sábado, 3 de junho de 2017

RÉ NA LAVA JATO, SENADORA GLEISI HOFFMANN É ELEITA PRESIDENTE DO PT

Foto: UOL
A senadora paranaense Gleisi Hoffmann, que responde a processo da Operação Lava Jato, foi eleita neste sábado (3) em Brasília como a nova presidente do PT, com 367 votos. Ela substitui Rui Falcão, que ficou seis anos no cargo, e será a primeira mulher a comandar o partido. Gleisi assume o comando do PT pelos próximos dois anos após um período em que, em pouco mais de três anos, o partido venceu sua quarta eleição presidencial consecutiva, foi alvo de um impeachment que tirou Dilma Rousseff do poder e viu algumas de suas principais lideranças presas ou investigadas na Lava Jato. Em discurso após o anúncio de sua vitória, Gleisi relembrou outros presidentes do PT, entre eles José Dirceu. Quando o nome dele foi mencionado, militantes gritaram "Dirceu, guerreiro do povo brasileiro". "Tenho uma grande responsabilidade por ser a primeira mulher a presidir o PT", afirmou Gleisi.

Em entrevista coletiva após ser eleita, a senadora disse o PT saiu "unificado" do congresso. Segundo a senadora, não há como o fato de ser ré na Lava Jato "atrapalhar mais" o partido. "Como que isso vai atrapalhar mais? O PT foi desconstruído nesse processo. O processo legal não foi respeitado na maioria dos casos. E o partido está aí", disse. "Quem tem ligação com o povo, tem história, não pode ser facilmente desconstruído."  Ao defender sua candidatura, a senadora disse que o partido não vai ficar "enumerando" seus erros para que sejam explorados pela "burguesia". "Nós fazemos o resgate dos nossos erros na prática", afirmou. Ela afirmou que faltou ao PT uma "entrada maior" nos movimentos sociais, principalmente nos da juventude. Mesmo assim, segundo a senadora, "não teve, em 500 anos de história do nosso país, governos melhores que os do PT".

Em entrevista Rui Falcão - que dará lugar a Gleisi na presidência do partido - disse que o PT "está vindo de um processo de recuperação". Desde a queda de Dilma, Gleisi e outros nomes de peso do PT têm sido favoráveis a realização de eleições diretas para presidente. Seja em um pleito antecipado --o que exigiria a aprovação de uma emenda constitucional ou em 2018, quando o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deverá ser o candidato do partido.


Filiada à legenda desde 1989, Gleisi também foi ministra da Casa Civil entre 2011 e 2014, no governo de Dilma Rousseff. A senadora disputava a presidência do PT com um colega de bancada, Lindbergh Farias (PT-RJ), que teve 226 votos, e com o pernambucano José de Oliveira.

URGENTE: AGORA HÁ POUCO VAN ATROPELOU PEDESTRES EM LONDRES E INGLATERRA DESCONFIA DE NOVO ATAQUE TERRORISTA


Um atropelamento de pedestres há pouco em uma ponte sobre o Rio Tâmisa, em Londres coloca autoridades em sobreaviso, com a possibilidade de mais um ataque terrorista.

No dia 22 de Março último, um atentado, que a polícia britânica não conseguiu classificar exatamente como um atentado terrorista levou pânico e caos ao centro de Londres. Na ocasião, um homem espalhou o terror nos arredores do Parlamento Britânico, primeiro atropelando vários pedestres e logo depois atacando com uma faca agentes das forças de segurança que vigiavam o acesso ao centro da democracia britânica. O homem foi morto a tiros, mas o ataque causou mais três mortes  e deixou ao menos outras 40 pessoas feridas  nas imediações de Westminster.

As notícias de hoje, ainda desencontradas, informam sobre um veículo Van, na cor branca que era conduzida em alta velocidade na London Bridge, uma ponte no centro da Cidade, na parte sul do Rio Tâmisa. Essas primeiras informações dão contas de correrias e cita-se também cerca de 5 ou 6 pessoas feridas.


