sexta-feira, 9 de junho de 2017

COM VOTO DE GILMAR MENDES CHAPA DILMA-TEMER É INOCENTADA PELO TSE

Em voto de minerva, o Ministro Gilmar Mendes absolveu a chapa Dilma-Temer.

O Presidente do Tribunal Superior Eleitoral Gilmar Mendes votou com os ministros Napoleão Nunes, Admar Gonzaga e Tarcísio Vieira pela não cassação. Ele argumentou que a Constituição precisa ser respeitada e que "não se substitui um presidente a qualquer hora".

Votaram a favor da cassação da chapa os Ministros Rosa Weber, Luiz Fux e Herman Benjamin.

Com o resultado, tanto o atual Presidente quanto a petista se livram das acusações de utilização de Caixa 2 na sua Campanha presidencial em 2014.

A essa altura do campeonato, perder a Presidência é tudo o que Temer não admitia nem calcular o risco. 
Se Corte concluísse que a chapa Dilma-Temer recebeu dinheiro ilegal, o peemedebista prometia 'recursos e mais recursos no TSE e no STF.'


Certamente a troca de ministros no meio de 2017 ajudou o atual presidente nessa 'peleja'.

EX SENADORA MARINA SILVA RECEBE ALTA DE HOSPITAL



A ex-senadora e ex-ministra do Meio Ambiente Marina Silva (Rede Sustentabilidade-AC) recebeu alta nesta sexta-feira, 9, do Hospital de Brasília, onde estava internada desde sábado, 3, por causa de fortes dores abdominais. O quadro clínico de Marina manteve-se estável no período e ela apresentou melhoras diárias, afirmou a assessoria da ex-ministra, nas redes sociais.
Ela era acompanhada pelo médico endocrinologista Luis Augusto Bianchi, que também é clínico-geral.
Entretanto, os resultados dos exames laboratoriais e de imagem ainda são aguardados para a definição do diagnóstico. Por isso, nos próximos dias, a ex-senadora da Rede Sustentabilidade do Acre e ex-ministra do Meio Ambiente continuará em repouso e afastada das atividades públicas.

PROJETO APOIADO PELO FUNCULTURA PRETENDE CRIAR ESPAÇO CULTURAL EM SÃO BENTO DO UNA


Com o objetivo de restaurar e adaptar o prédio da antiga Cooperativa dos Produtores Rurais de São Bento do Una, de propriedade do Estado de Pernambuco, o Instituto Lívio Valença – ILV criou o projeto Renascendo das Cinzas que vai criar o Espaço Cultural Escritor Gilvan Lemos, de acordo com a Lei nº 14.816, de 31 de outubro de 2012, para atender à grande demanda cultural do município de São Bento do Una.

O Espaço Cultural Escritor Gilvan Lemos será um grande complexo cultural, autossustentável e multiuso e funcionará, em sua área total de quase dois hectares, com: um Museu, uma Pinacoteca, uma Oficina de Artes e Contação de Histórias, uma Biblioteca Infantil, uma Biblioteca para Adultos (as bibliotecas de Lívio Valença e de Gilvan Lemos), uma Oficina de Artesanato, um Salão para Jogos (pingue-pongue, xadrez, Judô, karatê e Capoeira), um Salão para Exposição de Pinturas, Fotografias e Lançamento de Livros, um Espaço para a realização de Feiras de Livros e de Artesanato, um Café Cultural, uma Sementeira, um Estacionamento, um Teatro e um Parque, disponibilizando, assim, um espaço para a fruição das diversas linguagens culturais da região e de outras localidades.
O imóvel possui quase 80 anos e teve seu valor cultural reconhecido pela Diretoria de Preservação Cultural da FUNDARPE, uma vez que sua história se confunde com a história da economia do município de São Bento do Una e, porque não dizer, do próprio Estado, por ter sido de 1940 até 1995, a Cooperativa dos Produtores da Agropecuária e da Avicultura, respectivamente, haja vista São Bento do Una ser uma importante bacia leiteira no Estado de Pernambuco e o berço da avicultura do Nordeste.

