segunda-feira, 12 de junho de 2017

PESQUISA DIZ: LULA TERIA 42,7% DOS VOTOS E BOLSONARO 13,4% NA BAHIA

LULA LIDERA E BOLSONARO É O SEGUNDO, QUALQUER QUE SEJA O CANDIDATO DO PSDB
Levantamento da Paraná Pesquisas na Bahia mostra o ex-presidente Lula (PT) à frente na disputa presidencial com 42,7% das intenções de voto. Em segundo, aparece o deputado federal Jair Bolsonaro (PSC) com 13,4%, seguido por Ciro Gomes (PDT) com 8,4% e Marina Silva (Rede) com 8%. O ex-presidente do Supremo Tribunal Federal Joaquim Barbosa aparece em quinto com 6,5% contra 4,3% do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB). O presidente Michel Temer (PMDB) teria 0,8% seguido do senador Ronaldo Caiado (DEM) com 0,4%. Para 11,6% dos entrevistados, nenhum dos candidatos merece ser votado e 3,9% não souberam responder.
Em um segundo cenário, com o prefeito de São Paulo, João Dória, como candidato do PSDB, Lula também tem 42,7% e aparece na liderança. Bolsonaro segue em segundo, mas com 12,8%, seguido por Ciro (8,4%), Marina (7,9%) e Barbosa (6,4%). Dória aparece em sexto com 5,1%, seguido por Temer (0,8%) e Caiado (0,5%). Nesse caso, 11,5% dos eleitores não votariam em nenhum dos candidatos listados e 3,9% não souberam responder.
Administração federal
Perguntados sobre a avaliação do governo Temer, 1% disse ser ótimo e 7,2% disseram ser bom. Para 12,7%, o governo é regular e 17,5% consideram a administração do presidente como ruim. A maioria (60%) considera o governo Temer como péssimo e apenas 1,6% não opinaram. Esse percentual se reflete na desaprovação do governo (85,1%), enquanto 12,8% aprovam a maneira do presidente de governar e 2,1% não soube responder.
A Paraná Pesquisas ouviu 1.510 eleitores em 70 municípios baianos entre os dias 31 de maio e 4 de junho, com 20% das entrevistas acompanhadas simultaneamente. O grau de confiança do levantamento é de 95% e a margem de erro é de 2,5% para mais ou menos.

REDE SUSTENTABILIDADE PEDE AO STF ANULAÇÃO DO JULGAMENTO DA CHAPA DILMA-TEMER

(Crédito: Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil/Agência Brasil)
A Rede Sustentabilidade protocolou nesta segunda-feira, 12, no Supremo Tribunal Federal (STF) uma reclamação pedindo a nulidade do julgamento do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que absolveu a chapa presidencial Dilma Rousseff–Michel Temer.
A ação solicita concessão urgente de liminar e a realização de um novo julgamento que leve em consideração as provas apresentadas pelos delatores da Odebrecht.
O partido pede também que o processo do TSE seja suspenso até que a reclamação seja julgada pelo plenário do STF.
Por 4 a 3, o TSE decidiu na sexta-feira, 9, livrar o presidente Michel Temer de ter seu mandato cassado. Na decisão foi mantida elegibilidade da ex-presidente Dilma Rousseff, que encabeçava a chapa em 2014.
Na petição, a Rede critica o resultado do julgamento e nega que a apreciação dos depoimentos dos executivos da empreiteira representaria uma ampliação indevida do objeto demandado na fase instrutória do processo.
“Cumpre destacar, ainda, que a decisão reclamada teve por efeito deixar de considerar uma série de provas que apontavam para graves irregularidades e ilícitos eleitorais, representativos de graves práticas de abuso de poder econômico e político, cujo imperioso enfrentamento é dever da Justiça Eleitoral e dos partidos políticos”, diz a petição.

