.

.

quinta-feira, 13 de abril de 2017

SENADO APROVA LEI QUE CRIA DOCUMENTO ÚNICO DE IDENTIFICAÇÃO NACIONAL

modelo da nova carteira de identidade

O plenário do Senado aprovou nessa quarta-feira o projeto de lei que cria o Documento de Identidade Nacional, que reunirá dados biométricos e civis, como Registro Geral,Carteira Nacional de Habilitação(CNH), Cadastro de Pessoa Física (CPF),e título de eleitor em um único documento.De acordo com o projeto, a Identificação Nacional dispensará a apresentação dos documentos que lhe deram origem ou nele mencionados e será emitida pela Justiça Eleitoral ou por delegação do Tribunal Superior Eleitoral ( TSE) a outros órgãos para aproveitar o cadastro biométrico nacional realizado para as eleições.O documento será impresso pela Casa da Moeda e usará como base de identificação o CPF.

Conforme o texto, o documento único será emitido com base na Identificação Civil Nacional, criada pelo projeto com o objetivo de juntar informações sobre o cidadão.A nova base de dados será gerida pelo TSE, que garantirá o acesso á União, aos estados, ao Distrito Federal, aos municípios e ao Poder Legislativo. O relator do projeto, Senador Antonio Anastasia (PSDB-MG),acatou apenas uma emenda da redação, e por isso, o texto não precisará retornar para revisão da Câmara dos Deputados.


VÍDEO MOSTRA TEMER EM TOM IRRITADO, SE DEFENDENDO DA ACUSAÇÕES DE DELATORES

O presidente Michel Temer divulgou vídeo nesta quinta-feira (13) no qual confirmou ter se reunido com um dos delatores da empreiteira Odebrecht. Na mesma gravação, Temer acrescentou que, nesse encontro, em 2010, não discutiu valores nem "negócios escusos" da empreiteira com políticos (assista no vídeo abaixo).

No depoimento prestado, Márcio Faria, ex-dirigente da Odebrecht, afirmou ter participado de uma reunião comandada por Temer na qual foi discutida a "compra do PMDB" por US$ 40 milhões. Ainda no acordo de delação premiada, Faria disse que não discutiu valores com o presidente (assista no vídeo mais abaixo, a partir do minuto 14).

"É fato que participei de uma reunião em 2010 com um representante de uma das maiores empresas do país. A mentira é que nessa reunião eu teria ouvido referência a valores financeiros ou a negócios escusos da empresa com políticos. Isso jamais aconteceu. Nem nessa reunião nem em qualquer outra reunião que eu tenha feito ao longo de minha vida pública com qualquer pessoa física ou jurídica. Jamais colocaria a minha biografia em risco", afirmou o presidente no vídeo divulgado nesta quinta.

Assista ao vídeo, clicando no player abaixo:

FOI UM COELHINHO DA PÁSCOA QUEM MORREU NA CRUZ? REFLEXÕES SOBRE A PÁSCOA,

Com a chegada do período pascal, a cultura mistura-se aos ensinamentos religiosos e muitas vezes a população não consegue distinguir entre o que é de fato mandamento cristão e o que são costumes herdados pelas culturas pagãs.

Para explicar, à luz da Bíblia, livro que deve ser a única regra de prática e Fé Cristã, o Bispo Diocesano de Garanhuns, Dom Paulo Jackson, representando a comunidade católica  regional e o Pastor presbiteriano Inaldo Cordeiro, que durante 20 anos esteve liderando a Igreja Presbiteriana Central de Garanhuns e hoje é titular de uma Igreja no Maranhão, concederam entrevista ao programa Falando com o Agreste* e na oportunidade puderam expor seus pontos de vista acerca dessa interpretação bíblica que versa sobre a guarda da Semana Santa e o real sentido da Páscoa.

*Com participação da jornalista Gabrielle Sadi


Clique no Player abaixo e ouça ambas as entrevistas na íntegra.

OBRAS EM SERTÂNIA E BR 232 RECEBEM VISITA DE REPRESENTANTES DAS CIDADES BENEFICIADAS PELA ADUTORA DO MOXOTÓ

Foto: Ronaldo Vasconcelos
Um grupo de representantes das cidades que serão beneficiadas pelo Sistema Adutor do Moxotó visitou algumas frentes de trabalho da obra que estão localizadas na barragem, no distrito de Rio da Barra, em Sertânia, e em trechos ao longo da BR 232, onde a Compesa executa o assentamento das tubulações. Mais de 40 pessoas foram conhecer de perto os investimentos feitos na obra, entre prefeitos e secretários das prefeituras da região do Moxotó (Arcoverde, Buíque, Pedra, Sanharó, Sertânia, Belo Jardim e Pesqueira), além de integrantes da Arquidiocese de Pesqueira, liderados pelo bispo Dom José Luiz Ferreira Salles.

A visita também foi acompanhada pelo diretor Técnico e de Engenharia da Compesa, Rômulo Aurélio de Souza, pelo diretor de Articulação e Meio Ambiente da companhia, Aldo Santos e pelo gerente de Obras Especiais, Judas Tadeu Alves de Souza. Outras visitas serão organizadas para promover a integração da sociedade com essa obra que vai antecipar a chegada da água do canal do eixo leste da Transposição do Rio São Francisco para as cidades do Agreste, região com o pior balanço hídrico do estado.


A previsão é que a Adutora do Moxotó comece a ser operacionado até o final deste ano.