Outras informações serão fornecidas posteriormente. (Fotos reproduzidas da Globo News)

REBELIÃO EM CAMPINA GRANDE DEIXA SALDO DE 7 ADOLESCENTES MORTOS E 27 FUGITIVOS

Pelo menos 27 internos do Centro Socioeducativo Lar do Garoto, em Lagoa Seca, no Agreste paraibano, fugiram após rebelião, confirmou a direção da unidade neste sábado (3). Pelo menos sete internos morreram e dois ficaram feridos após um tumulto na madrugada.

Segundo a polícia, a fuga em massa aconteceu por volta das 2h30. Em seguida, grupos rivais iniciaram uma briga dentro da unidade. Os internos atearam fogo em colchões e móveis.

A direção do Lar do Garoto informou que os internos que morreram foram carbonizados ou esquartejados. Os feridos foram levados para o Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande.


A Polícia Militar informou ainda que segue fazendo varredura nas alas. A dimensão da destruição da estrutura do centro socioeducativo ainda vai ser avaliada.

Segundo a Comissão de Direitos Criminais da Ordem dos Advogados do Brasil - Seccional Paraíba (OAB-PB), a unidade tem capacidade para 40 internos, mas hoje abriga 218.

Com informações do G1

DORFLEX E MAIS 10 REMÉDIOS QUE VOCÊ DEVE TER CUIDADO AO TOMAR

Depois de tomar algumas cervejas com os amigos você acorda, no dia seguinte, com dor de cabeça. Ou sente o estômago queimar porque comeu fritura e corre para o antiácido. Sentiu o nariz trancar? Dá-lhe, descongestionante nasal. Sentiu uma pontada no ouvido? Corre tomar um anti-inflamatório.
A automedicação é hábito de 72% dos brasileiros, segundo pesquisa do Instituto de Ciência, Tecnologia e Qualidade (ICTQ). Os remédios mais comuns para dores rotineiras são considerados inofensivos, mas também trazem riscos à saúde e acabam se tornando inimigos silenciosos.
Apesar da automedicação não ser recomendada dificilmente alguém correrá ao pronto-socorro por conta de uma dor de cabeça. É por conta desses probleminhas esporádicos que toda casa tem sua pequena farmácia particular, geralmente formada por analgésicos, anti-inflamatórios e antialérgicos.
Deixar de ler a bula, porém, é o caminho mais fácil para por a saúde em risco. Alguns componentes, quando combinados a outros remédios tomados com frequência, são potencialmente nocivos, enquanto outros podem minar a saúde a longo prazo.
Confira os efeitos colaterais de alguns dos remédios mais comuns consumidos pelos brasileiros:
Aspirina
Pacientes idosos, hipertensos, diabéticos ou com doença renal devem tomar o medicamento com cautela. Isso porque seu uso prolongado pode trazer sangramentos gástricos e intestinais (especialmente quando combinado a um anti-inflamatório), problemas renais e de pressão por conta do seu princípio ativo, o ácido acetilsalicílico.
Em diabéticos, por exemplo, o uso indiscriminado pode provocar hipoglicemia. Altas doses também podem provocar choque cardiovascular e insuficiência respiratória, pois aumentam o risco de excesso de acidez no sangue e baixa de glicose. Acidentes vasculares cerebrais são mais frequentes para quem ingere o medicamento.
Tylenol
Remédios que levam paracetamol como princípio ativo podem causar danos ao fígado, pois quando metabolizado ele se transforma em uma substância tóxica, e doses a partir de quatro gramas por dia podem sobrecarregar o órgão e impedir que essa substância seja eliminada.
Como vários outros medicamentos possuem o mesmo princípio ativo, a superdosagem pode acontecer sem que o paciente perceba e provocar desde lesões irreversíveis até falência do fígado.
