domingo, 18 de junho de 2017

BOXEADORA FAZ HOMENAGEM A GARANHUNS EM LUTA QUE FOI TRANSMITIDA PARA TODO O BRASIL PELA SPORTV



Elaine envolta da bandeira de Garanhuns
Por Marcos Antônio

A boxeadora garanhuense Elaine Albuquerque perdeu na noite de sábado,17, para  a sua adversária Adriana Albuquerque na 3° edição do Boxing For You 3, que foi realizado no Hotel Golden Park, na cidade de Sorocaba, interior de São Paulo. A atleta de Garanhuns teve uma oponente com um cartel melhor, muito mais experiente, inclusive, a Adriana já ganhou uma medalha olímpica de bronze no boxe em 2012, em Londres e vários títulos Brasil afora no boxe amador.

Foi uma luta de 6 rounds, onde a garanhuense venceu um, mas, ao fim do combate prevaleceu a experiência e melhor técnica da Adriana, que venceu por contagem de pontos,60 x 53, na contagem dos jurados.Bom...de qualquer forma, apesar do resultado adverso, tem que se parabenizar a atleta dá cidade pelo empenho, ousadia e dedicação a um esporte que ainda é pouco praticado por mulheres e que em Garanhuns é uma quebra de paradigma.Ás grandes conquistas costumam vir numa simbiose de muita dedicação,persistência e apoio.Um tripé que a atleta de Garanhuns tem, pois é talentosa, dedicada, determinada e tem apoio dá prefeitura de Garanhuns através da Secretaria dá Juventude, Esportes e Lazer.

Um momento muito bonito dá luta que foi transmitida pela Sportv, foi o momento em que Elaine aproveitou a transmissão para todo o Brasil através do canal especializado em esportes e fez sua homenagem a Garanhuns.Ao som de Luiz Gonzaga na celebre música de Onildo de Almeida, " Onde o Nordeste Garoa", que pode ser considerado o segundo hino de Garanhuns, a atleta se enrolou com a bandeira da cidade antes e depois dá luta, num momento muito bonito e emocionante, levando o nome da cidade mais longe.Fica portanto os parabéns do povo de Garanhuns e que outros desafios venham para a nossa atleta e que até lá, o governo municipal  e as empresas privadas também tenham a iniciativa de ajudar nossos atletas para podermos ver nossa bandeira tremulando no mais alto pódio mundo afora.

Decisão que deu á vitória a boxeadora Adriana



NESSA SEGUNDA (19) ÚLTIMA PARTE DA ENTREVISTA COM EX SENADORA HELOÍSA HELENA

Nessa segunda feira (19), ouça a segunda e última parte da entrevista com a ex senadora Heloísa Helena (REDE - AL). 

Com opiniões fortes e declarações polêmicas, a ex parlamentar fala sobre as chapas adversárias encabeçadas pelos supostos pré candidatos em 2018, Lula e Bolsonaro, que de acordo com pesquisas lideram a corrida presidencial para o Palácio.
Heloísa também faz uma análise da absolvição por 4 votos a 3 da chapa Dilma-Temer pelo TSE, realizada há duas semanas e revela se será candidata ou não mais uma vez ao Senado.

O programa FALANDO COM O AGRESTE vai ao ar pela Rádio Marano FM de Garanhuns - 102,3 Mhz), de segunda a sexta feira, das 12 as 13 horas, ou para o mundo através do www.radiomaranofm.com.br e tem apresentação do radiojornalista Marcelo Jorge.

BOMBEIROS CONTINUAM TRABALHANDO NO COMBATE ÀS CHAMAS NA REGIÃO CENTRAL DE PORTUGAL

Incêndio em Portugal já dura um dia.  Crédito: AFP
Quase um dia após o início do incêndio em Pedrógão Grande, na região central de Portugal, as autoridades do país informaram que já foram encontrados 58 corpos de vítimas da tragédia. O número foi confirmado em um boletim divulgado neste domingo. Mais da metade dos mortos estavam carbonizados dentro de automóveis, tentando sair das aldeias que eram os focos das chamas.  

O fogo ainda não foi controlado pelo Corpo de Bombeiros e o trabalho para a localização de outras vítimas continua. A tragédia acontece poucos dias depois de um prédio em Londres, na Inglaterra, também ser atingido pelo fogo, provocar dezenas de mortes e chamar a atenção da opinião pública da Europa.

De acordo com o repórter Nuno Freitas, da rádio TSF, o clima quente, a pouca umidade e os fortes ventos no local ajudaram a alastrar as chamas. A área atingida tinha uma grande floresta de eucaliptos, que são extraídos pela indústria madeireira local.

Embora os vilarejos da região que sofreu com o incêndio não registrem uma grande concentração de população, era grande a circulação de pessoas pela região. A operação para o salvamento encontra grandes dificuldades para chegar aos pontos onde podem estar as vítimas devido aos estragos ocasionados pelo fogo.