sábado, 14 de outubro de 2017

BANDIDOS ENCAPUZADOS E ARMADOS FAZEM ARRASTÃO E ATERRORIZAM TURISTAS EM BAIRRO DE GARANHUNS


Um dos cartões postais da cidade é alvo de violência quase todos os dias - Foto : TV Replay


E, já faz algum tempo que Garanhuns não é mais aquela cidade calma, serena e tranquila, que recebia turistas de diversos lugares do país, atraídos pelos seus pontos turísticos e o clima frio, atípico para uma cidade nordestina.E,ao regressarem para suas respectivas cidades,levavam embora além da saudade, nas bagagens adereços e lembranças boas de Garanhuns e a certeza de voltarem uma outra vez. 

Já faz algum tempo que essa violência avassaladora tomou conta do estado e chegou forte a outrora pacata ex-cidade das flores. Uma violência que não tem hora, nem dia para acontecer, muito menos limites. Tanto pode ser um assalto numa rua nobre como ocorreu a uma advogada esta semana na Agamenon Magalhães durante o dia, assaltada por duas pessoas em uma moto, ou um assassinato na periferia no Conjunto Indiano como ocorreu com um líder de torcida de um time local logo após o jogo a semana passada ou ainda assassinatos ousados como o que ocorreu o mês passado com um sargento bombeiro no bairro da Brasília,quando chegava a sua residência na Brasilia,ás 07:00 da manhã, enfim...

E, essa violência que aprisiona os cidadãos de bem, afugenta o turista, alegra a bandidagem por falta de politicas públicas e expõe a cidade as manchetes policiais, é para uma cidade considerada turística muito ruim. O mais recente caso de violência ocorreu num dos bairros mais perigosos de Garanhuns, e num dos cartões postais da cidade, O Cristo do Magano, onde ocorre a encenação de "Jesus alegria dos homens" sempre no período da semana santa.

ASSALTO A TURISTAS É UMA CONSTANTE NO MAGANO

Na última sexta-feira,13, entre 09: 00 e 10:00 horas, dois ônibus com dezenas de turistas que visitavam o local foram alvo dessa violência. Dois bandidos encapuzados e armados com revolveres abordaram as pessoas e com gritos de terror mandaram que todos se deitassem ao chão e fizeram o “ limpa”.Segundo informações de uma das vítimas pelos menos R$ 5.000,00 em dinheiro foram levados e mais objetos de valor como celulares, relógios e outros pertences. Um desses ônibus era de crianças de uma escola de alguma cidade de região. Algumas dessas crianças e idosos passaram mal.

Os assaltos se sucedem a qualquer hora - Imagens : Rádio Ceres
Outra situação que chamou atenção foi quando o grupo foi fazer ocorrência em duas das delegacias da cidade. Além de estarem abalados pela violência e o trauma que fica após um assalto, chegar numa delegacia e não ter o mínimo de amparo é algo inadmissível. O policial plantonista talvez de mau humor por estar de plantão num imprensado de feriado foi descortês e não atendeu as vítimas na delegacia que tiveram que procurar mais duas outras delegacias, sendo outra vez mal atendidos, até conseguiram fazer o BO numa terceira delegacia, e ouvir do delegado que ali no Magano, essas ocorrências são frequentes, e acontecem quase todos os dias.


E A SEGURANÇA ?

A pergunta que faz questão de não calar é se são frequentes essas ocorrências, porque nada se faz ? Porque não se coloca ao menos dois policias de plantão todos os dias para se preservar a tranquilidade do local, e garantir o local para visitas num dos cartões postais da cidade ? porque não se faz uma operação com intuito de recolher armas e prender bandidos ali no local ?

Portanto fica aí o alerta para os que visitam Garanhuns. Não vão ao Cristo do Magano pois é motivo de deslumbrar por uns poucos minutos da visão panorâmica, e levar para sempre o trauma de um assalto.Pois a outrora pacata Garanhuns é hoje uma das mais violentas cidade do interior pernambucano.


Por Marcos Antônio

Nenhum comentário:

Postar um comentário