foram elaborados pelo petista nem por sua equipe.


Veja.com