WATHSZAPP DEIXARÁ DE FUNCIONAR EM DIVERSOS CELULARES NO DIA 30 DE JUNHO

O WhatsApp já havia anunciado no final de 2016 que deixaria de funcionar em alguns sistemas operacionais. No caso, o aplicativo mensageiro só vai poder ser utilizado em sistemas Android, iOS e Windows. A questão é sobre novos recursos e segurança, algo que sistemas mais antigos podem falhar — então, se você tem um smartphone atualizado, provavelmente continuará usando o WhatsApp sem problemas —, e a data marcada para o fim do WhatsApp nestes celulares é o dia 30 de junho.
"Olhando para o futuro, mirando os próximos sete anos, queremos concentrar nossos esforços nas plataformas de celular que a maioria das pessoas utilizam", comentou o WhatsApp. "Por mais que estes aparelhos celulares tenham feito uma importante parte em nossa história, eles não possuem a capacidade requerida para que possamos expandir os recursos de nosso aplicativo no futuro. Esta foi uma decisão difícil de ser feita, porém foi a decisão certa para que pudéssemos oferecer as pessoas, melhores maneiras de manter contato com família, amigos e entes queridos utilizando o WhatsApp".

Os smartphones com os seguintes sistemas operacionais não vão mais rodar o aplicativo: BlackBerry OS, BlackBerry 10, Nokia S40, Nokia Symbian S60, Android 2.1, Android 2.2, Windows Phone 7 e
iPhone 3GS/iOS 6.
Para continuar usando o WhatsApp, a empresa comenta o seguinte: "Caso você utilize um destes aparelhos, nós recomendamos que troque por um aparelho Android, Apple ou Windows Phone". 

Recapitulando, serão abandonados no dia 30 de junho:

  • BlackBerry OS e BlackBerry 10
  • Nokia S40
  • Nokia Symbian S60
  • Android 2.1 e Android 2.2
  • Windows Phone 7
  • iPhone 3GS/iOS 6

INTERNAUTAS REALIZAM VAQUINHA PARA REMOVER TATUAGEM DE ADOLESCENTE ACUSADO DE FURTO

Uma 'vaquinha' online arrecada dinheiro para realizar o procedimento de remoção da tatuagem com a frase 'Eu sou ladrão e vacilão', feita na testa de um adolescente como forma de punição por um suposto furto. O ato aconteceu e foi filmado na cidade de São Bernardo do Campo, em São Paulo e o vídeo viralizou na internet, trazendo revolta aos internautas. O tatuador e o amigo que filmou foram presos na madrugada de sábado (10) sob a acusação de tortura.

O objetivo inicial da campanha era arrecadar R$ 15 mil. No entanto, o valor foi ultrapassado ainda na tarde do último domingo (11) e já chegava a mais de R$ 18 mil pouco antes das 15h. De acordo com o coletivo Afroguerrilha, responsável por organizar a arrecadação do recurso, o dinheiro doado será utilizado para pagar a remoção da tatuagem e ajudar nos custos do processo judicial contra o homem acusado de tortura. Além disso, o valor também será usado para custear o tratamento psicológico do rapaz, que, segundo a família, é dependente químico.

O adolescente de 17 anos foi localizado por amigos no fim da tarde de sábado. Ele prestou depoimento à polícia e negou que tenha tentado roubar uma bicicleta, como alega o acusado de tatuá-lo. Segundo a família, o jovem foi medicado e está na casa da avó.





MOTOTAXISTAS REALIZAM RECADASTRAMENTO, EM GARANHUNS

Começa na próxima segunda-feira (19), através da Autarquia Municipal de Segurança, Trânsito e Transportes (AMSTT), o recadastramento dos 434 mototaxistas atuantes em Garanhuns.  O cronograma, que indica o número da permissão e a data de comparecimento está sendo entregue nos pontos de trabalho da categoria. Os profissionais devem seguir uma ordem pré-estabelecida para se apresentarem na sede da autarquia, localizada na avenida Irga, nº 100, bairro Heliópolis.
A convocação visa evitar irregularidades, denunciadas pela população. A ação também tem o objetivo de continuar mapeando os pontos de atuação dos mototaxistas, regularizando e redistribuindo, caso necessário, os já existentes. Para outras informações, o contato da AMSTT é o (87) 3762-3967. 

