segunda-feira, 7 de agosto de 2017

PRESIDENTE DA CÂMARA QUER AGILIZAR APROVAÇÃO DA REFORMA DA PREVIDÊNCIA

Imagem: Sérgio Lima/ Folhapress
*Marcelo Jorge

Em nossa estada aqui em Brasília, estamos acompanhando também as atividades do Congresso Nacional, após seu recesso. Conversando com alguns parlamentares, tivemos a oportunidade de ouvirmos algumas opiniões sobre a entrevista concedida pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), quando o mesmo afirmou que quer votar a reforma da Previdência até o início de setembro. Maia fez a declaração em entrevista concedida a uma rádio, ontem pela manhã. Na oportunidade, ele voltou a defender que o plenário aprove o quanto antes a mesma proposta que foi aprovada na comissão especial, em maio.

A questão fiscal do Brasil e o déficit da previdência chegaram num ponto em que se a gente tiver um pouco de bom senso, maturidade e responsabilidade a gente tem que votar, no mínimo, o texto que foi aprovado na comissão. Porque não adianta que a gente faça uma reforma menor do que isso, porque não vai resolver o problema dos brasileiros”, chegou a dizer o parlamentar.

Rodrigo Maia ainda disse que na próxima semana deve convidar economistas renomados que possam apresentar números da Previdência para os deputados de partidos governistas. Enquanto isso, afirmou que espera que a base aliada ao governo esteja recomposta para alcançar o quórum de 308 votos, mínimo necessário para aprovar uma proposta de emenda à Constituição.

Na minha agenda, a Câmara precisa estar votando essa matéria em setembro, a gente precisa estar pronto pra votar a partir do início de setembro. E eu espero que a gente esteja com a base organizada já no final de agosto pra que a gente consiga avançar nessa votação que é decisiva para o Brasil”, declarou.

A última contabilidade feita pela liderança governista, logo após a aprovação do parecer na comissão especial, apresentava o número de 290 votos favoráveis à reforma. No entanto, na votação em plenário do parecer que pedia o arquivamento da denúncia contra o presidente Michel Temer, o governo teve o apoio de 263 deputados.

SAI DE CIRCULAÇÃO O REMÉDIO BUSCOPAN GOTAS

Foto: Notícias ao Minuto

O remédio Buscopan Composto gotas, usado para aliviar sintomas de cólicas menstruais, estomacais, intestinais e urinárias será descontinuado em todos os países da América Latina onde é comercializado. O anúncio foi feito pelo fabricante Boehringer Ingelheim do Brasil à Anvisa. Diante da informação, o produto já começou a ser retirado de circulação e não será mais fabricado temporariamente.

De acordo com informações da fabricante, o Buscopan sairá de circulação por cauda do “resultado fora de especificação identificado durante estudos de estabilidade, que fazem parte do monitoramento dos produtos farmacêuticos no mercado”.


Mesmo com a notícia, a farmacêutica afirma que o remédio pode ser consumido normalmente. Mesmo com a informação de que a suspensão da fabricação seja temporária, ainda não há data para o retorno da produção. Enquanto isso, a Boehringer Ingelheim do Brasil apontou outras alternativas como o Buscopan Composto em comprimidos e Buscopan gotas.

AÇÃO CONTRA A SAMARCO, POR TRAGÉDIA EM MARIANA, É SUSPENSA PELA JUSTIÇA

Foto: Daniel Marenco
A Justiça Federal em Minas Gerais suspendeu a tramitação do processo criminal movido pelo Ministério Público Federal contra 22 pessoas e quatro empresas, acusadas de 19 homicídios, crimes ambientais e outros delitos na tragédia decorrente do rompimento de uma barragem em Mariana (MG), o maior desastre ambiental do país ocorrido em novembro de 2015.

A denúncia, que envolve as empresas Samarco SAMNE.UL, Vale (VALE5.SA), BHP Billiton (BHP.AX) e VogBR Recursos Hídricos, está parada e havia sido recebida pela Justiça um ano depois do acidente.

As defesas de dois dos réus, Ricardo Vescovi (ex-presidente da Samarco) e Kleber Luiz de Mendonça Terra (ex-diretor de Operações e Infraestrutura), pediram na Justiça a anulação de toda a ação, desde o recebimento da denúncia, afirmando haver uso de provas ilícitas.
Em sua decisão, o juiz Jacques de Queiroz Ferreira determinou o congelamento do andamento da ação. Ele argumentou que as defesas dos réus geraram "duas questões graves" que podem implicar a anulação de todo o processo desde o início. Ele afirmou, citando a Constituição, que são "inadmissíveis as provas obtidas ilicitamente".


O juiz determinou a suspensão do processo até uma decisão sobre os dois questionamentos suscitados. Decidiu ainda que, após a resposta às informações solicitadas, o Ministério Público Federal terá dez dias para se manifestar e, em seguida, os réus também possam se pronunciar nos autos. Só depois disso, ele tomará uma decisão no caso.