Entretanto, o prédio está absolutamente depredado em virtude de ter sofrido dois incêndios, uma invasão e diversos saques de vândalos, necessitando de uma recuperação que dê ao mesmo uma função voltada à cultura e suprindo a enorme carência de espaços dessa natureza, no interior de Pernambuco.


Diante do imenso volume de verba necessário para realizar toda a recuperação da área, o projeto “Renascendo das Cinzas”, criado pela Presidente do Instituto Lívia Valença – ILV, Lívia Valença, foi subdividido em oito etapas e, desde 2015, o FUNCULTURA - FUNDO DE INCENTIVO À CULTURA - FUNDARPE busca renascer das cinzas um local de relevante valor histórico para a cidade e para o Estado de Pernambuco.
Transformar, ou melhor, readequar esse espaço irá valorizar a cultura local, promoverá uma qualificação de mão-de-obra voltada para o fazer cultural, trará entretenimento para a população e ajudará a fixar o homem no seu lugar de origem, preservando a memória do município.

Em suma, o INSTITUTO LÍVIO VALENÇA / ESPAÇO CULTURAL ESCRITOR GILVAN LEMOS beneficiará toda a população de São Bento do Una, além da população dos municípios vizinhos, gerando empregos diretos e indiretos e preservando uma edificação que representou um marco divisório na economia, na vida social, na história e na identidade do município.

CURSO PARA CRIANÇAS E ADOLESCENTES – Em uma das etapas do Projeto Renascendo das Cinzas, foi criado um curso de educação patrimonial para jovens estudantes da rede pública estadual e para crianças do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos da Secretaria de Assistência Social da Prefeitura de São Bento do Una. Nesse curso as crianças aprenderam como cuidar dos patrimônios históricos, sobre a história dos bens culturais, sobre como a Cooperativa dos Produtores Rurais irá se tornar o maior polo cultural do interior de Pernambuco e como isso trará benefícios para jovens como eles. O curso foi ministrado pela Presidente do Instituto Lívio Valença, Lívia Valença e pela produtora cultural, Dora Dimenstein.


Outras Informações: Daniel Melo – Imprensa – (81) 9 9521-5731 / 9 8207-9560; 
Lívia Valença – Presidente do Instituto Lívio Valença – (81) 9 9193-9995.
Imagens:  Daniel Melo

MEC LIBERA R$ 30 MILHÕES PARA ESCOLAS DE PERNAMBUCO ATINGIDAS PELAS ENCHENTES

Foto: Ministério da Educação
O ministro de Educação, Mendonça Filho, anunciou nesta sexta-feira (9), em Palmares, na zona da mata sul de Pernambuco, a liberação de R$ 30 milhões destinados a recuperar a estrutura física de escolas e creches e para aquisição de equipamentos.


A verba será liberada pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) mediante apresentação de plano de trabalho a ser apresentado pelos municípios com a situação de cada escola e com as respectivas intervenções necessidades. O FNDE está mobilizando técnicos em Palmares, na zona da mata sul, e também em Caruaru, no agreste, para oferecer assistência a todos os municípios afetados na elaboração desses planos de trabalho.

DEPUTADA VISITA ÁREAS CRÍTICAS

Em entrevista ao FALANDO COM O AGRESTE nessa sexta (09), a Deputada Estadual Priscila Krause (DEM),  que acompanhou o Ministro da Educação em Catende e Palmares, detalhou as ações anunciadas e também falou da sua solicitação ao Governo do Estado para que os investimentos do FEM que não foram utilizados e nem justificados por alguns municípios fossem  redirecionados para minimizar os problemas nessas cidades em calamidade.