Vitaminas
Nem as inofensivas vitaminas, que supostamente devem fortalecer o corpo, escapam dos riscos à saúde. Quando o paciente ingere uma quantidade muito grande do medicamento o corpo tem dificuldades para elimina-lo e sofre de hipervitaminose, o acúmulo de vitaminas no corpo. As consequências vão desde irritabilidade, fraqueza e vômitos até osteoporose, arritmia cardíaca, perda de cabelo e danos ao fígado. Pacientes com problemas no rim são os que correm maior risco.
Eno
Composto por bicarbonato de sódio, carbonato de sódio e ácido nítrico, seu uso indiscriminado pode provocar edemas e modificar o pH do estômago, sobrecarregando rins e pulmões. Quem sofre de gastrite, pressão alta e problemas no coração tem predisposição a sofrer esses efeitos colaterais.
Antiácidos também ajudam a reduzir a absorção de nutrientes e diminuir as defesas naturais do estômago, aumentando os riscos de contaminação e infecção.
Neosaldina
Algumas pessoas sofrem de alergia à dipirona, princípio ativo da Neosaldina, e não sabem. Os sintomas vão desde coceira pelo corpo e dificuldade para respirar até choque anafilático (que pode ocorrer mesmo em quem já está acostumado com o medicamento) e Síndrome de Steven Johson, na qual o corpo apresenta queimaduras e bolhas.
Outros efeitos colaterais provocados pela dipirona acontecem na pressão arterial, que fica mais baixa e provoca sensação de moleza quando usada com frequência, e no sangue, onde ocorre diminuição da quantidade de células.
Dorflex
Também composto por dipirona e com os mesmos efeitos colaterais e riscos da Neosaldina, outro problema ligado ao Dorflex é o risco de superdosagem de orfenadrina (também principio ativo do medicamento, junto com cafeína). Doses altas são tóxicas e podem provocar alteração no batimento cardíaco, boca seca, tremores, delírios e até levar à morte.
Neosoro
O descongestionante nasal, composto por cloridrato de nafazolina, faz com que o organismo se acostume com as doses frequentes e não apresenta mais efeito caso o paciente não aumente as doses. A dependência desse medicamento é comum e pode provocar rinite medicamentosa, aumentar a pressão sanguínea e irritações passageiras. Pacientes diabéticos podem constatar também aumento da taxa de glicemia.
Torsilax
Na composição, além de paracetamol, o Torsilax leva diclofenaco sódico, carisoprodol e cafeína. De forma geral, anti-inflamatórios podem provocar danos às mucosas do trato digestivo e, como consequência, acarretar em vômitos, diarreia, sangramentos e úlceras.
Diuréticos
A desidratação e perda de potássio estão diretamente ligados ao uso frequente de diuréticos, usados por quem apresenta retenção de líquido ou até para perder peso. A hipotensão arterial, desconforto epigástrico e fotossensibilidade são sintomas do uso exagerado, que pode levar também ao transtorno de anorexia.
Antialérgicos
De forma geral, o risco está na combinação com remédios para gripe ou dores em geral, algo que é comum quando médicos prescrevem esse tipo de medicamento. A longo prazo eles podem provocar alteração na pressão arterial e úlceras no estômago.
Omeprazol
O medicamento leva o nome do princípio ativo que o compõe e que é usado para combater dor de estômago. Seu uso frequente provoca efeito-rebote e gera excesso de produção de suco gástrico, o que provoca lesões nas mucosas, além de aumentar o risco de infecções e dificultar a absorção de nutrientes.
TNH1

