sábado, 4 de novembro de 2017

FCA MAIS UMA VEZ EM BRASÍLIA DIA 22, ACOMPANHARÁ CARAVANA DE PREFEITOS


A produção do programa e blog “Falando com o Agreste”, estará mais uma vez na Capital federal, Brasília, nos dias 21, 22 e 23 próximos, participando de mais um movimento municipalista.  
As viagens dos prefeitos brasileiros e em especial os do Agreste de Pernambuco ao centro do poder político nesse ano de 2017 talvez tenham sido as mais frequentes dos últimos anos, em razão das urgentes necessidade municipais e da profunda crise que se abateu sobre o país.

Segundo publicação da CNM – Confederação Nacional de Municípios -, o tempo passa e os gestores municipais estão cada vez mais se afundando em dívidas. Diante dessa realidade, o movimento municipalista lançou a campanha “Não deixem os Municípios afundarem”. A iniciativa tem como uma de suas principais ações uma mobilização em Brasília. O presidente da Confederação Nacional de Municípios (CNM), Paulo Ziulkoski, reforçou em vídeo o convite (assista abaixo).

Foto: Marcelo Jorge/Falando com o Agreste
Marcada para o dia 22 de novembro, a mobilização pretende reunir gestores de todos os estados com o intuito de chamar atenção para a crise dos cofres locais. Durante o vídeo, o líder municipalista destaca a necessidade de presença dos prefeitos, vice-prefeitos e vereadores.

É importante a participação, de forma ordeira, para que possamos pressionar e para podermos colocar a nossa pauta em votação”, disse. Como alerta, ele explicou que neste ano os gestores municipais não vão poder contar com os recursos da repatriação, o que pode tornar ainda mais árdua a gestão municipal.

Portanto, o momento é propício para lutar e se mobilizar por mais recursos. Uma das principais bandeiras da CNM na campanha é a concessão de um auxílio financeiro emergencial aos Municípios. Estimado em R$ 4 bilhões, o montante traria um alívio para os cofres locais e seria dividido seguindo os critérios do Fundo de Participação dos Municípios (FPM).

Assista abaixo à convocação do presidente da CNM Paulo Ziulkoski:

Nenhum comentário:

Postar um comentário