quarta-feira, 21 de junho de 2017

NA BUSCA DE SEGURANÇA PARA O MUNICÍPIO, PREFEITO DE JUPI BATE ATÉ À PORTA DA JUSTIÇA FEDERAL

A segurança pública vem sendo um dos principais problemas país afora. É talvez um dos maiores desafios para os governos e um verdadeiro teste diário de sobrevivência para o cidadão.  
Aqui no Nordeste os índices de violência são alarmantes e pela primeira vez em décadas a região vem batendo tristes  recordes com as suas populações assistindo inertes a disputa de quais cidades são as mais violentas, segundo relatórios de organizações internacionais. Nos presídios, o retrato da incapacidade dos governos estaduais para recuperar os internos, deu lugar a proliferação de facções que dominam e atemorizam dentro e fora das muralhas.

O diferencial é que o aumento da violência originária do tráfico e consumo de entorpecentes, uma característica quase que exclusiva das capitais, ficando o interior com a incidência de crimes contra a pessoa, normalmente ocasionado  por disputas de terras, crimes passionais e guerras entre famílias, tornou estopim também na região. 
Jovens de várias faixas hoje traficam e consomem drogas no interior com uma desenvoltura jamais vista, com a ajuda de tecnologias como as mensagens enviadas à comparsas via Whatsapp, onde se planeja o ilícito e  muitas vezes exibindo sem cerimônias armas e crimes em páginas do Facebook, Instagram e outras redes.

Os assaltos a bancos, com estouro de caixas eletrônicos também avançou no nordeste e no Agreste pernambucano o cenário tornou-se cotidiano.
O crime e a violência possuem causas complexas. Em alguns casos, o crescimento econômico rápido pode elevar crimes patrimoniais. Como crises econômicas também podem deflagrar violência. Mas na Colômbia, por exemplo, houve redução de homicídios em meio a uma crise econômica, pois havia uma política de segurança competente e prefeituras engajadas.

Preocupado com esse cenário, diversos prefeitos brasileiros estão se mobilizando na busca de minimizar os efeitos da criminalidade e dar um pouco de sensação de segurança aos seus munícipes.

O prefeito de Jupi, Marcos Patriota (DEM), por exemplo,  já teve uma agenda recente no Palácio do Campo das Princesas e conseguiu boas notícias do Governador Paulo Câmara (PSB), com medidas que devem ser anunciadas e adotadas em breve. 
O gestor também esteve em Brasília nessa terça (20) onde buscou apoio federal em uma reunião no Palácio da Justiça. 
Patriota diz em um vídeo divulgado em redes sociais que aquela instância prometeu respostas às demandas até a semana que vem. (veja vídeo abaixo:)


O gestor certamente está fazendo a sua parte e busca com isso conseguir reduzir os dados da violência que ameaçam a integridade e o patrimônio da sua população.

Se os gestores pernambucanos pudessem trabalhar de forma unificada, talvez as boas ideias, que hoje estão dispersas, poderiam gerar uma força maior para combater o crime, esse sim, organizado. 

SENSAÇÃO DA INTERNET, O " PAPA CAPIM" DE MACEIÓ TEM UMA HISTÓRIA DRAMÁTICA E DE SUPERAÇÃO


A emoção do pedreiro Cláudio dos Santos Nogueira, conhecido como “Dinho Kapp”, de 43 anos, ao ouvir o canto de um pássaro viralizou nas redes sociais. Com o bordão “oh! papa capim dos meus sonhos”, ele caiu nas graças dos internautas e o vídeo postado no canal YouTube teve quase 20 mil visualizações em menos de uma semana.
(Crédito: Reprodução TV Pajuçara)
O morador do Benedito Bentes, bairro da parte alta de Maceió, rapidamente se tornou sensação e muitas pessoas o param nas ruas para pedir uma foto com a celebridade do momento. Mas, por trás da alegria e da simplicidade de Dinho, existe uma história de luta, saudade e superação.
Há 14 anos, o pedreiro foi abandonado pela primeira esposa e procura a filha com quem perdeu contato desde então. Após o fim do relacionamento, Dinho foi informado que a pequena Vitória, de apenas quatro anos, havia deixado Maceió com a mãe, Ana Lúcia. As duas partiram para a cidade de Juazeiro do Norte, no Ceará. Com o sucesso instantâneo, o alagoano espera reencontrar a filha em breve.
Além disso, Dinho luta diariamente com outro problema que afeta milhares de brasileiros: a falta de dinheiro. O pedreiro mora com a nova esposa e mais seis filhos, dois da atual relação e quatro do primeiro casamento dela. Ele ainda relatou que tem um filho que mora na cidade de União dos Palmares, Zona da Mata de Alagoas. Com o pouco dinheiro que recebe de pequenos serviços, ele tem dificuldade para suprir as necessidades da família.
Para piorar a situação do "Papa Capim", a esposa foi diagnosticada com câncer e faz tratamento para cuidar da doença há cerca de um ano. Neste período, a compra de remédios é inevitável e exige ainda mais do pedreiro. Ele relatou que preciso precisou da ajuda de um casal para adquirir os medicamentos.
Apesar das dificuldades, Dinho não perde a alegria de viver e aproveita o sucesso para fazer um pedido a um dos grandes artistas da televisão brasileira. Ele se declarou fã do apresentador Rodrigo Faro, da Record TV, e espera realizar o sonho de conhecê-lo. 
TNH1