POR FALTA DE PRÓTESES, CIRURGIAS SÃO SUSPENSAS NO AGRESTE

Foto: G1
Desde a última terça-feira (6), o Hospital Regional do Agreste, em Caruaru, suspendeu todas as cirurgias ortopédicas eletivas por falta de próteses.  De acordo com Carlos Roberto Pereira, do Conselho Gestor da unidade de saúde, a suspensão ocorreu porque o Governo do Estado não pagou a empresa responsável pelo fornecimento das próteses.

Em entrevista, a direção do HRA esclareceu que já está dialogando com a empresa em questão para regularização dos débitos. A gestão do hospital ainda informou que as cirurgias de urgência estão ocorrendo normalmente na unidade.

Segundo o Conselho Gestor do HRA, a empresa que fornece as próteses só deve voltar a distribuir o material quando toda a dívida for quitada.

CHAPA DILMA-TEMER É CONDENADA POR HERMAN BENJAMIN

O relator do processo da chapa Dilma-Temer no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Herman Benjamin, condenou a dupla vitoriosa na eleição presidencial de 2014 por abuso de poder político e econômico e usou sete fatos para justificar seu voto, três deles ligados ao esquema de financiamento ilícito da campanha de 2014 referentes à Odebrecht e aos depoimentos dos marqueteiros João Santana e Mônica Moura.

Na sessão que aconteceu na manhã desta sexta-feira (09), o relator citou três casos relacionados à empreiteira para justificar a condenação: o pagamento de serviços de campanha via caixa dois; a compra do tempo de rádio e TV de partidos que integravam a coligação; e o pagamento do casal de marqueteiros "por fora" com recursos da empresa.

Foram as provas referentes à Odebrecht e a João Santana e Mônica Moura que, por quatro votos a três, os ministros do TSE decidiram na véspera excluir dos autos sob a alegação de que não constava da petição inicial do processo movido em dezembro de 2014 pelo PSDB.

A decisão foi comemorada pelos advogados tanto do presidente Michel Temer quanto da ex-presidente Dilma Rousseff por considerarem que, sem elas, a acusação fica extremamente enfraquecida abrindo caminho para absolvição de ambos. Temer, da cassação do mandato, e Dilma, de ser proibida a concorrer a cargos eletivos.


Ainda assim, o relator do processo ignorou a decisão dos colegas e fez a leitura de um extenso voto em que descreveu pormenorizadamente a ação da empreiteira na campanha. Nesta sexta-feira, ele sintetizou a atuação de Marcelo Odebrecht na disputa, com a empresa disponibilizando 150 milhões de reais para a chapa vitoriosa em 2014.

HÁ UMA SEMANA A MORTE CALOU A VOZ DO "REPITA" DA RÁDIO JOVEM PAN: SAUDADES DO FRANCO NETO.