REUNIÃO PARA INTERESSADOS EM COMERCIALIZAR ALIMENTOS E BEBIDAS DURANTE O FIG ACONTECE NESTA SEXTA-FEIRA (16)

A Secretaria de Turismo e Cultura informou por meio de nota que os comerciantes de alimentos e bebidas cadastrados e interessados em atuar durante o 27º Festival de Inverno de Garanhuns (FIG), devem comparecer a uma reunião de esclarecimentos na próxima sexta-feira (16), no Centro Administrativo I, na Rua Joaquim Távora, Heliópolis.

Após essa reunião será iniciado o prazo para inscrição dos interessados – ou seja, da segunda-feira (19) a sexta-feira (30), na sede da Secretaria, também situada no Centro Administrativo I. Para esclarecimentos gerais, o contato da Secretaria é o (87) 3762-7077.

PADRONIZAÇÃO DO BOLSA ATLETA ACONTECE ESTA QUARTA-FEIRA (14)

Foto: Secretaria de Juventude, Esporte e Lazer
O prefeito Izaías Régis irá padronizar o Bolsa Atleta, projeto que beneficia esportistas garanhuenses. A cerimônia acontece realizada nesta quarta-feira (14), na sala do gabinete, na sede da Prefeitura no Palácio Celso Galvão. A ação foi compõe a política de incentivo aos atletas, paratletas e atletas não olímpicos do Governo Municipal de Garanhuns.

Nessa primeira etapa, doze atletas serão beneficiados: Fernando Luis Sckaff Lázaro (natação); Gleison da Silva Santos (atletismo); Daniel Henrique Alves Sabino (atletismo); Allyson Brasil Correia (natação); Marcos Antônio Pereira (atletismo); Gilmar de Oliveira Silva (atletismo); Miriam Franco da Silva (atletismo); Denivaldo Ramos Paulo (paratleta-natação); Elaine Maria de Albuquerque (luta); Vitória Rebeca Marques Araújo (judô); Jair José da Silva (atletismo) e Leon Cássio Leite da Rocha (Jiu-jitsu).

Foto: Secretaria de Juventude, Esporte e Lazer
O Bolsa Atleta Garanhuns garante um benefício financeiro de um salário mínimo mensal para o esportista com idade mínima de 15 anos, que tiver obtido a primeira, segunda ou terceira colocação nas modalidades de prática desportiva individual, em eventos nacionais, regionais ou estaduais da temporada anterior, e que atendam aos requisitos estabelecidos na lei.

Os interessados em concorrer à bolsa devem preencher aos requisitos previstos na lei e apresentar requerimento, com toda a documentação prevista na legislação, na Secretaria de Juventude, Esportes e Lazer, localizada no Parque Euclides Dourado, de segunda a sexta-feira, das 8 às 14h.

O site oficial da Prefeitura de Garanhuns, disponibiliza a Lei na íntegra, além dos modelos para preenchimento dos requerimentos 

ALCKMIN DIZ QUE COMPROMISSO DO PSDB É COM A AGENDA DE REFORMAS

Foto: Felipe Rau/Estadão
O Governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), afirmou nesta segunda-feira (12) que tem importância secundária a participação do partido nos ministério do governo Michel Temer (PMDB). A afirmação foi dada horas antes da reunião nacional do PSDB que vai definir se o partido permanece ou não na base de apoio do governo federal.