SERASA AFIRMA QUE PROCURA POR CRÉDITOS AUMENTOU NO ÚLTIMO MÊS

De acordo com o Indicador Serasa Experian da Demanda do Consumidor por Crédito, no país a busca por crédito aumentou 7,2%, no último mês de maio, comparado ao mês de abril. No acumulado dos cinco primeiros meses do ano, houve elevação de 1% comparado ao mesmo período do ano passado.

Na avaliação dos economistas da Serasa Experian, o crescimento se deve à queda da inflação e da taxas de juros. Para eles, os recuos “estão, aos poucos, devolvendo o estímulo ao consumidor a retornar, ainda que muito, gradualmente, ao mercado de crédito”.

Ainda de acordo com o Indicador, houve crescimento em todas as regiões do país com destaque para o Norte (12,3%). A segunda maior alta foi constatada no Nordeste (8,6%), seguida pelo Sul (8,1%); Sudeste (6,7%) e Centro-Oeste (2,2%).



HENRIQUE MEIRELLES AFIRMA, EM DEPOIMENTO, QUE LULA NÃO INTERFERIU NA ATUAÇÃO DE BANCO CENTRAL

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, testemunha de defesa do ex-presidente Lula, na ação penal da Operação Lava Jato, afirmou nesta quarta-feira (21), que o petista não interferiu na atuação do Banco Central (BC) no período em que ele ocupava a Presidência da República

O testemunho durou pouco mais de cinco minutos e foi realizado por videoconferência do gabinete do ministro, em Brasília, e a sede da Justiça Federal em Curitiba. Apenas Cristiano Zanin Martins, advogado de Lula, dirigiu perguntas ao depoente.

VALIDADE DE DELAÇÃO DE JOESLEY BATISTA É DISCUTIDA NESTA QUARTA-FEIRA (21)

Foto: Zero Hora
O Supremo Tribunal Federal (STF) começou na tarde desta quarta-feira (21) a decidir sobre a validade dos acordos de delação da JBS, firmados com o Ministério Público. Hoje será discutido, pelos ministros, os limites da atuação dos juízes que são responsáveis pela homologação das delações premiadas.

As delações premiadas assinadas com investigados na Operação Lava Jato e nas investigações envolvendo a JBS estão baseadas na Lei 12.850/2013, conhecida como Lei das Organizações Criminosas. De acordo com o Artigo 4º da norma, o acordo deve ser remetido ao juiz para homologação. Cabe ao juiz verificar a regularidade, legalidade e voluntariedade da delação.


Em maio, as delações da JBS foram homologadas por Edson Fachin. Em um dos depoimentos, Joesley Batista confirmou que a empresa usou doações oficiais para pagar propina a políticos, que deram contrapartidas para beneficiar a empresa. Em depoimento à Procuradoria-Geral da República (PGR), o empresário explicou como funcionava o esquema de compra de políticos e confirmou que foram repassados recentemente cerca de R$ 500 milhões a agentes públicos.

TEMER É CITADO COMO TESTEMUNHA EM AÇÕES PENAIS QUE ENVOLVEM A CAIXA ECONÔMICA



O ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha (PMDB-RJ) indicou o presidente Michel Temer como testemunha em ações penais relacionadas a operações que investigam suspeitas de irregularidades envolvendo a Caixa Econômica Federal, de acordo com documentos judiciais. As ações são relacionadas às operações Sépsis e Cui Bono, que investigam suspeitas de irregularidades na liberação de recursos do banco para grandes empresas, como a Eldorado Celulose, da holding J&F, a Marfrig, o Grupo Bertin e a BR Vias, de acordo com as investigações da Polícia Federal.

