quinta-feira, 15 de junho de 2017

CHUVA, NEBLINA E FRIO: GARANHUNS REVIVE INVERNOS HISTÓRICOS


Com as mudanças climáticas evidenciadas em todo o mundo, diversas localidades tiveram suas temperaturas e climas invertidos. De norte a sul e leste a oeste,  recantos do planeta conhecidos como de clima temperado e tropical ou gélidas paisagens deram espaço a inusitados e surreais fenômenos climáticos antes considerados raros ou no mínimo improváveis.  

Aqui no Brasil, terras áridas, solos rachados e ausência de água, imagens tipicamente comuns nos intensos verões nordestinos, começaram a ser observados com frequência  cada vez maior nos pampas gaúchos.  Enxurradas, alagamentos e quedas bruscas nas temperaturas, por sua vez, passaram a modificar a paisagem em diversos estados nordestinos.  

Quem viveu em Garanhuns, cidade pernambucana conhecida como ‘Suissa Pernambucana’ e ‘Terra da Garoa’  nas décadas de 1970 e 1980, certamente ainda guarda na memória as imagens de invernos rigorosos, uma densa neblina que se transformava em uma cortina encobrindo suas sete colinas nos finais de tarde e no início de cada manhã, revelando uma atmosfera nostálgica e elegante, o que confirmava os codinomes acima.
Acompanhando esse charme, um frio agradável deixava sua população ainda mais elegante nas idas aos cines Jardim, Eldorado (na sua primeira versão) ou, para os ainda mais antigos, o Cine Glória e os cafés da sua avenida central.

Pois bem: Após um período de intensa estiagem e temperaturas que chegaram nos últimos meses aos inéditos 39 graus no agreste – inclusive em Garanhuns – em poucas semanas de chuvas o cenário anterior deu lugar ao típico inverno garanhuense, que pôde ser recordado nesta cidade na tarde dessa quinta feira, feriado de Corpus Christi de 2017.

Os termômetros, é certo, nem de perto caem para os 8 ou 9 graus celsius, comuns às décadas citadas acima. Mas, os 15, 14 e até 13 graus registrados principalmente nas noites e madrugadas dessa temporada, permitem à população e visitantes vivenciarem uma sensação térmica ainda mais baixa e dão, até que enfim, uma pausa no ventilador e no ar condicionado, eletrodomésticos, há alguns anos, desnecessários ao garanhuense.

No mais, é se agasalhar bem, abrir o coração e o guarda roupa para aquecer o coração do próximo e reviver os bons invernos de Garanhuns.       

ÓTIMA NOTÍCIA : UPE ABRE CONCURSO COM VAGAS PARA GARANHUNS

Excelente notícia para os concurseiros/as pernambucanos! A Universidade de Pernambuco (Concurso UPE) divulgou edital de abertura para concurso público com oferta de 388 vagas para profissionais do nível médio e superior. 
As inscrições estão abertas a partir de hoje (15/06), seguindo até 16 de julho de 2017, pelo site da UPENET (www.upenet.com.br). A taxa é de R$ 100 para os cargos de analista técnico em gestão universitária e médico e de R$ 70 para o cargo de assistente técnico em gestão universitária. 
As oportunidades oferecidas pela universidade serão para vagas nas Unidades de Educação e de Saúde em Arcoverde, Caruaru, Petrolina, Salgueiro, Serra Talhada, Garanhuns, Mata Norte, Mata Sul, RMR e o Complexo Hospitalar da Universidade.

Da oferta total, 157 são destinadas ao cargo de analista técnico de gestão universitária, 222 para assistente técnico de gestão universitária e 9 voltadas aos médicos. As remunerações variam de R$ 1.157,98 a R$ 7.514,74, para jornada de 30h semanais.
São chances para administrador, analista de sistemas, assistente social, bibliotecário, biomédico, contador, biólogo, engenheiro, fisioterapeuta, pedagogo, psicólogo, secretária executiva, terapeuta ocupacional e tradutor, todos para nível superior.
Já para o nível médio as funções são: assistente administrativo, técnico administrativo, técnico em contabilidade, técnico em arquivo, técnico em informática, técnico em saúde bucal, técnico de laboratório, técnico em secretariado, técnico de enfermagem, técnico em edificações, técnico em radiologia e atendente de clínica odontológica.

