terça-feira, 1 de agosto de 2017

OPORTUNIDADE: MUNICÍPIO DE SÃO JOÃO REALIZA LEILÃO NESSA QUINTA (03)

Com o objetivo de repassar máquinas, veículos e equipamentos que não mais utiliza e com isso reforçar o caixa para aquisição de similares mais modernos, o governo de São João, município localizado a 227 quilômetros da Capital Recife, realizará conforme o Edital 001/2017,  um grande leilão.

Entre os bens disponibilizados para o arremate estão: Veículos, móveis de escritório, ventiladores, geladeiras, fogões industriais, ar condicionado e até uma lavanderia completa, além de outros equipamentos e acessórios. Algumas peças estão sucateadas e podem servir para reposição em equipamentos similares. Serão ofertados ainda equipamentos hospitalares e bancas escolares (carteiras). De acordo com o Governo de São João, todo o dinheiro arrecadado será reinvestido na aquisição de novos equipamentos que devem substituir os objetos leiloados.

O leilão acontecerá nessa quinta feira (03), as 10 horas da manhã, na Cooperativa dos Produtores de Feijão (COOPF), próximo ao Parque Alvorada e ao Posto Santa Luzia, na PE 177, naquele município.


Informações detalhadas podem ser adquiridas no site da Agencia de Leilões Freire, através do site: www.leiloesfreire.com.br .

EM SALOÁ GOVERNO REALIZA VII CONFERÊNCIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL

A VII Conferência de Assistência Municipal foi realizada na última sexta-feira dia (28). Com o tema: “Garantia de Direitos e Fortalecimento do Sistema Único de Assistência Social”, o evento aconteceu nas dependências do CCI e contou com representantes de entidades como: profissionais da área e usuários da Assistência Social.


A Conferência busca reafirmar o papel da Assistência como política garantidora de direitos e da necessidade de oferecer visibilidade a esta contribuição para a sociedade brasileira. O tema da conferência trás todos os usuários do sistema para o centro do debate fortalecendo e estruturando a área.

Neste sentido, a 11ª Conferência Nacional dará continuidade a perspectiva adotada pelo II Plano Decenal de Assistência Social de eleger os usuários, trazendo sua realidade de vida, direitos e demandas de acesso como centro do debate e do planejamento da política de Assistência Social. A assistente social Flávia Pessoa proferiu a palestra sobre a garantia de direitos no fortalecimento do Sistema Único de Assistência Social.


Após a palestra os presentes iniciaram os debates no processo conferencial, foram organizados em quatro eixos, sendo eles: A proteção não-contributiva e o principio da equidade como paradigma para a gestão dos direitos socioassistenciais; Gestão democrática e controle social, o lugar da sociedade civil no SUAS; Acesso as seguranças socioassistenciais e a articulação entre serviços, benefícios e transferência de renda como garantia de direitos socioassistenciais; A legislação como instrumento para uma gestão de compromissos e corresponsabilidades dos entes federativos para a garantia dos direitos socioassistenciaias.

Com informações e Imagens da ASCOM/Saloá

FIES DIVULGA RESULTADO DO SEGUNDO SEMESTRE DE 2017

O Ministério da Educação (MEC) já divulgou o resultado com a lista dos pré-selecionados para contratos do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) neste segundo semestre de 2017, que podem ser conferidos no site do programa. Os candidatos pré-convocados na chamada única devem concluir a inscrição até o dia 7 de agosto, no SisFies.

De acordo com o MEC, serão oferecidos 75 mil contratos de financiamento de cursos de ensino superior em faculdades particulares. Este é o último semestre do programa em que vale o regulamento antigo. A partir do ano que vem, novas regras vão começar a valer, como ter que pagar o dinheiro do empréstimo com desconto automático na folha de pagamento após concluirem o curso e conseguirem emprego formal. Outra mudança é que o Fies passará a oferecer três tipos diferentes de contrato. Em um deles, o governo prevê 100 mil vagas a juro zero para alunos com renda per capita familiar de até três salários mínimos.

Confira abaixo os tipos de contrato:

FIES 1
Voltado para alunos com renda per capita familiar de três salários mínimos. Não haverá nenhuma taxa de juro real, e as prestações serão pagas com parcelas de no máximo 10% da renda mensal, descontadas automaticamente do salário ou do rendimento da empresa aberta em nome do beneficiado. Para este público, a previsão é de oferecer 100 mil vagas.

FIES 2
Voltado para alunos com renda familiar per capita de até cinco salários mínimos. Voltado para as regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste. A taxa de juros é de 3%, mais correção monetária, e as prestações serão pagas com parcelas de no máximo 10% da renda mensal, descontadas automaticamente do salário ou do rendimento da empresa aberta em nome do beneficiado. Segundo o MEC, a previsão é de oferecer 150 mil vagas.

FIES 3

Voltado para estudantes com renda familiar per capita de até cinco salários mínimos. Ainda não há uma definição prévia sobre a taxa de juros, será maior que 3%, mas menor que as taxas bancárias privadas. As prestações serão pagas com parcelas de no máximo 10% da renda mensal, descontadas automaticamente do salário ou do rendimento da empresa aberta em nome do beneficiado. Sobre as vagas, a previsão é de ofertar 60 mil vagas. Nessa modalidade, o MEC discute com o Ministério do Trabalho uma nova linha de financiamento que pode garantir mais 20 mil vagas adicionais com recursos do FAT.