PSB X PTB : SEPARADOS PELA IDEOLOGIA. UNIDOS PELA TRAGÉDIA.

As vezes as tragédias unem mais as pessoas que as ideologias. Pelo menos, em relação ao que vem acontecendo nos municípios pernambucanos em razão das fortes chuvas que alagaram ruas e casas, levando destruição e morte a Zona da Mata Sul e parte do Agreste pernambucano, essa máxima está valendo.

Nesse final de semana, o senador Armando Monteiro Neto (PTB) e o governador Paulo Câmara (PSB), que foram adversários nas eleições para o governo em 2014, se encontraram no Palácio do Campo das Princesas para discutir ações efetivas de combate aos males provenientes das enchentes que levaram penúria e morte às citadas regiões.
A pauta é positiva: União de forças suprapartidárias para conquista de mais verbas federais que possam minimizar os efeitos da tragédia.


O Deputado federal Silvio Costa (PT do B), um dos mais ferrenhos opositores de Câmara bem como os estaduais Priscila Krause (DEM), Silvio Costa Filho (PRB)  e Álvaro Porto (PSD), também fizeram parte da comitiva que esteve no palácio. 

Sobre a agenda no Palácio, Priscila Krause escreveu  em suas redes sociais: "Considero o diálogo oposição/governo fundamental e, nesses casos, são secundárias as diferenças políticas. Apresentei proposta de utilizar os recursos inutilizados ou desperdiçados do FEM (Fundo Estadual) para socorrer municípios inscritos em lista de calamidade ou emergência. O projeto de lei que permitirá essa saída será protocolado por mim segunda-feira na Assembleia."

SÃO BENTO DO UNA SE UNE EM SOLIDARIEDADE À FLAGELADOS DAS ENCHENTES NA MATA SUL

Equipe de voluntários partiu na manhã desse sábado (03) de São Bento do Una
para Sâo Benedito do Sul, na Zona da Mata, levando mantimentos.
É em meio às tragédias, que a solidariedade se mostra mais evidente.

Após os tristes episódios das enchentes em municípios da Mata Sul e Agreste de Pernambuco, quando cerca de 30 municípios decretaram estado de calamidade e 40 mil pessoas ficaram desabrigadas, além de perderem bens, saúde e até vidas, no severo avanço das águas das chuvas e principalmente em razão da ausência de políticas públicas preventivas, outras regiões arregaçaram as mangas no socorro aos mais necessitados.

Uma das cidades que abraçou a causa foi o município de São Bento do Una, localizado a pouco mais de 206 quilômetros da capital, Recife.

A vontade de ajudas dos sãobentenses se traduziu em uma arrecadação volumosa de itens como agasalhos, materiais de higiene, saúde, água e alimentos. Os donativos estarão sendo entregues nesse sábado (03) no município de São Benedito do Sul, Zona da Mata, um dos mais atingidos pelas enchentes.

<<<Assista o vídeo ao lado.

Para a prefeita de São Bento do Uma, Débora Almeida (PSB) que coordenou boa parte das ações de arrecadação, é o momento de agradecer à sua população: “Estamos saindo para entregar donativos em São Benedito do Sul. Parabéns a todo o povo de São Bento do Uma pelo nobre ato de solidariedade. Que Deus continue nos abençoando! Um forte abraço!”, disse a gestora em uma das suas redes sociais na manhã desse sábado.

Imagens: Divulgação

MPF PEDE PRISÃO DO EX-PRESIDENTE LULA E PAGAMENTO DE R$ 87 MILHÕES EM MULTAS NO CASO DO TRIPLEX

Lula no depoimento em Curitiba
O Ministério Público Federal (MPF) pediu ao juiz Sérgio Moro, nesta sexta-feira (3), que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e outros seis réus sejam condenados pelos crimes de corrupção passiva, ativa e lavagem de dinheiro e que cumpram as respectivas penas em regime fechado.
O pedido consta nas alegações finais do processo que apura um suposto pagamento de propina por parte da OAS, por meio da entrega de um apartamento triplex no Guarujá, litoral paulista.
O MPF diz que o apartamento seria entregue a Lula, como contrapartida por contratos que a OAS fechou com a Petrobras, nos anos em que o político foi presidente da República. Também faz parte da denúncia o pagamento que a OAS fez à transportadora Granero, para que a empresa fizesse a guarda de parte do acervo que o ex-presidente recebeu ao deixar o cargo.
Entre os réus, também estão o ex-presidente da OAS, José Aldemário Pinheiro Filho, conhecido como Léo Pinheiro, e outros executivos da construtora, que foram acusados de lavagem de dinheiro e corrupção ativa. A ex-primeira-dama Marisa Letícia Lula da Silva também era ré, mas teve nome excluído da ação penal após a morte dela, em fevereiro deste ano.
Embora tenha pedido que todos sejam presos, o MPF diz que Léo Pinheiro, Agenor Franklin Medeiros e Paulo Gordilho, devem ter as penas reduzidas pela metade, "considerando que em seus interrogatórios não apenas confessaram ter praticado os graves fatos criminosos objeto da acusação, como também espontaneamente optaram por prestar esclarecimentos relevantes acerca da responsabilidade de coautores e partícipes nos crimes, tendo em vista, ainda, que forneceram provas documentais acerca dos crimes que não estavam na posse e não eram de conhecimento das autoridades públicas".

