quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

INSTITUTO LULA AFIRMA QUE CORPO DE MARISA DEVE SER CREMADO

A ex-primeira-dama Marisa Letícia está sem aparelhos desde que os médicos do hospital Sírio-Libanês detectaram na manhã desta quinta-feira (02) a ausência de atividade cerebral da mulher do ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva. A informação foi passada por uma fonte do Instituto Lula. Marisa, de 66 anos, estava internada na UTI do hospital desde 24 de janeiro, quando foi vítima de um Acidente Vascular Cerebral (AVC).

O cardiologista Roberto Kallil Filho disse na noite de terça-feira, 31, que o estado de saúde da ex-primeira-dama era considerado 'irreversível".


Conforme boletim médico divulgado na manhã de hoje, já foram iniciados os procedimentos para doação de órgãos com a autorização da família. Está definido que serão doadas as córneas de Marisa.

SORTEADO NOVO RELATOR DA LAVA JATO


O ministro Luiz Edson Fachin é o novo relator da Lava-Jato no Supremo Tribunal Federal (STF). O nome foi definido em sorteio eletrônico feito na manhã desta quinta-feira (02).  O processo foi redistribuído entre os ministros da Segunda Turma do Tribunal, composta por Marco Aurélio Mello, seguido por Luiz Fux, Rosa Weber, Luís Roberto Barroso e Fachin.

O ministro Fachin pediu ontem para ser transferido do primeiro colegiado para o segundo. A troca foi oficializada hoje. Só então a presidente do Supremo, ministra Cármen Lúcia, determinou que o processo fosse redistribuído. Fachin, indicado pela presidente Dilma Rousseff em 2015, passou a ocupar a vaga que era do ministro Teori Zavascki, morto em acidente aéreo no último dia 19 em Paraty. Zavascki era o relator da Lava-Jato.

Segundo técnicos do Supremo, o sorteio é feito de forma eletrônica, aleatória e impessoal. Os ministros recebem faixas numerais em uma régua de probabilidade que varia de 1 a 100, distribuída de forma aleatória. Os números não são exatos, o que significa que cada ministro tem cerca de 20% de chance de receber os processos.


São levados em conta a quantidade de processos de cada cadeira desde 2001. Na avaliação de técnicos, quem tiver menos processos poderia ter uma vantagem, considerada “irrisória”, de casas decimais.

GOVERNO DECRETA EMERGÊNCIA EM 70 MUNICÍPIOS DEVIDO À ESTIAGEM


O Governo de Pernambuco decretou situação de emergência em 70 municípios do Agreste devido à estiagem. O governador Paulo Câmara afirmou, por meio de decreto publicado no Diário Oficial da União, na última terça-feira (31), que fica declarada a existência de “situação de emergência” por um período de 180 dias

Ainda de acordo com o governador, os órgãos estaduais localizados nas áreas atingidas adotarão as medidas necessárias para o combate da situação em conjunto com os órgãos municipais. Em agosto de 2016, o governo havia declaro situação de emergência em 69 municípios.


Os municípios que estão em situação de emergência são: Agrestina, Águas Belas, Alagoinha, Altinho, Angelim, Belo Jardim, Bezerros, Bom Conselho, Bom Jardim, Bonito, Brejão, Brejo da Madre de Deus, Buíque, Cachoeirinha, Caetés, Calçado, Camocim de São Félix, Canhotinho, Capoeiras, Jurema, Lagoa do Ouro, Lagoa dos Gatos, Lajedo, Limoeiro, Machados, Orobó, Palmeirina, Panelas, Paranatama, Passira, Pedra, Pesqueira, Poção, Riacho das Almas, Sairé, Salgadinho, Saloá, Sanharó, Caruaru, Casinhas, Correntes, Cumaru, Cupira, Feira Nova, Frei Miguelinho, Garanhuns, Gravatá, Iati, Ibirajuba, Itaíba, Jataúba, João Alfredo, Jucati, Jupi, Santa Cruz do Capibaribe, Santa Maria do Cambucá, São Bento do Una, São Caetano, São João, São Joaquim do Monte, São Vicente Ferrer, Surubim, Tacaimbó, Taquaritinga do Norte, Terezinha, Toritama, Tupanatinga, Vertente do Lério, Vertentes e Venturosa.

COMPESA ADOTA CALENDÁRIO DE ABASTECIMENTO EM GARANHUNS PARA PRESERVAR MANANCIAIS

Barragem do Cajueiro

Preocupada com a escassez de chuvas no Agreste, consequência dos seis anos consecutivos de seca na região, a Compesa vai adotar um calendário de abastecimento na cidade de Garanhuns, a partir da próxima segunda-feira (06). A medida preventiva busca preservar a vida útil dos mananciais que atendem o sistema de distribuição de água do município, cujos níveis baixaram consideravelmente nos últimos meses.

Atualmente, a cidade recebe água todos os dias e de acordo com o calendário, passará a ser atendida por um regime de rodízio de um dia com água para oito dias sem. O rodízio irá garantir a continuidade do fornecimento de água para a cidade, por meio das barragens de Cajueiro e Mundaú, até o mês de dezembro deste ano, mesmo que não ocorram chuvas para restabelecer os níveis nos reservatórios.
Barragem do Mundaú

A situação mais crítica é a Barragem de Inhumas, que se encontra com apenas 6% da sua capacidade total, que é de 6,9 milhões de metros cúbicos, e será desligada do sistema de abastecimento de Garanhuns. Inhumas passará a atender somente o município de Palmeirina e os distritos de Olho D’água de Góis e Poço Comprido, ambos localizados em Correntes. A Barragem do Cajueiro está com 62% da sua capacidade. Já a situação de Mundaú, o menor dos mananciais, é um pouco melhor e apresenta 80% do seu volume total.


A cidade de São João que também é atendida pelo sistema de abastecimento de Garanhuns será afetada com a mudança. Para os 12 mil moradores do município, será estabelecido preventivamente o calendário de dois dias com água e dois dias sem abastecimento. Para Angelim, outra cidade que recebe água de Garanhuns, por enquanto, não haverá mudanças, permanecendo com água todos os dias.

MORRE ESPOSA DO EX-PRESIDENTE LULA

(Foto: Roberto Stuckert Filho)

O Hospital Sírio-Libanês divulgou, nesta quinta-feira (02), boletim médico no qual informa que Dona Marisa Letícia, 66 anos, mulher do ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva ficou sem fluxo cerebral. A família já autorizou a doação de órgãos. O ex-presidente demonstrou gratidão e afirmou que a autorização foi concedida, em um post publicado na página do Facebook do ex-presidente.

"A família Lula da Silva agradece todas as manifestações de carinho e solidariedade recebidas nesses últimos 10 dias pela recuperação da ex-primeira-dama Dona Marisa Letícia Lula da Silva. A família autorizou os procedimentos preparativos para a doação dos órgãos". Depois, a página do Facebook do ex-presidente atualizou a foto de perfil e colocou uma imagem do casal sorrindo.

A esposa do ex-presidente foi internada em 24 de janeiro, depois de ter sofrido um acidente vascular cerebral hemorrágico provocado pelo rompimento de um aneurisma. Quando foi internada, Marisa passou por um procedimento de emergência que durou cerca de duas horas para conter a hemorragia no cérebro. Os médicos fizeram uma arteriografia cerebral para localizar a lesão e depois introduziram um cateter até a região afetada para estancar o sangramento.