O possível desembarque é defendido por alas do partido desde a divulgação de áudios de conversas com o presidente Temer feitos pelo dono da JBS, Joesley Batista. O partido decidiu divulgar sua posição apenas após o julgamento do Tribunal Superior Eleitoral, que absolveu na semana passada a chapa formada por Dilma Rousseff (PT) e Temer nas eleições de 2014. Antes do julgamento, o tucano já havia dito que não era importante ter ministro no governo.

"A questão se vai ter ministro ou não é secundária. O importante é o compromisso com as reformas. É essa a agenda com a qual nós temos compromisso", afirmou Alckmin em evento no Trecho Norte do Rodoanel, em São Paulo.
Ele se referiu à reforma trabalhista, que segundo ele vai diminuir a informalidade, e a reforma da previdência.

O governador destacou que não há compromisso dos tucanos Temer, mas sim com as reformas que seriam importantes para a economia, segundo ele. "Temos compromisso com esta agenda. Não com o governo".

Ele disse ainda que não comentaria sua pessoal sobre a saída ou permanência no governo, e que apenas a externaria na reunião partidária.

Atualmente, o PSDB tem três ministros na gestão Temer. São eles Aloysio Nunes (Relações Exteriores), Bruno Araújo (Cidades) e Antonio Imbassahy (Secretaria de Governo).

GOVERNO DE PERNAMBUCO PROPÕE REAJUSTE PARCELADO AOS PROFESSORES, QUE AMEAÇAM GREVE.

E após o conflito que gerou acalorados debates e repercussão na imprensa local, quando professores de Garanhuns e Vereadores acusaram-se mutuamente, chegando ao ápice das acusações com forte teor preconceituoso e racista contra os parlamentares nas redes sociais, tudo em virtude da aprovação de um Decreto - que se transformou posterioremente em lei, referendada pelo MPPE - reajustando o piso da categoria exigido por lei nacional, mas, de acordo com os profissionais da educação, reduzindo  horas/aula de alguns professores, agora o debate é entre os professores da rede estadual e o Governo Paulo Câmara.

O SINTEPE, Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado de Pernambuco – emitiu uma nota na qual esclarece sua posição após proposta salarial do Governo do estado para aquela categoria. Leia a íntegra da nota abaixo:

Em assembleia realizada no último dia 8 de junho, para tratar de questões relativas à Pauta da Campanha Salarial Educacional 2017, os/as Trabalhadores/as em Educação da Rede Estadual decidiram rejeitar a proposta apresentada pelo Governo de Pernambuco de parcelamento no reajuste do Piso Salarial dos/as Professores/as.
A Lei do Piso determina, para este ano, a implementação de 7,64% de correção salarial, desde 1º de janeiro. Até agora, o Governo não cumpriu a lei e ainda propôs dividir o reajuste em duas parcelas: 3,63% para outubro e 3,87% para fevereiro de 2018, sem retroativo.
Os/as Funcionários/as do segmento Administrativo e Analistas em Gestão Educacional, não foram contemplados/as e ainda, neste caso, a proposta governamental é iniciar uma discussão sobre o reajuste somente no “próximo” mês de setembro. O Governo, mais uma vez, tentando dividir a categoria, apresentou proposta diferenciada para aqueles/as que desde janeiro/2017 estão abaixo do piso: em junho, 7,64% com direito a retroativo.
A nossa categoria EXIGE respeito e EXIGE o cumprimento da Lei do Piso, bem como, a repercussão do reajuste por dentro do Plano de Cargos e Carreira. Não existe carreira sem piso e não tem sentido piso sem carreira. Exigimos, também, negociação imediata das questões salariais relativas aos/às Funcionários e a Analistas em Gestão Educacionais.
Por deliberação da nossa Assembleia Geral estamos em ESTADO DE GREVE e com nova Assembleia marcada para o próximo dia 27 de junho, às 14h, em local a definir. Em 30 de junho, participaremos da Greve Geral contra as reformas propostas pelo Governo ilegítimo de Michel Temer.


Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado de Pernambuco – SINTEPE