Os procuradores ainda ressaltaram que nenhum deles fez acordo de delação premiada, embora tenham reconhecido durante os respectivos depoimentos, que todos estavam em tratativas para fechar as colaborações.
No pedido, o MPF também quer que Moro determine a apreensão de R$ 87.624.971,26. O valor é correspondente ao montante de propinas que foram pagas nos contratos que a OAS firmou junto à Petrobras a agentes públicos.
Desse montante, Lula teria recebido um total de pouco mais de R$ 3,7 milhões, somando o valor do apartamento e do contrato entre a OAS e a Granero. Apesar disso, os procuradores pediram que o ex-presidente seja condenado a pagar outros R$ 87 milhões em multas.

As defesas têm até 20 de junho para contestar os argumentos do MPF, dentro do processo. Esta é a última fase da ação penal. Após todas as partes apresentarem as alegações finais, o processo volta ao juiz Sérgio Moro, que vai definir se condena ou absolve os réus.
A defesa do Léo Pinheiro e a empresa OAS informaram que não vão se manifestar.

OUTROS PROCESSOS EM CURITIBA

Esse processo do triplex foi o primeiro apresentado pela força-tarefa do MPF responsável pela Operação Lava Jato em Curitiba. Além dessa ação penal, os procuradores apresentaram outras duas denúncias à Justiça.

Lula foi denunciado pelo MPF por ter recebido propina também da Odebrecht, referente a contratos da empreiteira com a Petrobras. Nesse processo, em que testemunhas já estão sendo ouvidas, o ex-presidente é acusado de ter recebido um terreno em São Paulo, que seria usado para construir uma nova sede para o instituto social que leva o nome do político e também o apartamento vizinho ao que ele mora, em São Bernardo do Campo.
A defesa tem negado irregularidades nos dois casos, pois o Instituto Lula jamais transferiu a sede para o terreno apontado pelo MPF no processo. Em relação ao apartamento, o imóvel é usado pelos seguranças de Lula, mas o ex-presidente diz que pagou aluguel durante todo o tempo que ocupou o local.
Na terceira denúncia, que ainda não foi aceita pelo juiz Sérgio Moro, o MPF volta a acusar Lula de receber propina das construtoras OAS e Odebrecht. Segundo a denúncia, a primeira empreiteira pagou a instalação de uma cozinha em sítio, em Atibaia, no interior de São Paulo. Já a Odebrecht teria realizado reformas no imóvel, a pedido de Lula.

O sítio pertence, no cartório, aos empresários Fernando Bittar e Jonas Suassuna. No entanto, durante a deflagração da 24ª fase da Operação Lava Jato, em que Lula foi um dos alvos, os investigadores encontraram diversos bens pessoais do ex-presidente no local. O MPF acredita que ele era o dono real do imóvel, o que a defesa também nega.
'Fim da palhaçada'

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou nesta quinta-feira (1º), ao discursar na abertura do 6º Congresso Nacional do PT, em Brasília, que já provou a inocência e pediu o fim da "palhaçada" das acusações contra ele.

"Eu não quero que vocês se preocupem com meu problema pessoal. Esse, eu quero decidir com o representante do Ministério Público, da Lava Jato. Quero decidir com eles. Eu já provei minha inocência. Agora vou exigir que eles provem minha culpa, porque cada mentira contada será desmontada", disse o ex-presidente.
"Eu e Dilma temos até conta no exterior. Eu nem sabia que ela tinha e ela não sabe que eu tenho. Um canalha diz que fez uma conta para mim e uma para a Dilma, mas que está no nome dele. E ele mexe com a grana. Então, é o seguinte: chegou o momento de parar com a palhaçada neste país. Este país não comporta mais viver nessa situação de achincalhamento, e o Partido dos Trabalhadores tem de dar uma resposta clara para a sociedade", acrescentou Lula.

Com informações do G1 Paraná

EX DEPUTADO DA MALA DE DINHEIRO FOI PRESO EM BRASILIA PELA PF


Ex Deputado Loures foi preso em Brasília

O ex-deputado Rodrigo Rocha Loures foi preso na manhã deste sábado, segundo informou A Polícia Federal. Ele foi preso em sua casa em Brasília.

O Ministério Público Federal reapresentou o pedido de prisão de Rocha Loures na quinta-feira, depois que foi formalizada a posse do deputado Osmar Serraglio (PMDB-PR) que saiu do Ministério da Justiça e retornou à Câmara. Com o posse de Serraglio, Loures perdeu a vaga por ser apenas suplente de deputado.


