terça-feira, 13 de junho de 2017

CUNHA PEDE AO STF ADIAMENTO DE DEPOIMENTO EM INQUÉRITO QUE INVESTIGA TEMER

A defesa do deputado cassado Eduardo Cunha pediu ao ministro do Supremo Tribunal Federal  Edson fachin nessa terça-feira (13), o adiamento do depoimento do ex parlamentar no inquérito que investiga o presidente Michel Temer.

A defesa argumenta que ainda não teve acesso integral aos elementos da investigação.
O depoimento está marcado para esta quarta-feira, às 11 da manhã na sede da Policia Federal em Curitiba.

O depoimento de Cunha tem relação com as delações dos executivos da JBS.
No mês de março, Joesley Batista gravou uma conversa com o presidente. De acordo com a Procuradoria Geral da República, Temer teria dado o aval para a compra do silêncio de Cunha.

Na época o presidente Michel Temer negou a versão da PGR e criticou o empresário. A defesa de Temer classifica as provas como ilegais.

REFLEXOS DE UM PAÍS CORRUPTO, IMORAL E DECADENTE: BEBÊS SÃO COLOCADOS EM CAIXAS DE PAPELÃO POR FALTA DE BERÇOS

Fotos mostram bebês dentro de caixas de papelão em maternidade de Aparecida 
de Goiânia (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)
Imagens obtidas pela TV Anhanguera mostram bebês que nasceram na Maternidade Marlene Teixeira em Aparecida de Goiânia, na Região Metropolitana da capital, acomodados em caixas de papelão . Avós de recém-nascidos reclamam ainda da superlotação da unidade e que os partos não estão sendo feitos nas salas de cirurgia.
As fotos mostram diferentes bebês envoltos em mantas, mas deixados ao lado das mães dentro de caixas de papelão. Nas imagens é possível perceber que um dos recipientes era de toucas descartáveis.

Bebês foram colocados em caixas de papelão por falta de berços em maternidade 
(Foto: Reprodução/TV Anhanguera)
A Secretaria de Saúde da cidade admitiu, por meio de nota, que as imagens foram feitas dentro da Maternidade há cerca de duas semanas. Segundo o texto, a unidade está atendendo uma demanda maior do que comporta e que “o objetivo dos profissionais que improvisaram a caixa como um berço foi de melhor atender e acolher o paciente naquele momento”.
O órgão reforça que a atitude foi tomada “com a aprovação da mãe, que entendeu a necessidade da situação e foi bem assistida, assim como a criança”. Ainda assim, após o ocorrido, mais três berços foram enviados à Maternidade.

10 SINAIS DE QUE VOCÊ NUNCA SERÁ RICO E DICAS QUE PODEM TE AJUDAR A ENRIQUECER


Existem algumas formas de se tornar rico: ganhar na loteria, transformar a ideia do século em negócio, aplicar em ações com sorte e técnica, etc. Mas também há alguns indicativos que mostram que você pode estar longe de chegar lá.
Se ser milionário é um objetivo na sua vida, preste atenção nos hábitos listados a seguir. São sinais que podem indicar que você está longe de acumular muito dinheiro um dia.