Na audiência que aconteceu na última terça-feira (20) na 10ª Vara Federal, em Brasília, o juiz federal Vallisney de Souza Oliveira determinou que Cunha apresentasse no prazo de cinco dias os quesitos a serem respondidos por Temer. De acordo com o Palácio do Planalto, os advogados do presidente já estão examinando as perguntas.


De acordo com as investigações, o esquema envolvia a liberação de recursos da Caixa para as companhias por meio de direcionamento político, com participação de Cunha, em troca de pagamento de propina.

CASO MIRELLA: ACUSADO NEGA CRIME E AFIRMA QUE FICOU SURPRESO POR SER UM DOS SUSPEITOS

Foto: Diário de Pernambuco
O acusado de estuprar e matar a fisioterapeuta Tássia Mirella Sena de Araújo (28), em Recife, negou os crimes, em entrevista ao Jornal do COmmercio. Edvan Luiz da Silva (32) está no Presídio de Igarassu, na Região Metropolitana do Recife (RMR), e passou pelo julgamento nesta quarta-feira (21). Sobre Mirella, Edvam disse que não a conhecia e ficou surpreso quando a polícia entrou no seu apartamento e disse que ele era o suspeito.

Foto: Portal Leia Já
Antes e durante o julgamento, parentes e amigos de Mirella ficaram na porta do Fórum, como forma de protesto, organizado nas redes sociais. Alguns familiares da fisioterapeuta ainda conseguiram entrar para assistir a audiência. Ao todo, houveram 13 testemunhas de acusação, incluindo os pais da vítima e uma amiga.

Foto: Leia Já


O assassinato aconteceu no dia 5 de abril de 2017, em um flat localizado no prédio onde os dois moravam, em Boa Viagem, Zona Sul do Recife. Edvan, que afirma ter cruzado com ela no corredor apenas uma vez, era o vizinho da frente de Mirella. O corpo da fisioterapeuta foi encontrado dentro do seu apartamento após os funcionários do prédio ouvirem gritos de socorro.

O Ministério Público tem dez dias para fazer as alegações finais e definir se ele irá à júri popular.

MORO PODE DAR SENTENÇA A LULA A QUALQUER MOMENTO. ENTENDA

Os advogados de defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva apresentaram as alegações finais, no processo referente ao apartamento triplex em Guarujá (SP), na última terça-feira (20). Com isso, o juiz federal Sérgio Moro, responsável pela Operação Lava Jato na primeira instância, pode dar a sentença a qualquer momento a partir desta quarta-feira (21).
O ex-presidente é acusado pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro por meio do recebimento de R$ 3,7 milhões da empreiteira OAS, por meio de contratos da empresa com a Petrobras. Esse dinheiro, de acordo com a denúncia do MPF (Ministério Público Federal), teria sido repassado a Lula por meio da compra e reforma do apartamento no litoral paulista.
A defesa de Lula teve o prazo de duas semanas para apresentar as alegações finais — de 7 a 20 de junho. Antes disso, a Petrobras, empresa lesada pelos desvios apurados na Lava Jato, pode se pronunciar entre os dias 5 e 6 de junho. O MPF (Ministério Público Federal) também pode apresentar seu posicionamento entre 25 de maio e 2 de junho. Os advogados de Lula voltaram a afirmar que a OAS não era dona do imóvel e, portanto, não poderia vender nem repassar à família Lula.
Em meados de maio, o ex-presidente prestou depoimento ao juiz federal em Curitiba (PR) e, por mais de três horas, respondeu às perguntas do magistrado. Na ocasião, reiterou que o triplex não pertencia à sua família e repassou a possibilidade sobre a possível compra do imóvel à dona Marisa Letícia Lula da Silva, que já morreu.
Não existe um prazo definido para Moro condenar e, eventualmente, mandar prender ou, por outro lado, absolver Lula.

