segunda-feira, 20 de março de 2017

UM DOS MAIS SÓLIDOS GRUPOS EMPRESARIAIS DO ESTADO, DESMORONOU.

O Grupo João Santos, do Estado do Pernambuco, que produzia o cimento Nassau e detinha 13% do mercado do produto no Brasil, decretou, oficialmente, sua falência no último final de semana. A informação é do Blog  do Antônio Martins.

Em suas 12 fábricas, no Norte, Nordeste e Sudeste do país – inclusive uma em Mossoró, no Rio Grande do Norte – a Nassau produzia 6,4 milhões de toneladas de cimento por mês.
O Grupo João Santos não era só cimento. Era um império que tinha usinas de açúcar e etanol, fábricas de papel e celulose e uma rede de comunicação, a Rede Tribuna, presente em Pernambuco e no Espírito Santo.

A crise no grupo econômico foi instalada logo após a morte do patriarca e fundador do império, o empresário pernambucano João Pereira dos Santos.
Ele morreu de infarto, em 15 de abril de 2009, aos 101 anos.

A briga familiar pelo controle do grupo, que levou à falência do império, teve de um lado Fernando Santos, José Bernardino Santos e Maria Clara Santos, filhos de João Santos, e de outro, as irmãs de João Santos, Ana Maria Santos e Rosália Santos, além de Alexandra, Rodrigo e Maria Helena, filhos do primogênito João Santos Filho, morto em 1980 num desastre de avião no Paraguai.

Em 2010, o patrimônio do conglomerado era avaliado pelo mercado em R$ 5 bilhões.

Com informações do blogdoantoniomartins.com 


PREVENÇÃO AO USO DE DROGAS É TEMA DE PALESTRA PARA JOVENS


Na manhã desta segunda-feira (20), jovens do programa Vivendo e Aprendendo, por iniciativa da Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos (SASDH), receberam uma palestra do Núcleo de Prevenção Social à Violência (Nuprev) sobre o combate ao uso de drogas. Cerca de 30 adolescentes estiveram no auditório do Centro Administrativo I, onde acompanharam a explanação.


A palestra teve a condução do policial militar Edilson Zumba. De acordo com ele, uma média de 700 jovens são beneficiados, mensalmente, com ações ligadas à prevenção do uso de drogas em Garanhuns. De acordo com a coordenadora de Proteção Básica da SASDH, Manuela Ouro Preto, momentos como esse servem para incentivá-los a compreender melhor as relações sociais. 

PREFEITURA MUNICIPAL DE GARANHUNS DIVULGA PROGRAMAÇÃO DO IV FESTIVAL VIVA DOMINGUINHOS


O IV Festival Viva Dominguinhos, em Garanhuns, marcado para os dias 20, 21 e 22 de abril, trará atrações do município, da região Nordeste e do Brasil, para dois polos, sendo eles a Praça Cultural Mestre Dominguinhos e o Espaço Colunata, localizado no centro da cidade. A expectativa de público, para os três dias de festa, é superar o número de 110 mil pessoas contabilizadas no ano de 2016.

Na Praça Cultural Mestre Dominguinhos, onde estará montado o palco principal, os shows começarão às 21h e a infraestrutura disponibilizada ao público inclui praça de alimentação, área de artesanato, banheiros químicos – alguns deles com acessibilidade –, estrutura coberta com mesas e cadeiras. O palco "Canta Dominguinhos", no Espaço Colunata, localizado na Avenida Santo Antônio, funcionará na sexta (21) e no sábado (22), das 10h às 18h.


Entre os 79 habilitados na convocatória, foram selecionados 29 artistas para os dois polos. A programação foi montada visando contemplar diversos gêneros musicais, sempre com alguma interligação ao baião, que marcou a carreira de Dominguinhos.

Durante os três dias de festa, um esquema de segurança foi planejado e será executado por meio de uma parceria da Autarquia Municipal de Segurança, Trânsito e Transportes (AMSTT), Corpo de Bombeiros, Polícia Civil, Polícia Militar e Polícia Rodoviária Federal (PRF). Os números de efetivos ainda serão divulgados. Além disso, a Secretaria de Saúde do município disponibilizará uma ambulância com motorista e um técnico de enfermagem para dar o suporte necessário em casos de emergência no local do evento, além de uma equipe de fiscalização da Vigilância Sanitária.

Confira abaixo a programação completa dos Palcos principal e colunata:

Quinta-feira (20)
Palco Mestre Dominguinhos
Mourinha do Forró
Nádia Maia
Targino Gondim
Andréa Amorim
Cezzinha
Dorgival Dantas

Sexta-feira (21)
Palco Canta Dominguinhos
Valdir Marino
Os Coroas do Forró
Forró do Xeeh
Orquestra Sanfônica
Quero Xote
Juliano do Acordeon
Verônica
Nando Azevedo
Amanda Back

Palco Mestre Dominhuinhos
Genaro
Os Nonatos
Alcymar Monteiro
Fulô de Mandacaru

Sábado (22)
Palco Canta Dominguinhos
Ivan Maceió
Mateus Cordeiro e Deivinho
Rogério e Os Cabras
Michelly dos Anjos
Forró Pesado de Garanhuns
Banda Seu Januário
André Macambira
Andrezza Formiga
Roberto Cruz

Palco Mestre Dominguinhos
Kiara Ribeiro
Cantoria Agreste (Genaro, João Netto, Marcelo Melo e Sérgio Andrade)
Flávio José
Falamansa

ATENÇÃO CONTRIBUINTES: COFINS, IOF E PIS PODEM TER AUMENTO

Com o objetivo de ajudar no cumprimento da meta fiscal desse ano, a alternativa mais viável, segundo a equipe técnica do governo federal, será elevar os impostos PIS e Cofins sobre a gasolina e o diesel. A arrecadação extra está calculada em R$ 3 bilhões em 2017, mas o buraco é de R$ 40 bilhões nas contas públicas, por isso estão sendo estudadas também outras formas de majorar os impostos.  O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, avisou recentemente que o corte no Orçamento, deve ser anunciado ainda esta semana e poderá ser reduzido ao longo do ano com o aumento de impostos. Entre as propostas entregues pelos técnicos estão também o aumento de IOF sobre algumas operações de câmbio e de crédito e a reoneração da folha de pagamento. O aumento de PIS e Cofins sobre combustíveis e do IOF pode ser feito por decreto, o que evitaria discussões no Congresso.

FUNDARPE LANÇA CONVOCATÓRIA NACIONAL PARA SELECIONAR ARTISTAS E GRUPOS CULTURAIS, PARA O FIG 2017

Artistas e grupos culturais de todo o país poderão participar do próximo Festival de Inverno de Garanhuns. Após convocar exclusivamente atrações nordestinas no ano passado, o Governo de Pernambuco, por meio da Secult-PE e da Fundarpe, lança o Edital Nacional do FIG 2017.

Consolidado no calendário cultural pernambucano, o FIG 2017 acontecerá em julho, com atividades de fruição e formação em todas as linguagens artísticas e áreas culturais. Shows, cortejos, performances, intervenções, recitais, vivências criativas, espetáculos, desfiles, exposições, mostras, ações de gastronomia e patrimônio cultural, entre outras atividades podem ser sugeridas.


Os interessados em enviar propostas de programação devem acessar o edital e formulários específicos. O período de inscrições presenciais ou por Correios é de 29 de março a 17 de abril. Todas as informações oficiais sobre o festival serão primeiramente veiculadas no site da Fundarpe.