Neste sábado, dia 10 de Junho, completam-se 8 dias do desaparecimento de uma das vozes mais respeitadas e marcantes do Rádio brasileiro. Morreu na manhã do último sábado (03) o locutor e apresentador Franco Neto, nome artístico de Omar Borges Franco, voz marcante da Rádio Jovem Pan. Segundo o site da emissora, ele estava intenado no hospital Hotal Core devido a uma crise de insuficiência cardiorrespiratória. Ele tinha 79 anos. O velório aconteceu no cemitério do Araçá, as 13 horas daquele sábado até as 09h do domingo. O enterro foi realizado na cidade de Campinas.
Franco trabalhou nas rádios Tupi e Bandeirantes e nas tvs  Record, Bandeirantes e Gazeta. Na TV Bandeirantes, ele foi um dos primeiros profissionais a aparecer no vídeo, ao lado da atriz Débora Duarte, ainda na fase experimental da emissora: “Nós entrávamos no ar e pedíamos que os telespectadores ligassem ou escrevessem para comunicar como estavam recebendo a imagem e o som da emissora. Quando a TV Bandeirantes entrou definitivamente no ar, em 1967, comecei a apresentar o telejornal, trabalho realizado de 1967 a 1970. Fui o primeiro apresentador da emissora”, contou ele em entrevista ao livro “Jovem Pan, 50 anos”, de Alvaro Alves de Faria.
Na Jovem Pan, ele entrou em 1973 para fazer o Jornal da Manhã. No livro “Jovem Pan, a Voz do Rádio”, também de Alvaro Alves de Faria, o locutor como foi a conversa com o então diretor de jornalismo Fernando Vieira de Melo que resultou no posterior convite:  “Você é capaz de fazer o Jornal da Manhã, perguntou Fernando. “Sou, desde que eu mude meu horário de dormir e passe a dormir à noite”, respondeu Franco. “Tá bom, então começa amanhã”, disse o diretor.
Uma vez na Jovem Pan, Franco passou a fazer outros trabalhos. Um deles foi a leitura da crônica de Nelson Rodrigues. O texto era lido pelo próprio escritor, mas ele ficou impossibilitado de cumprir essa tarefa devido a um AVC. Fernando Vieira de Melo consultou Franco que respondeu: “Desde que você me deixe gravar umas quatro ou cinco vezes, eu respondo”. O locutor fez quatro tentativas. Na quarta, notou que o trabalho tinha ficado bom.  Fernando quis saber como tinha ficado o resultado. “Tá bom, quer ouvir?”, perguntou Franco. “Não, manda pôr para o ar”, respondeu o diretor. E assim, o quadro “A Vida Como Ela É” teve sua sequência garantida no “Show da Manhã”.
Na entrevista concedida para o livro, Franco falou sobre as diferenças de um texto bom e de um texto ruim para o rádio: “O texto bom é aquele que dá para o locutor tomar partido, interpretar, provocar inflexões. Texto ruim é aquele que você tem dificuldade para ler. Eu acho que todo redator tinha que ser locutor, na verdade, para fazer um texto realmente legal. O (Alexandre) Kadunc escrevia um noticiário para mim. Ele dizia ‘O Franco faz a pontuação!’ Eu fazia a minha pontuação e o produto final era muito bom”
No final do anos 1980, Franco trabalhou em um de seus programas preferidos na Pan: o Emoções. ‘É a minha menina dos olhos, sem, evidentemente, esquecer os demais trabalhos que realizo na emissora. Eu me identifico com o texto e com o tipo de música que o ‘Emoções’ apresenta. O clima romântico me favorece muito porque eu gosto de romantismo exatamente em que romantismo é quase um pecado imperdoável”, disse. Os textos deste programa eram escritos por Alvaro Alves de Faria.
Nos últimos anos, Franco Neto estava apresentando a edição noturna do Pan News, a partir das 21h. Não foi uma tarefa fácil para seus companheiros de Jovem Pan dar uma notícia tão triste. Oliveira Junior conseguiu terminar a nota de falecimento, mas não segurou a emoção. 
Ouça abaixo.

VERSÃO PORNÔ DÁ MÚSICA ASA BRANCA, IRRITA FAMÍLIA DE GONZAGÃO QUE VAI PROCESSAR FUNKEIRO

O Mestre e o funkeiro  MC Yuri

Por Jornalista Marcos Antônio

Não bastasse as nossas emissoras de rádios e televisão estarem inundadas de tanta coisa ruim no segmento musical, eis que chega agora o pior pesadelo. Um funkeiro de quinta categoria chamado de MC Yuri com ticaca na cabeça inventa uma versão sexualizada de um dos maiores clássicos da música brasileira, “ Asa Branca”, imortalizada na voz de um dos maiores artistas de todos os tempos da música brasileira, Luiz Gonzaga.A obra de Luiz Gonzaga e Humberto Teixeira que no mês de março completou 70 anos que foi criada, virou versão na voz de mais de 40 consagrados nomes pelo mundo afora.Cito rapidamente aqui artistas no nível de Baden Powell á Caetano Veloso, passando pelo fundador do Talkind  Heads, o escocês David Byrne; indo até Demis Roussos, Geraldo Vandré, Dominguinhos,Lulu Santos, Maria Betânia,Raul Seixas e por aí vai...