Na última vez que Moro sentenciou um réu foi em 6 de abril, quando condenou o ex-deputado André Vargas (sem partido-PR) por lavagem de dinheiro a 4 anos e meio de prisão. As alegações finais deste caso foram apresentadas pela defesa em dezembro de 2016 — portanto, a sentença saiu quatro meses depois.
No caso do ex-presidente da Câmara e ex-deputado federal Eduardo Cunha (PMDB-RJ), porém, a sentença saiu muito mais rapidamente.
A defesa do peemedebista apresentou as alegações finais em 27 de março de 2017 e, três dias depois, no dia 30 de março, Moro condenou Cunha a 15 anos e quatro meses de prisão por corrupção passiva, lavagem de dinheiro e evasão de divisas.
Além de Lula, também são réus nesta ação penal Agenor Franklin Magalhães Medeiros, ex-diretor-presidente da OAS; Roberto Moreira Ferreira, ex-diretor da OAS; Paulo Okamotto, presidente do Instituto Lula; Paulo Gordilho, executivo da OAS; Léo Pinheiro, ex-presidente da OAS; e Fabio Horia Yonamine, ex-presidente da OAS Empreendimentos.
O processo referente ao tríplex de Guarujá (SP) é o primeiro de todos os que recaem contra Lula a chegar na fase das alegações finais. O ex-presidente também responde criminalmente em outras quatro ações que tramitam na Justiça Federal do Paraná, Distrito Federal e São Paulo.
Fonte: R7

PESQUISA APONTA LULA COMO O MAIS NOCIVO DA LAVA-JATO

DF: PESQUISA MOSTRA QUE 37% O VÊ COMO 'MAIS NOCIVO PARA O BRASIL'

Levantamento do Instituto Paraná Pesquisa no DF avaliou o impacto da Lava Jato nos enrolados na operação: 87,1% dos entrevistados avisaram que não votarão em candidato “que tem o nome envolvido em denúncias da operação”. Entre os enrolados, entrevistados classificam Lula como o “mais nocivo para o Brasil”, com 37%. Aécio é o segundo (14,5%), seguido por Eduardo Cunha (12,7%) e Sérgio Cabral (4,6%). A informação é do colunista Cláudio Humberto, do Diário do Poder.
A pesquisa aponta entre os empresários mais “nocivos” Marcelo Odebrecht (4,3%), Joesley Batista (4,1%) e Eike Batista (2,4%).
José Dirceu e Antonio Palocci, ex-ministros de Lula, são “os mais nocivos” dos enrolados para 2,4% e 1,3% dos entrevistados.
A pesquisa de opinião foi realizada em todo o Distrito Federal com 1.516 eleitores a partir dos 16 anos entre os dias 14 e 18 de junho.
O Paraná Pesquisa verificou que hoje 83,2% desaprovam o governo Temer. Há dez meses, em agosto, a desaprovação era de 50,3%.

BOA NOTICIA : EDITAL PARA CONCURSO DO TRE FOI DIVULGADO NESTA QUARTA-FEIRA(21) COM REMUNERAÇÃO DE ATÉ R$ 10.119,93

Saiu o edital. O Tribunal Regional Eleitoral do Estado da Bahia abriu seu novo concurso público para provimento de 41 cargos de nível médio e superior nas carreiras de Técnico e Analista Judiciário (concurso TRE-BA 2017).  O documento de abertura saiu no Diário Oficial da União desta quarta-feira, 21 de junho.
De acordo com o presidente do órgão, o desembargador José Edivaldo Rocha Rotondano, o concurso vai lotar aprovados também nos cartórios do interior do estado nos cargos de Analista Judiciário nas áreas Judiciária e Administrativa e na função de Técnico Judiciária na área Administrativa. Para os demais cargos, a lotação se dará exclusivamente na Secretaria do TRE/BA, localizada em Salvador/BA.
O edital reserva ainda três vagas para os candidatos portadores de deficiência e oito vagas para os candidatos negros.
Para candidatos de nível superior há oportunidades para Analista Judiciário nas áreas Judiciária (9), Administrativa (7), Contabilidade (Cr), Análise de Sistemas (Cr), Engenharia Civil (Cr), Engenharia Elétrica (Cr), Medicina/Clínica Geral (Cr), Odontologia (Cr) e Psicologia (Cr). A remuneração do cargo é de R$ 10.119,93 por carga horária semanal de 40 horas.
Já para candidatos de nível médio são oferecidas vagas de Técnico Judiciário nas áreas Administrativa (21), Contabilidade (Cr), Enfermagem (Cr), Operação de Computadores (1), Programação de Sistemas (Cr), Saúde Bucal (Cr), Eletricidade e Telecomunicações (1) e Segurança Judiciária (Cr). Para concorrer na área administrativa será exigido apenas nível médio; já para as demais especialidades há requisito de curso técnico específico. O salário dos técnicos é de R$ 6.167,99, exceto para especialidade de Segurança Judiciária, que tem gratificação específica e terá vencimentos de R$ 7.205,87.
https://www.acheconcursos.com.br


AS CHUVAS VIERAM, MAS A ÁGUA DA COMPESA NÃO CHEGOU EM CALÇADO. PREFEITO FOI SABER O QUE ESTÁ ACONTECENDO.

