quinta-feira, 16 de novembro de 2017

EM GARANHUNS GOVERNADOR PAULO CÂMARA FALOU SOBRE SEGURANÇA,EDUCAÇÃO E REBATEU CRÍTICAS DO PREFEITO IZAÍAS RÉGIS

Governador Paulo Câmara em entrevista na rádio Marano de Garanhuns na manhã de hoje - Foto : Luciano André

O Governador de Pernambuco Paulo Câmara (PSB) se encontra nesta quinta-feira,16, em Garanhuns para apresentar oficialmente os novos soldados que vão reforçar a segurança na cidade e região e apresentar novos equipamentos e viaturas que chegaram há alguns dias. A apresentação será realizada no 9° Batalhão sediado na cidade de Garanhuns.

Em entrevista ao radialista Marcos Cardoso da Rádio Marano FM, o Governador lembrou e elogiou a importância do “ Pacto pela Vida”, idealizado no governo Eduardo Campos em 2007, e que teve resultados de redução extraordinários da violência até 2013, e nos anos posteriores foram anos difíceis, mas que o pacto continua mostrando respostas onde o governo precisa agir. O Governador apontou que 60 % dos homicídios no estado está ligado ao uso das drogas e jogou uma parte dessa responsabilidade ao governo federal pelo corte de verbas destinadas ás forças armadas que são responsáveis pelo controle das fronteiras, onde passam drogas e armas, fomentadoras da violência nos estados do país.

PACTO PELA VIDA

Ainda sobre a violência no estado - , o governador falou que o investimento do seu governo na segurança é o maior da história do estado com a chegada de novos militares, equipamentos, viaturas em todos municípios, delegacias de todos municípios com seus delegados, helicópteros e 700 motos que foram compradas e esse pacto pela vida em sua gestão engloba a junção do executivo com o poder Judiciário, Ministério Público, Defensoria Pública e a sociedade civil.

LAJEDO GANHARÁ UMA COMPANHIA INDEPENDENTE

O governador finalizou esse quesito sobre violência dizendo que foi enviado para Assembleia Legislativa projetos que vão criar novas estruturas de segurança para região, entre elas a criação de uma Companhia Independente de Lajedo para desafogar o batalhão de Garanhuns que também atende a cidade vizinha. Sobre o batalhão especializado que foi entregue essa semana em Caruaru, com 300 novos militares, o governador falou que o sertão também será contemplado e por hora Garanhuns não será beneficiada por conta do batalhão especializado que será implantado em Lajedo.

PROGRAMA " PÉ NO CAMPUS"

Sobre o “ Pé no Campus”, que é um programa criado recentemente pelo governo do estado para doar bolsas a estudantes da rede pública para as universidades, o governador disse que esse esforço do governo que disponibiliza R$ 950,00 no primeiro ano e R$ 400,00, a alunos que se deslocarem para outras cidades,será de grande valia, já que foi detectado que muitos jovens não estavam nem fazendo o Enem, nem o vestibular por não terem condições de se deslocarem para outras cidades e se manterem por lá. Segundo o governador essa bolsa será  necessária para dá continuidade aos bons índices educacionais no estado como as:  escolas em tempo integral que são mais de 370, a melhor avaliação do ensino médio público do país e as 35 escolas técnicas e que outras mais virão.

REPASSES ATRASADOS DO GOVERNO AOS MUNICÍPIOS

Outro Assunto abordado na entrevista foi uma reunião realizada na AMUPE- Associação do Municípios de Pernambuco - a semana passada para discutir a crise dos municípios, com algumas cidades com dificuldades para pagar até o 13° salário. Nesta reunião o prefeito de Garanhuns, Izaías Régis ( PTB), teria feito, mais uma vez, duras críticas ao governo do estado, cobrando uma maior participação do governo que não estava fazendo a parte dele em relação aos repasses aos municípios dos valores devidos que estão em atraso.

GOVERNADOR QUESTIONA PREFEITO IZAÍAS

O governador citou a atual crise política e econômica e fez críticas ao governo federal dizendo que era um governo sem prioridades. Disse ainda que para 2018 foram cortados todos recursos do orçamento da união para assistência social, e agricultura familiar, e que isso também afetou muito o estado, pois diminuiu o aporte financeiro. O governador lembrou também que mesmo assim, repassou 9% aos municípios através dos convênios e do FEM- Fundo Estadual de Apoio ao Desenvolvimento Municipal -  e que quase R$ 5 milhões deste fundo foi repassado para Garanhuns nas duas primeiras edições.

Sobre as críticas do prefeito, o governador rebateu - , dizendo ser importante o prefeito dizer quais são esses repasses em atraso, que os municípios têm pendencias com o estado, e que o governo também tem interesse nesse acerto de contas.  Paulo Câmara finalizou esse assunto dizendo que o prefeito Izaías nunca o procurou para tratar desse assunto, e que seria muito bem recebido por lá. E, que seria melhor sentar e conversar no campo do diálogo e com transparência e não ficar mandando recado pela imprensa, pois isso não é um comportamento adequado para um prefeito. Pois diferentemente do prefeito de Garanhuns, ele, o governador, quando quer conversar com alguém, não manda recado e sim procura para conversar cara a cara.

O governador encerrou a entrevista respondendo as questões sobre as privatizações e as dificuldades pelo quais passam os clubes pernambucanos, e em seguida seguiu para a cerimônia no 9° batalhão de PM para apresentação dos novos militares e logo em seguida segue para outros compromissos em outras cidades do agreste pernambucano.


Por Jornalista Marcos Antônio

Nenhum comentário:

Postar um comentário