No pedido de prisão, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, disse que Rocha é "verdadeiro longa manus do presidente Michel Temer". A expressão em latim é usada para descrever aquele que atua como executor das ordens de outro.


Em sua defesa, o ex-deputado argumentou que o novo pedido de prisão é uma forma de pressioná-lo para fazer delação premiada. “Por que não diz a verdade, isto é, que quer a prisão para forçar uma delação, como tem sido usual nos últimos tempos?”, questionou o advogado Cezar Bitencourt na peça encaminhada ao relator da Lava-Jato, ministro Edson Fachin.

Em depoimento de delação, o dono da JBS Joesley Batista afirmou que Rocha Loures foi indicado pelo presidente Michel Temer para tratar de assuntos de interesse da empresa. O ex-deputado foi flagrado recebendo uma mala com R$ 500 mil em propina da JBS, em ação controlada da Polícia Federal.













MENDONCA FILHO ANUNCIA INVESTIMENTOS NA ESTRUTURA EDUCACIONAL DE PERNAMBUCO

Ministro Mendonça Filho e deputada estadual Priscila Krause (D)
Mesmo em meio à crise política vivenciada pelo Governo Temer, as ações governamentais continuam dentro da normalidade. Na semana que passou em um evento que contou com a presença do Ministro da Educação, o pernambucano Mendonça Filho (DEM), realizado no município de Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife, foram anunciados mais de R$ 4,5 milhões para investimentos em laboratórios de informática das Escolas Técnicas Estaduais (ETE). 

A solenidade também contou com a entrega simbólica de 83 ônibus escolares para 72 municípios pernambucanos. Participaram do encontro, prefeitos e secretários municipais, além de representantes  do governo estadual.  O Ministro da Educação na oportunidade falou sobre a importância  do transporte escolar  e investimentos que devem ser disponibilizados para a  educação  infantil.


A Deputada Estadual Priscila Krause (DEM), também esteve presente ao evento.

CODEAM E CEF REALIZARAM ENCONTRO DE APRIMORAMENTO PARA GMC

Representantes da CEF conduziram o evento na CODEAM
*Com fotos de Magna Godoy

Na última quinta feira, 01 de Junho, a Comissão de Desenvolvimento do Agreste , CODEAM,  viabilizou para seus associados o Curso de SICONV, realizado pela Caixa Econômica Federal, direcionado para capacitação de Gerentes Municipais de Convênios e Contratos.

Essa atividade é realizada por um empregado da prefeitura municipal que tem como atribuição acompanhar e agilizar o andamento dos contratos e convênios com a caixa econômica federal.
Sr. Martoni Sobral, Gerente Regional da CEF
A capacitação realizada na CODEAM, teve como objetivo desenvolver e aprimorar as habilidades necessárias para atuação como agente articulador dos contratos de repasse e financiamento nas diversas áreas da prefeitura.

O Vice presidente da CODEAM
deu as boas vindas do õrgão.
Representantes de prefeituras do Agreste marcaram  presença.
Na oportunidade, representantes de diversos governos municipais do Agreste estiveram presentes e puderam se aprimorar nas suas atividades. O evento foi presidido pelo vice presidente da CODEAM e prefeito da Pedra, Osório Filho (PSB). Da região, se fizeram presentes ainda o Secretário de Ciência e Tecnologia de Palmeirina, Clebes Pereira; Secretário de Infraestrutura de Palmeirina, Mábio Azevedo; Secretário de Finanças de Canhotinho, Willian Michel; Secretário de planejamento de Garanhuns, Evilson Rêgo, (na oportunidade representando o prefeito Izaías Régis) e o Secretário de Governo de Jucati, Adson Marques, entre outros secetários e técnicos.  

Representando a Caixa Econômica Federal, o Gerente regional Martoni Sobral; os Gerentes Gerais da Caixa agencia Garanhuns, José Bezerra e Wellington Wanderlei, o Representante da Caixa Edson Garret, a Gerente de Filial da Caixa, Izabela Brandão,  e o Assistente de Atendimento Governo, Décio Cavalcanti.