Prefeito de Calçado, Nogueira (PP), Presidente da COMPESA, Dr. Roberto
Tavares e Marcos Patriota (DEM), prefeito de Jupi
Os novos gestores municipais, alguns denominados de outsidersum termo em inglês que pode ser traduzido como “estranhos ao negócio” ou pessoas que tinham atividades profissionais diferentes da que agora assumiram -, caso de empresários, odontólogos, professores, engenheiros, médicos entre outros, que assumiram pela primeira vez um papel de agente político, como os prefeitos que iniciaram um mandato pela primeira vez em janeiro passado, começam a mostrar as suas ações na condução dos seus respectivos governos.

Na região do Agreste de Pernambuco, por exemplo, o munícipio de Calçado localizado a 216 quilômetros da capital Recife, vem sendo administrado pelo empresário Expedito Nogueira (PP) que venceu as eleições apoiado pelo ex prefeito José Elias, político que obteve à época, um dos maiores índices de aprovação popular durante sua gestão.

A sensação da população calçadense hoje, é de ter feito uma boa aposta quando elegeu Nogueira, em razão de avanços em diversas áreas governamentais como a saúde que vem alcançando bons índices e a educação que trilha o mesmo caminho. Certamente ainda existem áreas a serem supridas, mas com um governo de apenas seis meses nota-se que as demandas da população nas demais áreas serão atendidas pelo gestor e equipe.

No entanto, com a chegada das chuvas na região, apesar da alegria dos produtores e da população, o município de Calçado não conseguiu resolver a questão do desabastecimento de água nas torneiras da sua população e buscando minimizar esse problema, o prefeito buscou ajuda esta semana no Palácio do Governo, onde teve reunião com a chefia da Casa Civil do governador Paulo Câmara (PSB).

De lá, Nogueira conversou ao telefone com o âncora do programa FALANDO COM O AGRESTE, veiculado pela Rádio Marano FM e deu detalhes desse e de outros assuntos da sua gestão.


No player abaixo, o internauta ouve a entrevista do gestor na íntegra.


VALE A PENA ASSISTIR: BARRAGEM DE INHUMAS, EM GARANHUNS, "SANGRA"

E uma bela imagem, esperada pelos garanhuenses e por grande parte da população do Agreste pernambucano, patrocinada pelas fortes chuvas que caem a cerca de um mês na região, já pode ser vista na famosa barragem de Inhumas, manancial que abastece Garanhuns e que no período mais rigoroso de estiagem chegou a o nível mais baixo de água de toda sua história, nessa segunda feira (19) “sangrou”, termo utilizado para a situação na qual a barragem recebe água além da sua capacidade.

Compartilhamos aqui, uma imagem em vídeo que circula nas redes sociais, com a “Dança das Àguas”


video

QUASE UMA NOVA TRAGÉDIA : BARRACA DE FOGOS EXPLODE ATINGINDO CASAS, CARROS E CEMITÉRIO EM PETROLINA

*Por Marcos Antonio

Uma barraca de fogos de artifício pegou fogo e explodiu, nesta terça-feira (20), em Petrolina, no Sertão de Pernambuco. O incidente, que deixou o local destruído, ocorreu na Avenida das Nações, Zona Central da cidade. Ainda não há informações confirmadas sobre feridos. O trânsito no local teve que ser interditado. Todas as equipes do Corpo de Bombeiros foram acionadas, junto com uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

De acordo com o Coronel do Corpo de Bombeiros, Luciano Fonseca, equipes estão na região fazendo um levantamento para saber o tamanho da gravidade do incidente. Para controlar as chamas foi necessário o trabalho de 30 homens.
“A informação que nós temos é de que uma pessoa foi socorrida por populares no momento imediato ao início das explosões. Mas isso não foi confirmado ainda. Nós estamos aguardando mais informações. O Samu está no local, nossa equipe também. Fizemos uma varredura inicial nos destroços e não encontramos nenhum vestígio de vítimas”, disse.

Na Avenida das Nações, cinco barracas de fogos possuem autorização do Corpo de Bombeiros para funcionamento e todas foram vistoriadas recentemente. A explosão ocorreu em apenas uma e as demais não foram atingidas.

Pelo menos cinco pessoas, entre elas o proprietário, estavam dentro da barraca quando tudo começou, mas conseguiram sair a tempo.