terça-feira, 3 de outubro de 2017

EM REUNIÃO NA SEDE DA CNM, EM BRASÍLIA, PREFEITOS BRASILEIROS AMEAÇAM PARALISAR ATIVIDADES EM RAZÃO DA CRISE

Fotos: Falando com o Agreste

Em uma reunião marcada por discursos fortes, cerca de 400 prefeitos brasileiros participam nesse momento de uma reunião na Confederação Nacional de Municípios – CNM. Na pauta a difícil e mais que isso, gravíssima situação dos municípios brasileiros em razão, segundo os gestores, das quedas sucessivas de verbas oriundas da união.

O presidente da AMUPE, José Patriota, que também é prefeito de Afogados da Ingazeira, em um discurso inflamado chegou a cogitar a possibilidade extrema de paralisação das prefeituras para chamar a atenção do governo federal acerca dessa pauta, caso o presidente Temer não receba uma comissão de prefeitos, como havia inicialmente sido acertado. Por razões deconhecidas dos prefeitos, a presidência decidiu não receber os prefeitos.

Diversos parlamentares estão participando da reunião, entre deputados e senadores, que trazem apoio aos seus prefeitos.
Do Agreste Pernambucano, anotamos as presenças, até agora, dos prefeitos Ednaldo Peixoto (PSB) de Jucati; Neide Reino (PSB), de Capoeiras; Débora Almeida (PSB) de São Bento do Una ; Douglas Duarte (PSB) de Angelim; Expedito Nogueira (PP) de Calçado; Osório filho (PSB), da Pedra, entre outros.


O programa Falando com o Agreste, veiculado na Rádio Marano FM e o site www.falandocomoagreste.com.br estão cobrindo esse evento em Brasilia com exclusividade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário