terça-feira, 19 de dezembro de 2017

GARANHUNS DE LUTO : MORRE A PROFESSORA E ESCRITORA LUZINETTE LAPORTE

Professora Luzinete Laporte em uma das suas últimas apariçoes em público - Foto - Andellivros
Morreu na noite desta segunda-feira,18, a Professora e Escritora Luzinette Laporte de Carvalho. Nascida na cidade de Catende na Zona da Mata de Pernambuco. Chegou em Garanhuns muito jovem. Estudou nos mais tradicionais colégios da cidade como Diocesano e Santa Sofia. O seu currículo era de alguém que desde cedo já sabia o que queria e se preparou para exercer os cargos de confiança que exerceu ao longo de sua carreira na área educacional.

Foi Professora de português e francês, Literatura brasileira, portuguesa e espanhol. Foi diretora da antiga DERE, hoje GRE-AM, exerceu ainda a função de secretária de Educação no governo Souto Dourado, escreveu para diversas revistas e jornais como, “O Monitor ”, de Garanhuns; “ Jornal do Commercio”,  e “ Diário de Pernambuco” de Recife; “ O Estado” , de Fortaleza e a revista “ Juventude “, do Rio de Janeiro. Dominava bem quatro idiomas.

ESCRITORA PREMIADA

A sua inquietude intelectual não parou por aí. Considerada a melhor escritora de Garanhuns, Luzinette sabia como poucos manipular as palavras, respeitar virgulas e pontos e encantar os leitores através de um texto enxuto, elegante, simples e belo. Escreveu diversos livros como, “ A menina que falava com as coisas”, “ Um amor de mulher”, o livro, "O homem com girassóis no olhar" recebeu prêmio Vânia Souto Carvalho, da Academia Pernambucana de Letras, em 1999.

Com sua conduta ímpar de honestidade, disciplina, determinação, dedicação e amor ao magistério formou milhares de alunos em diversas profissões que hoje ficam mais triste com a partida da mestra, mas, contentes por terem tido o privilégio de terem a Professora Luzinete como orientadora educacional e hoje serem brasileiros bem encaminhados na vida.

A educadora Luzinette Laporte era uma cristã fervorosa, residia na rua 15 de Novembro há muito tempo.No próximo dia 24/12, véspera do natal, completaria 91 anos de idade.

Ela entra na  galeria dos grandes educadores da terra de Simoa Gomes como Uzai Canuto, Ivonita Guerra, Padre Adelmar da Mota Valença, Epaminondas da França, irmã Eliane, entre outros, numa época em que ser Professor era um dom natural e que se tinha bastante amor e orgulho pela profissão.

Por Marcos Antônio com algumas informações do Professor Wagner Marques



Nenhum comentário:

Postar um comentário