1. Ser muito certinho e não arriscar
Gostar de desafios e estar aberto a mudanças são pré-requisitos para se tornar milionário. Isso significa que se você recusa uma proposta de assumir uma nova função no trabalho ou de morar no exterior, sem nem avaliar direito, dificilmente sua conta bancária crescerá muito.
“Milionários são pessoas inquietas e questionadoras, se arriscam muito na vida”, aponta o professor Ricardo Rochman.
2. Não investir no mercado financeiro
A dica de se arriscar mais também vale para as aplicações no mercado financeiro, que aceleram o processo de enriquecimento. Dificilmente quem tem medo de aplicar em qualquer outro investimento além da poupança será milionário, segundo Rochman, da FGV.
3. Trabalhar demais e viver sem tempo livre
Boas ideias de como ganhar dinheiro surgem quando as pessoas saem da rotina com frequência. “Quem não tem tempo livre não vai ser rico”, diz Rochman, da FGV. Ele aconselha reservar brechas na agenda para ficar por dentro das inovações pelo mundo e procurar novos modelos de negócio e oportunidades no mercado financeiro.
Nos momentos de ócio, também é preciso observar o que acontece ao redor, já que grandes ideias de negócio surgem quando se percebe como resolver os problemas das pessoas no dia a dia.
4. Odiar o trabalho
Até dá para não gostar do que se faz e mesmo assim acumular dinheiro, mas qual a graça de ser rico e não ser feliz? Além disso, Rochman, da FGV, lembra que é mais difícil trabalhar durante muito tempo com algo que se odeia, e que acumular dinheiro costuma demorar. “Jovens só enriquecem porque podem se arriscar à vontade, mas ninguém vira milionário da noite para o dia”, diz.
5. Não ter sonhos na vida
Ricos sonham muito, além de ganhar milhões. “São aqueles objetivos que só de pensar nos causam arrepios”, diz o educador financeiro Silvio Bianchi, da DSOP Educação Financeira. Ele explica que ter dinheiro não deve ser um objetivo, mas um meio para atingi-lo. Assim, enriquecer vira só uma consequência.
Pessoas que têm sonhos agem como empreendedoras, mesmo que não abram um negócio próprio e permaneçam assalariadas.
6. Ser imediatista e querer tudo para ontem
Pessoas ricas são pessoas prósperas, e a origem da palavra “prosperar” está ligada a ter esperança e a esperar, como explica Bianchi, da DSOP Educação Financeira. “Quem consegue resultados financeiros no futuro sabe aguardar o tempo necessário para comprar”, diz Bianchi. Poupar exige paciência e é essencial para enriquecer. 
7. Economizar demais
Acredite, economizar em excesso pode ser ruim se você quer ser rico. Pessoas que pechincham demais e que sempre querem economizar ao máximo, às vezes, deixam de viver experiências que podem ser importantes, como uma viagem para um congresso ou um almoço com pessoas diferentes.
O professor de finanças Gilberto Braga, do Instituto Brasileiro de Mercado de Capitais do Rio de Janeiro (Ibmec-RJ), concorda. “Quem vai no restaurante e escolhe o prato pelo preço, e não pela comida, dificilmente será rico”, diz Braga. Ele entende que é preciso equilibrar o preço e a satisfação pessoal na hora de fazer escolhas.
8. Pensar só em dinheiro
Nem sempre o retorno financeiro imediato é o mais importante para se tornar milionário. Ao tomar decisões, quem pensa demais em dinheiro não enriquece. “As pessoas ficam tão preocupadas com o resultado financeiro que deixam oportunidades passar”, diz Navarro, da Dinheirama.
A ideia de abandonar o emprego para abrir o próprio negócio, por exemplo, pode não trazer mais retorno financeiro imediato, somente mais adiante, e nem por isso deixa de valer a pena. 
9. Achar que dinheiro não é importante
No outro extremo, pessoas que não compreendem que o dinheiro pode transformar a vida também não enriquecem. “Achar que controlar dinheiro é coisa de rico torna as pessoas alienadas, inclusive para aprender como ganhar mais”, explica Navarro, da Dinheirama.
Ele aconselha que para aumentar o patrimônio é essencial fazer do dinheiro um assunto do dia a dia, que não surja apenas em momentos de dificuldade financeira.
10. Relacionar-se apenas com os amigos
Frequentar ambientes onde os ricos estão pode ser um bom caminho para se tornar um deles, como sugere Braga, do Ibmec-RJ. “Você tem que se comportar como os ricos para desenvolver networking”, aconselha.
É preciso frequentar novos ambientes para criar relacionamentos com pessoas que podem apresentar oportunidades no futuro. “Ter um círculo de amizades além dos seus amigos do peito funciona mais do que mandar currículo”, recomenda.

MORO CONDENA SÉRGIO CABRAL A 14 ANOS E DOIS MESES DE PRISÃO

O ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral foi condenado a 14 anos e dois meses de prisão pelo juiz Sergio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba, por lavagem de dinheiro e corrupção. Cabral foi condenado por recebimento de propinas das obras do Comperj, o Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro.

Também foram condenados Wilson Carlos Cordeiro da Silva Carvalho, a 10 anos e oito meses de prisão, ex-secretário de governo. Carlos Emanuel de Carvalho Miranda, apontado como emissário do ex-governador para retirada de dinheiro, casado com uma prima de Cabral, foi condeado a 12 anos de prisão.