  • Concurso: Universidade de Pernambuco (Concurso UPE).
  • Banca organizadora: Upenet
  • Cargos: Assistente; Analista
  • Escolaridade: Nível médio e  superior
  • Número de vagas: 388 + CR
  • Remuneração: Até R$ 7.514,74
  • Inscrições: de 15 de junho a 16 de julho de 2017
  • Valor da inscrição: R$ 100 ou R$ 70
  • Data prova objetiva: 27 de agosto de 2017
O último concurso para servidores da UPE aconteceu em 2012, com apenas 50 vagas disponibilizadas apenas para as unidades de educação da Universidade no interior.
Grand Concursos OnLine

PROTOCOLADO PEDIDO DE IMPEACHMENT CONTRA GILMAR MENDES

Gilmar Mendes teve peido de impeachment protocolado
O ex-procurador-geral da República Claudio Fonteles protocolou ontem (14), no Senado, pedido de impeachment contra o ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes, com assinaturas de juristas, professores, funcionários públicos e estudantes. Além do impeachment, o grupo também pediu que o STF e a Procuradoria-Geral da República investiguem se a conduta de Mendes tem sido compatível com o cargo que ocupa.
O grupo produziu três peças jurídicas. O impeachment foi protocolado na Secretaria-Geral da Mesa Diretora do Senado e deverá ter sua admissão inicialmente analisada pelo presidente da Casa, Eunício Oliveira (PMDB-CE).
A segunda peça é uma reclamação que será encaminhada à presidente do Supremo Tribunal Federal, ministra Cármen Lúcia, para apuração administrativa das condutas do ministro. A terceira peça é uma notícia-crime encaminhada ao procurador-geral da República, Rodrigo Janot.
Conversa telefônica
As três peças tomam como base a conversa telefônica interceptada pela Polícia Federal em que o senador afastado Aécio Neves pede a Gilmar Mendes que interceda com outros senadores para propiciar a aprovação de um projeto de lei. Os documentos pontuam que, apesar de estar sob sigilo, a gravação foi amplamente divulgada na imprensa e o próprio ministro admitiu o teor da conversa.
O crime de responsabilidade que justificaria o impeachment, explicou Fonteles, estaria caracterizado pela conduta do ministro de “exercer atividades político-partidárias mediante a articulação e participação em atividades típicas de uma liderança político-partidária, especialmente por meio de atos de influenciar e persuadir parlamentares a votarem a favor de um determinado projeto de lei, por solicitação do presidente do respectivo partido político”, fato que teria ficado comprovado na conversa com o senador afastado.
Condutas
Outras condutas de Gilmar Mendes são apontadas pelo grupo, como proferir julgamento em processo nos quais estaria impedido por ser, a parte, cliente do escritório de advocacia onde atua a esposa do ministro, ou em causas na qual seria legalmente suspeito por se apresentar como “velho amigo” de uma das partes. Em maio, o ministro divulgou nota afirmando que, no habeas corpus por meio do qual concedeu liberdade ao empresário Eike Batista, o empresário não era representado por advogado do escritório Sérgio Bermudes, onde a esposa Guiomar Mendes é sócia.
Os signatários das petições também acusam Mendes de proceder de modo incompatível com a honra, a dignidade e o decoro das funções de ministro do Supremo Tribunal Federal, por ter feito uso de linguagem impolida, depreciativa e agressiva contra o ministro Marco Aurélio, a Procuradoria-Geral da República e seus membros, e o Tribunal Superior do Trabalho e seus membros; e de alimentar e ter relações de proximidade com pessoas investigadas ou denunciadas criminalmente no STF, ou que sejam réus, partes ou juridicamente interessadas em processos em andamento no STF e no TSE.
Fonte: Agência Brasil