Interpretações magníficas para quem era magnífico e ajudaram a divulgar o artista no exterior levando a cultura nordestina nos quatro cantos mundo afora. Uma letra de uma música que tem todo um simbolismo de um povo batalhador e sofredor não por opção, mas sim por imposição de uma geografia climática que não ajuda, porém ao mesmo tempo mostra um povo forte,valente e com esperança nas situações adversas e acima de tudo um povo com muita fé.

E, é nessa descrição realista do Nordeste que á música “ Asa Branca” , foi construída e se tornaria hino da região Nordeste na bela canção “Nordeste Independente”, que tem interpretação de Elba Ramalho.
Voltando para o assunto que está dando o que falar nos sites, jornais e redes sociais, me chega esse “ abestado”, sem nenhum pedigree como músico e faz uma versão horrível a seu bel prazer, dá canção “ Asa Branca”, descaracterizando e sexualizando ainda mais um mercado carente e emporcalhado de tantas coisas ruins como se penicos fossem os nossos ouvidos.

DISTORÇÃO MUSICAL

Como considerar como música os seguintes versos do tal funkeiro MC Yuri que diz: “ Tu vai sentar, tu vai quicar por cima do meu piru/ MC Yuri, manda prá tu/ Vem novinha, senta, quica, arrasta com a x****no meu piru”.

Nessa versão pornográfica da clássica Asa Branca é utilizada a melodia da canção em um remix com elementos de funk, que quando bem executado tem um som bom e bem absorvido pelos ouvidos de quem  tem um pouco de compreensão por boa música, o que não é o caso desses funks tupiniquins chamados de funk pornografia ou ostentação, surgidos nas periferias de São Paulo e que ocorrem  também no morros cariocas. O  bom funk surgido nos anos 60 nos EUA, por sua vez, juntava diversos sons como o Soul, Blues e Jazz, e que teve como um dos seus grandes divulgadores nada mais, nada menos que o genial James Brown.

FAMÍLIA GONZAGA NA JUSTIÇA

A família de Luiz Gonzaga já se prepara para acionar na justiça o tal Mestre de Cerimônias, MC  Yuri, por conta desta  música ( se é que pode-se chamar algo tão grotesco de música), intitulada, “ Festa junina da Putaria”. Como a repercussão não foi boa para eles, o Lyric vídeo foi retirado do canal Detona Funk no Youtube, mas permanece disponível em outras contas.
Segundo a filha de Luiz Gonzaga, Rosinha Gonzaga, isso é um desrespeito a obra do seu pai. A editora Moleque responsável por administrar os direitos autorais e uso da imagem do músico pernambucano, está estudando junto a advogados a maneira como pretende mover a justiça para punir o funkeiro.

JUSTIFICATIVA DO EMPRESÁRIO SEM NOME

Em contrapartida, o empresário do aspirante a artista, que não teve coragem de divulgar seu nome, disse que não tinha o intuito de ofender  o público pernambucano e sim, foi criada para ser uma forma irreverente de fazer uma música e as críticas vieram só dos pernambucanos, porque o resto do público do MC Yuri havia gostado. 
O empresário sem nome, ainda teve a cara de pau de falar que ele, o tal MC Yuri, não era um cantor Gospel e que o gênero dele tinha que haver sensualidade nas letras das músicas. 

Encerro dizendo que respeito e até gosto de alguns funkeiros como já foi citado aqui.O maior de todos, James Brow; o funk romântico de Claudinho e Buchecha, o funk Rap de protesto que vem das periferias como Racionais Mcs, Emicida e outros.Agora esse funk do tal MC Yuri é deplorável e, em vez de designar FUNK como a própria origem da palavra em inglês ter sinônimo de um estado ou sentimento de grande medo ou terror, esse funk esculhambado do MC Yuri, tá mais para outra tradução para  a palavra  FUNK, que significa um cheiro mau que é muito forte.