DEPUTADA CHAMADA DE " GOSTOSA" VAI RECORRER AO CONSELHO DE ÉTICA

Crédito : Gilmar Félix / Câmara dos Deputados
 A deputada Shéridan (PSDB-RR) informou que pretende “tomar as devidas providências” na Comissão de Ética da Câmara após ser chamada de “gostosa” no plenário por colegas. O assédio aconteceu durante a contagem de votos da sessão que analisava a continuidade da denúncia contra o presidente Michel Temer por corrupção passiva.
“Foi um comportamento machista e medieval, além de constrangedor. Sou mulher e mãe de duas meninas. Foi uma delas, aliás, que me informou desse absurdo. Essa atitude resume a maior parte dos integrantes da Câmara: confundem os papéis e não estão à altura de defender o mandato. Se você desrespeita a mulher e a desqualifica, você não respeita a sociedade”, disse a parlamentar, em entrevista à revista Veja.
“Vou tomar as devidas providências na Comissão de Ética, baseada em um artigo sobre ofensas morais nas dependências da Casa. Combater essa situação é lutar pela defesa e integridade da mulher, não só na política mas na sociedade. Não posso me calar, né?”, afirmou.
 Shéridan se absteve da votação porque teve um problema no voo, o que fez com que ela se atrasasse para a sessão. A parlamentar, no entanto, defende a continuidade da gestão de Temer.
 “Como parlamentar, o certo era eu estar na votação. Mas o meu voto não definiria um quadro já previsto. Os mais próximos sabem que sou a favor da continuidade de Temer. O Brasil está à beira de um colapso e sofre as consequências de treze anos de desgoverno. Acho que ele é o único nome hoje com condição de promover as reformas necessárias”, opinou.

Fonte: Notícias ao Minuto

BARCELONA X CHAPECOENSE - AMISTOSO É NESTA SEGUNDA-FEIRA,07

Chapecoense usará camisa com 73 estrelas, em alusão ao ano de fundação 
Foto: Reprodução
O mundo estará de olhos voltados para a Catalunha, na Espanha nesta  segunda-feira,07. É a data do amistoso entre Chapecoense e Barcelona, um jogo histórico para o clube do Oeste de Santa Catarina, que se reergue após a tragédia com o avião da equipe em novembro do ano passado. A partida é em solidariedade ao clube brasileiro e marca o renascimento para o futebol de Alan Ruschel, um dos seis sobreviventes do acidente que deixou 71 mortos, entre jogadores, comissão técnica, dirigentes, jornalistas e convidados. 
 Camisa especial
Em jogo histórico, a Chapecoense terá uniforme especial para enfrentar o Barcelona. Os jogadores vestirão uma camisa branca com 73 estrelas, em alusão ao ano de fundação da Chape.

O jogo está marcado para as 15h30min (horário de Brasília), no Camp Nou, um dos templos do futebol. E vale o Troféu Joan Gamper, torneio organizado pelos donos da casa para apresentar os jogadores que defenderão o time na temporada 2017/2018. 
http://dc.clicrbs.com.br

CAIXA PODE CONTRATAR BANCÁRIOS TEMPORÁRIOS E SEM CONCURSO

A Caixa Econômica Federal mudou seu regulamento interno e poderá contratar bancários temporários sem a necessidade de concurso público. A mudança passa a valer a partir de uma alteração no regulamento interno do banco.

Em nota, a Caixa informou que a mudança foi feita "exclusivamente para adequação às alterações previstas na Lei 13.429/2017", a lei da terceirização.

Em nota, o presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), criticou a decisão, apontando "corte de direitos" e "criação de subemprego com menores salários e nenhum direito".
Foto - Reprodução Internet
A mudança no regulamento permite que o banco passe a empregar temporários não concursados, mas não foi divulgado nenhum planejamento de contratações desse tipo.

A agência Reuters teve acesso ao regulamento interno da Caixa. No documento, o banco define as regras para contratação do que chamou de "bancário temporário", "que poderá executar tanto as atividades-meio como as atividades-fim da Caixa".

Na prática, isso significa que a prestação de serviços não diretamente ligados a serviços bancários ou atividades hoje feitas por funcionários concursados, como caixas e escrituários, poderão ser executados por profissionais sem vínculo empregatício com a Caixa.
.Ainda segundo a Reuters, a norma da Caixa não define quantos temporários poderão ser contratados, apenas que o número de contratações dependerá da disponibilidade orçamentária e dos resultados esperados pelo gestor demandante.
Lei da terceirização

O presidente Michel Temer sancionou em 31 de março, com três vetos, o projeto aprovado pela Câmara dos Deputados que trata da terceirização.


A proposta, aprovada pelos deputados no último dia 22, permite a contratação de serviço terceirizado em qualquer tipo de atividade de uma empresa.

Gazetaweb