Moro afirmou que os valores recebidos como propinas não foram ainda recuperados e que há indícios de que Cabral e Wilson Carlos esvaziaram suas contas antes da efetivação do bloqueio ordenado pela Justiça.

TASSO JEREISSATI DIZ QUE PSDB FICA NO GOVERNO MAS FARÁ AVALIAÇÕES DIÁRIAS DO CENÁRIO POLÍTICO

Jereissati acredita que houve corrupção na eleição de 2014
Mesmo com a decisão partidária de continuar na base aliada, o presidente interino do PSDB, senador Tasso Jereissati, foi claro: o partido vai fazer avaliações diárias dos cenários políticos.

Ele defendeu que os tucanos recorram do resultado do julgamento da chapa Dilma-Temer, pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Jereissati explicou que os advogados entendem que, para esse recurso, é preciso primeiro aguardar a publicação do acórdão e depois submeter a decisão à Executiva do partido.

Para o senador tucano é necessário continuar no governo Temer, sem deixar de lado as convicções. Apesar de reconhecer que essa é uma posição incoerente, Tasso Jereissati acrescentou estar convicto de que houve corrupção na eleição de 2014.

Sobre uma eventual denúncia da Procuradoria-Geral da República contra o presidente Michel Temer, Jereissati disse que o partido não fechará questão e os deputados ficarão livres para votar, já que cabe à Câmara decidir se autoriza a abertura do processo de investigação contra o presidente.


Será um voto de consciência e não partidário, conclui Jereissati.

COMISSÃO DISPENSA USO DOS FARÓIS EM RODOVIAS URBANAS DURANTE O DIA

Foto EBC

A Comissão de Viação e Transportes (CVT) da Câmara dos Deputados aprovou nesta segunda-feira (12) a proposta que exclui rodovias integradas a áreas urbanas da exigência do uso dos faróis durante o dia.
A Lei 13.290/16 alterou o Código de Trânsito Brasileiro (CTB, Lei 9.503/97) e tornou obrigatório o uso do farol em rodovias durante o dia e em túneis providos de iluminação pública.
Na proposta também está inclusa a obrigatoriedade da luz de rodagem diurna, acionada assim que o carro é ligado, nos veículos fabricados a partir do quarto ano de vigência da lei. Além da mudança na penalidade para veículos que trafegarem com os faróis desligados durante a noite, que passa de média para grave.
O texto do deputado Hugo Leal (PSB-RJ) substitui o projeto de lei 687/17, d deputado Marcelo Álvaro Antônio (PR-MG), que excluía apenas as exigências dos faróis dentro do perímetro urbano de rodovias e em rodovias duplicadas.
Outro ponto alterado por Leal foi a obrigatoriedade do uso do farol baixo em túneis, chuva, neblina e cerração. “É uma incongruência exigir o uso de faróis em rodovias, mas apenas luzes de posição sob circunstâncias mais perigosas, como no caso da chuva”, afirmou Leal. 

PIRANHAS ENFURECIDAS ATACAM BANHISTAS EM ALAGOAS

Banhistas do Rio São Francisco viveram momentos de tensão no último sábado (17) quando se banhavam em localidade conhecida como Praia de Cristo e Praia da Bomba, em Pão de Açúcar. Um cardume de piranhas atacou os banhistas causando tumulto.
Uma jovem – que não teve a identidade divulgada – precisou de socorro médico e acabou atendida na Unidade Mista Doutor Djalma Gonçalves dos Anjos. Segundo informações do portal local Notícia Quinta, o ataque de sábado foi o quinto registrado entre maio e junho deste ano.
Em 2016 cerca de 50 ocorrências de ataques de piranhas foram registrados naquela região. Moradores do entorno acreditam se tratar de um desequilíbrio na cadeia alimentar e alegam que a pesca de peixes de outras espécies tem deixado as piranhas sem alimento e os cardumes acabam se aproximando cada vez mais das margens do Rio São Francisco.
Biólogos não descartam essa hipótese e levantam também a tese da redução da vazão. Especialistas alertam também que as piranhas acabam atacando os banhistas por que esses peixes são atraídos pelo movimento. Os biólogos dizem ainda que “fatores como a introdução de espécies invasoras, desequilíbrios ecológicos e principalmente o despejo de dejetos e restos de alimentos podem atrair os cardumes para determinados locais e favorecer ocorrências desse tipo.”