DETENTO EDUARDO CUNHA DIZ QUE SEU SILÊNCIO NÃO ESTÁ Á VENDA


O ex-presidente da Câmara deputado cassado Eduardo Cunha disse hoje (14), em depoimento à Polícia Federal (PF), que o seu silêncio “nunca esteve à venda”, em referência à denúncia feita por Joesley Batista em acordo de delação premiado assinada com a força-tarefa da Operação Lava Jato. O peemedebista depôs nesta quarta-feira, em Curitiba, no inquérito que investiga o presidente da República Michel Temer.
Na saída da sede da PF na capital paranaense, o advogado de Cunha, Rodrigo Rios, informou à imprensa que o ex-deputado disse também que nunca foi procurado pelo presidente Michel Temer ou por interlocutores dele para evitar que ele fizesse delação premiada.
O depoimento de Cunha estava marcado para as 11h e durou cerca de 1h30. Preso desde outubro do ano passado no Complexo Médico-Penal em Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, Cunha foi condenado a 15 anos de prisão em uma das ações em que é réu na Lava Jato.
DelaçãoEm maio, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin homologou a delação premiada dos irmãos Joesley Batista e Wesley Batista, donos do grupo JBS. Para o acordo, Joesley entregou à Procuradoria-Geral da República a gravação de um encontro com o presidente Michel Temer. No diálogo, Temer teria sugerido que o empresário mantivesse pagamento de mesada ao ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha e ao doleiro Lúcio Funaro para que estes ficassem em silêncio.
Temer nega as acusações e pediu à PGR que o áudio apresentado pelo empresário seja periciado. Com autorização do Supremo, a Polícia Federal está fazendo a perícia nas gravações feitas pelo empresário Joesley Batista.
Fonte: Agência Brasil

PESQUISA MOSTRA EMPATE TÉCNICO ENTRE LULA E BOLSONARO

 

Lula e Bolsonaro estão empatados tecnicamente em Goiás







 Levantamento realizado pela Paraná Pesquisas em Goiás mostra o ex-presidente Lula (PT) na liderança da disputa pela Presidência da República com 22,4% das intenções de voto, mas em situação de empate técnico com o deputado federal Jair Bolsonaro (PSC), em segundo com 20,4%. Em terceiro aparece o prefeito de São Paulo, João Dória (PSDB), com 11,4%, seguido por Marina Silva (Rede) com 9,5% e pelo ex-presidente do Supremo Tribunal Federal Joaquim Barbosa com 7%.
Ciro Gomes (PDT) aparece em sexto com 6,2% e o senador Alvaro Dias (PV) teria 3%. Para 15% dos entrevistados, nenhum dos candidatos citados merece ocupar o Planalto e 5,2% não souberam opinar.
Em um segundo cenário, com o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, como candidato do PSDB, Lula e Bolsonaro aparecem novamente em situação de empate tecnico com 22,8% e 21,9%, respectivamente. Marina aparece em terceiro com 9,6%, seguida por Barbosa (8%), Ciro (6,5%), Alckmin (6,5%) e Dias (3,2%). O número de eleitores que não votariam em nenhum dos candidatos citados subiu para 16,3% e 5,4% não soube opinar.
Governo Temer
Outra parte da pesquisa mostra desaprovação do governo Temer em 81,3% contra 15,4% de aprovação e 3,3% de eleitores sem opinião. Qualitativamente, 0,5% dos eleitores classificaram o governo como ótimo, 8,4% como bom, 18% como regular, 21,4% como rium e 50,5% como péssimo. Apenas 1,2% não souberam opinar.
A Paraná Pesquisas entrevistou 1.505 eleitores em 60 municípios goianos entre os dias 7 e 11 de junho. A amostra representativa atinge um grau de confiança de 95% para uma margem de erro estimada em 2,5% para resultados gerais.

Diário do Poder

TRAGÉDIA COM AS BARRACAS DE FOGOS EM GARANHUNS COMPLETA 37 ANOS




E foi num feriado igual ao de hoje,  Dia de Corpus Christi, 37 anos atrás,que Garanhuns sofreu sua segunda maior tragédia. 
A primeira foi a hecatombe que vitimou quase 20 vidas há exatos 100 anos. 

Era uma quinta-feira, como hoje, um feriado religioso do Corpo de Cristo que naquele ano de 1980 - precisamente no dia 05 de junho -, depois de uma calorosa discussão anterior entre a igreja católica local, por intermédio do Bispo Dom Tiago Postma com dirigentes do Comércio local  sobre abrir ou não o comércio num feriado santo para a igreja católica. 
As duas barracas de fogos ficavam localizadas no centro de Garanhuns em cima da marquise onde ficava a cobertura do bar " Colunata". 
As barracas pertenciam respectivamente aos Sr. Protásio Gomes Azevedo conhecido como Tazinho e Sr. José Alves da Silva Filho, muito conhecido por José Barroso.