CÂMARA DOS DEPUTADOS PEDE PARA PF INVESTIGAR APRESENTADOR DANILO GENTILI

Apresentador Danilo Gentil e a Deputada Maria do Rosário
A Procuradoria da Câmara dos Deputados pediu para que sejam investigados os eventuais crimes cometidos pelo apresentador e humorista Danilo Gentili no vídeo em que rasga e esfrega nas partes íntimas uma notificação enviada pela deputada Maria do Rosário (PT-RS).
O ofício, assinado pelo procurador parlamentar, Carlos Marun (PMDB-MS) e pela própria Maria do Rosário, tem como destinatáario o diretor-geral da PF (Polícia Federal), Leandro Daiello Coimbra.
Na solicitação, Marun afirma que a manifestação de Gentili “extrapola do seu legitimo direito constitucional de manifestação ao agredir, com atos e palavras, a imagem da congressista em tela”. O deputado diz ainda que a atitude do humorista agride a Câmara dos Deputados e todos os parlamentares da Casa.
No documento enviado a Daiello, Marun destaca ainda que, em uma análise preliminar do vídeo, observa-se a prática de crimes contra a honra (injúria e difamação), crime de ultraje público ao pudor (ato obsceno) e crime contra a administração pública (desacato).
Relembre o caso
Em vídeo postado em suas redes sociais na semana passada, Gentili ironiza um documento enviado pela deputada Maria do Rosário com diversos tweets em que ele agredia a deputada. Ao receber a notificação, o humorista rasga o papel e coloca os pedaços dentro da cueca, esfregando em suas partes íntimas.
— O que será que eu fiz que ela não gostou? Não faço ideia, não vai dar pra ele porque rasguei! Meu Deus, rasguei de novo. Infelizmente não consegui ler porque aconteceu esse acidente.
Depois disso, o apresentador foi até uma agência dos Correios para devolver a carta e afirma que é ele quem paga o salário dos parlamentares.
— Para Maria do Rosário e para qualquer outro deputado de qualquer outro partido, eu pago seu salário, então eu decido se você cala ou não a boca, nunca ao contrário. Sendo assim, Maria do Rosário, chegando minha cartinha, abre ela, tira o conteúdo e sinta aquele cheirinho.
Tribuna Hoje

INSCRIÇÕES NO PROUNI DO SEGUNDO SEMESTRE DE 2017 TERMINA HOJE


Inscrição do Prouni do 2° semestre termina hoje
As inscrições para a edição do segundo semestre de 2017 do Programa Universidade para Todos (Prouni) terminam nesta sexta-feira (9) no site http://siteprouni.mec.gov.br. Para se inscrever é necessário ter o número de inscrição no Enem e senha.
São oferecidas 147.492 bolsas, sendo 67.603 integrais e 79.889 parciais em instituições particulares de ensino superior. A seleção é feita a partir do desempenho no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), levando em conta critérios socioeconômicos da família do estudante.
No ano passado, na edição do meio do ano, foram oferecidas oferecidas 125.442 bolsas, sendo 57.092 integrais e 68.350 parciais ofertadas em 22.967 cursos de 901 instituições de ensino superior.
Para disputar uma bolsa parcial ou integral é necessário ter média de 450 pontos de nota mínima no Enem, ter sido aluno de escola pública ou bolsista na particular, e obedecer a alguns critérios socioeconômicos.
A bolsa integral é destinada aos estudantes que possuem renda familiar, por pessoa, de até um salário mínimo e meio. Já o teto da bolsa parcial, de 50% do valor da mensalidade, é de até três salários mínimos.
Calendário do Prouni 2017.2
Veja abaixo das datas:
  • Inscrições: 6 a 9 de junho
  • Resultado da primeira chamada: 12 de junho
  • Comprovação de informações: 12 a 19 de junho
  • Resultado da segunda chamada: 26 de junho
  • Comprovação de informações: 26 a 30 de junho
  • Prazo para manifestar interesse em participar da lista de espera: 7 a 10 de julho