sexta-feira, 3 de novembro de 2017

MORRE UM DOS MAIORES NOMES DA RADIOFONIA ESPORTIVA PERNAMBUCANA

Luis Cavalcante faleceu aos 87 anos - Foto : Reprodução

O rádio esportivo pernambucano está de luto com a morte do radialista Luís Cavalcante. "O comentarista da palavra abalizada",  como era conhecido no meio profissional de imprensa, morreu nesta terça (31/11) aos 87 anos no hospital Albert Sabin na Ilha do Leite, Recife. Ele deixa mulher,  dois filhos,  seis netos e 6 bisnetos.


Seu Lula como também era conhecido era diabético e lutava contra um câncer de pulmão. Baiano de Ilhéu,  chegou em Recife em 1955, logo foi trabalhar como narrador. Foram 60 anos dedicados ao rádio esportivo,  a maior parte desses anos na rádio Jornal.



Cavalcante cobriu 06 copas do mundo. Um documentário e um livro intitulado " o mestre da bola no ar " do jornalista Jota Alcides falam da importância do profissional para o rádio brasileiro.  


O governador Paulo Câmara emitiu nota de pesar e enaltecendo a importância de Luís Cavalcante e que com sua voz inconfundível foi exemplo para várias gerações e sempre será lembrado pela sua capacidade de análise  e pelo amor ao rádio e ao esporte.


Por Marcos Antônio com informações do JC

GÁS DE COZINHA TERÁ UM NOVO REAJUSTE NESTE DOMINGO,05

Os preços do gás de cozinha para uso residencial em botijões de até 13 kg (GLP P-13), vão aumentar em 4,5% nas refinarias, em média, a partir da 0h de domingo (5).

Segundo a companhia, a causa principal do reajuste é a “alta das cotações do produto nos mercados internacionais, influenciada pela conjuntura externa e pela proximidade do inverno no hemisfério norte”.
Ainda conforme a companhia, a variação do câmbio também contribuiu para a necessidade do aumento.
A Petrobras informou que a elevação foi aplicada sobre os preços praticados nas refinarias sem incidência de tributos. Como a legislação brasileira garante liberdade de preços no mercado de combustíveis e derivados, o preço para o consumidor dependerá de cada distribuidora e revendedora.
Pelos cálculos da companhia, se a alta for repassada integralmente aos preços finais, o preço do botijão de GLP P-13 pode ser reajustado, em média, em 2%, cerca de R$ 1,21 por botijão, caso sejam mantidas as margens de distribuição e de revenda e as alíquotas de tributos.
De acordo com a Petrobras, o reajuste acompanha a política de preços divulgada no início de junho. O último aumento entrou em vigor no dia 11 de outubro deste ano.
A alteração valerá a partir de domingo não se aplica ao gás liquefeito de petróleo (GLP) destinado a uso industrial e comercial.

CARONA VIA WHATSAPP ? MUITO CUIDADO, 3 PESSOAS SÃO PRESAS POR MORTE DE JOVEM

Kelly Cristina Cadamuro, jovem encontrada morta após combinar carona para viajar por um grupo de Whatsapp (Foto/Reprodução)
Três suspeitos de envolvimento na morte da jovem de Guapiaçu foram presos em São José do Rio Preto, no interior de São Paulo, na madrugada desta quinta-feira (2). Kelly Cristina Cadamuro, de 22 anos, que estava desaparecida desde quarta-feira (1), foi encontrada morta dentro de um córrego entre as cidades deFrutal e Itapagibe, em Minas Gerais. Segundo a polícia, o crime teria acontecido após a jovem programar uma viagem com carona via aplicativo WhatsApp.
Conforme a polícia, Jonathan Pereira do Prado confessou ter entrado no grupo de caronas com a intenção de roubar a jovem. Ele estava foragido de uma unidade prisional desde março deste ano. Os outros dois suspeitos, Wander Luis Cunha e Daniel Teodoro da Silva, são suspeitos pelo crime de receptação: o primeiro teria ficado com as calotas do carro, enquanto o segundo comprou o celular e outros objetos. Os três foram presos durante a madrugada, em bairros distintos de São José do Rio Preto, e já tinham passagens por roubos. Eles foram levados para a delegacia da Polícia Civil em Frutal, onde seguem as investigações.
O corpo da jovem foi encontrado na tarde desta quinta-feira em um córrego no interior de Minas Gerais. A declaração de óbito aponta para morte por asfixia e estrangulamento. As investigações e prisões são resultado de um trabalho em conjunto entre equipes de investigação da segurança pública do estados de Minas Gerais e São Paulo.

Crime

Kelly estava desaparecida deste quarta-feira quando, segundo contou a família à polícia, havia deixado a cidade de São José do Rio Preto, onde residia, para viajar até a cidade de Itapagibe, em Minas Gerais, para visitar o namorado. A jovem fazia parte de um grupo de carona e tinha combinado de levar um casal até a cidade mineira. Na hora da viagem, a mulher desistiu e foi apenas o homem que não era conhecido de Kelly.
Segundo a polícia, o último contato da jovem feito com a família foi quando decidiu para para abastecer seu carro em um posto de combustíveis na BR-153. Depois disso eles não tiveram mais contato.
Câmeras do circuito de segurança de um pedágio do estado de Minas Gerais mostram a jovem ao volante. Já em outro registro, o homem estava dirigindo o carro. A polícia ainda não confirmou se houve violência sexual. O corpo da vítima já foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) para exames.
(Com Estadão Conteúdo)

DEPUTADO PRESIDIÁRIO SOFRE AVC E ESTÁ INTERNADO

Foto: Rafaela Felicciano/Metrópoles
Preso no Complexo Penitenciário da Papuda desde junho, o deputado Celso Jacob (PMDB-RJ) está internado em um hospital de Brasília após sofrer um pequeno Acidente Vascular Cerebral (AVC) na última segunda-feira, 30. Segundo a assessoria do parlamentar, ele está "bem" e "estável", porém ainda não há previsão de alta. 

Condenado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) por falsificar documentos e dispensar licitação para construção de uma creche em 2002, quando era prefeito da cidade de Três Rios (RJ), Jacob cumpre pena em regime semiaberto e pode sair durante o dia para trabalhar na Câmara dos Deputados, mas dorme na prisão. Ele nega as acusações. 
Nesta quinta-feira, 2, em nota, o deputado Carlos Marun (PMDB-MS) disse que o AVC do correligionário foi "resultado das tensões provocadas pela sua absoluta inconformidade em relação à injusta condenação da qual foi vítima". "Trata-se de um caso que comprova o quanto a Justiça pode ser injusta e que exige imediata reparação", escreveu Marun.

Fonte: Estadão Conteúdo