A tragédia se consumou com as explosões das duas barracas, causadas por um curto circuíto na instalação elétrica de uma delas. O deslocamento de ar causado pelo sinistro, atingiu um raio de mais de 500 metros . As explosões causaram estragos em vários estabelecimentos no centro da cidade. Vidros de casas comerciais foram estourados, tetos danificados como o do Cine Jardim e do Banco do Brasil, além de portas arrancadas e os  ferros que cobriam os boxes retorcidos e  parcialmente destruídos.


SALDO DA TRAGÉDIA


O saldo da tragédia foi de 04 pessoas mortas e 38 feridos. O prejuízo material foi calculado em mais de 50 milhões de cruzeiros, o equivalente hoje a 14 milhões de reais. O prefeito da cidade á época era Ivo Tinô do Amaral, que imediatamente mobilizou o governador do Estado, Marco Maciel. este, chegou  em  Garanhuns  poucas horas depois, para ver de perto a tragédia junto com alguns secretários entre eles, José Tinoco - hoje proprietário do Hospital Perpétuo Socorro e Rádio Marano FM e que prometeu ajuda necessária para reconstrução e ajuda aos que sofreram os danos materiais.



Vale ressaltar algumas entidades públicas ou não, trabalharam no empenho para ajudar no que foi possível para amenizar a dor e fazerem os procedimentos para reorganizarem a cidade diante do cenário de destruição ali instalado. Lembro que uma notícia veiculada numa rádio do sudeste do país dava a informação que a cidade de Garanhuns tinha sido destruída totalmente com as explosões para o desespero de muitos pernambucanos que por lá moravam. 

Daí entra a prestação de serviços dá Radio Difusora de Garanhuns tentando tranquilizar as pessoas do que tinha ocorrido e tudo estava sob controle. O 71° BI de Garanhuns fazendo um trabalho de socorro inestimável como até hoje o Exército faz onde ocorrem as grandes tragédias. Voluntários do 4 ° Batalhão de Polícia também se ofereceram para ajudar, a Celpe pôs um batalhão de eletricistas para reenergizar á cidade. Prefeitos da região partiram para Garanhuns para dá um apoio no que fosse necessário e o prefeito Ivo Amaral foi um incansável em disponibilizar engenheiros, seus secretários e viaturas para ajudarem no que fosse preciso junto com o legislativo municipal que também esteve presente nas ajudas.


Enfim: um dia que não será esquecido nunca. 
O que se supõe é que que se o comércio local tivesse aberto, como se cogitava, o prejuízo de vidas seria bem maior, pois a cidade de Garanhuns já tinha um comércio bem movimentado aquela época. 

No fim da "guerra " travada entre o comércio e a igreja fica a reflexão sobre o divino e o 'terreno', entre os que acreditam em intervenção divina como um sinal e o poder econômico avassalador.
Por Marcos Antônio





"ANGELIM TERÁ FESTA JUNINA, MAS COM PÉS NO CHÃO", DIZ PREFEITO

Foto: Falando com o Agreste
As fortes chuvas que vem atingindo o estado de Pernambuco, causando estragos na Mata Sul e em parte do Agreste, também estão trazendo benefícios para alguns setores que não recebiam estas águas a pelo menos 5 anos.

É o caso de Angelim. Localizado no Agreste a 199 quilômetros da capital Recife,  o município está inserido nos domínios da bacia hidrográfica do Rio Mundaú, tendo como seus principais cursos hidrográficos os rios Canhoto e Inhaúma e os riachos Tamborim e do Esporão, o que o torna relativamente bem servido de águas. No entanto o longo período de estiagem vinha sacrificando a população e a administração pública estava obrigada a investir em carros pipas na tentativa de suprir as necessidades das famílias. 

Com as chuvas, a situação do homem do campo vem gradativamente melhorando em Angelim e o  prefeito Douglas Duarte (PSB) já demonstra esperança na melhoria de vida da sua população. 
Em entrevista concedida ao programa FALANDO COM O AGRESTE, o gestor conta que apesar do otimismo, sua administração tem os "pés no chão" e realizará, por exemplo, as tradicionais festas juninas, mas com baixos investimentos. 

Clique no player e ouça a entrevista na integra: