sexta-feira, 18 de agosto de 2017

VISITA DE LULA AO NORDESTE TEM COMPARAÇÃO A TIRADENTES, TIROS E TÍTULO DE DOUTOR CANCELADO

Reprodução/Twitter Partido dos Trabalhadores (PT)

Depois de ter comparado a sua trajetória a de Jesus Cristo, onde se disse perseguido e que só o filho de Deus teve  mais popularidade que ele, desta vez , o ex-presidente se comparou ao inconfidente Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes.A declaração foi feita na capital baiana, Salvador, na noite dessa quinta-feira,17, onde se encontra com a sua caravana em peregrinação que passará por várias cidades nordestinas.
Ele disse que não é o problema do país, e que se fosse , se matava.Para ilustrar a comparação, Lula, contou a grosso modo a luta da Inconfidência Mineira e a reivindicação de mandar menos recursos para a coroa portuguesa.

"Esse cidadão, em 1792, foi enforcado. Além disso, foi esquartejado, cortaram a carne e salgaram. Isso para que ninguém nunca mais ousasse gritar pela independência. Mas em 1822, a independência foi conquistada. Não importa se foi um acordo, um conchavo. Aí vem a proclamação da República. E eles fizeram ver que não tinham referência heroica. E quem eles vão buscar? Aqueles que eles mataram em 1792. Foi a mesma elite que foi pegar esse amaldiçoado para garantir apoio do povo à Proclamação", explicou.

Em seguida, Lula citou a si mesmo e disse não ter medo da Justiça. "Por que eu digo isso? Porque a perseguição que eles estão em mim não me põe medo. Eu estou com medo dos milhões de crianças que estão ficando desnutridas. Porque o Brasil voltou ao mapa da fome, virou motivo de gozação no exterior. Queria dizer a eles que a ideia da liberdade, a ideia de democracia, de participação social é muito forte", bradou

"Não adianta acabar com o Lula, já que acabando com o Lula não acaba com isso. O problema não é o Lula, são os milhões de brasileiros que não aceitam mais retrocesso. Se fosse eu o problema, eu mesmo me matava", emendou. 

HONRARIA CANCELADA

Lula ainda receberia o título de doutor honoris causa da Universidade Federal do Recôncavo Baiano de Cruz das Almas, mas a honraria foi cancelada por ação  do  vereador  soteropolitano Salvador Aleluia (DEM)  que entrou na justiça e conseguiu impedir o ato. A homenagem foi aprovada pelo conselho universitário da instituição, mas o vereador entrou com ação popular, acusando a universidade de fazer campanha antecipada, e argumentando que o ex-presidente foi condenado pela Justiça Federal de Curitiba por corrupção no caso do triplex do Guarujá.

A determinação do juiz Evandro Reimão dos Reis, da 10.ª Vara Federal Cível da Seção Judiciária da Bahia, diz que houve “ desvio de finalidade revelador de ofensa á moralidade administrativa, pois outorgado ás vésperas de o laureado empreender caravana pelo Nordeste”, e estipula a suspensão do evento para esta “ ou outra qualquer data”.
Com a decisão judicial, ficam suspensos tanto o ato administrativo que concedeu o título como a solenidade de entrega da homenagem que, na avaliação do juiz, teria como objetivo “ propiciar  manifestação ruidosa do réu Luiz Inácio Lula da Silva no local da entrega ao coincidi-lo com o evento que ele está envolvido de visibilidade político-partidário denominado “ Brasil em Movimento”.

O juiz encaminhou ofício á Polícia Federal, para que ela esteja presente na data e local anunciado da entrega da honraria e, em caso de descumprimento desta decisão, adote as medidas cabíveis.

TIROS

Cinco pessoas que protestavam contra Lula foram detidas pela Polícia Militar baiana depois de um deles ter sacado uma arma.Segundo os policiais, no momento em que a van de Lula passou diante do local onde alguns manifestantes estavam fazendo um ato contra o ex-presidente e carregando faixas em apoio á intervenção militar, um deles disparou para o alto, mas não houve feridos.

Com informações do Jornalista Carlos Madeiro (UOL) 

2 comentários:

  1. Qualquer blogueirozinho ou jornalistazinho brasileiro sabe muito bem que, A DEMOCRACIA COMEÇA QUANDO ACABA ESSA IGNORÂNCIA DE POLÍTICOS TIPO LULA ÁVIDOS PELO PODER E SE PELANDO DE MEDO DA CADEIA EM QUERER CALAR A IMPRENSA. E o que dizer de um CHUMBETA DE JORNALISTA do tipinho do nanico Paulo Henrique Amorim e tantos outros que estão arranchados nos blogs sujos que empestam e poluem a blogosfera, hein, gente?!?!?! SENÃO VEJAMOS ou então, VAMOS AOS FATOS!!!

    Riscos de linchamento moral nas redes sociais à parte, todos os brasileiros são livres para expressar sua opinião. Em uma democracia, pensamentos divergentes não são apenas permitidos, MAS ALTAMENTE DESEJÁVEIS. Redes sociais abrigam pessoas de diferentes classes econômicas, níveis culturais, regiões, credos, etnias e estilos de vida. É natural, portanto, que as opiniões colidam e nem sempre se pautem pela lógica, pelo bom senso e pela compostura.

    Mas, quando se trata de gente muito bem informada – SOBRETUDO JORNALISTAS -, espera-se um discernimento acima da média. Pessoas assim não podem alegar falta de informação para embarcar em papo furado de empresários malandros e POLÍTICOS ENROLÕES. Cair na conversa mole da viva alma muito viva é como acreditar no patriotismo dos WESLEYS SAFADÕES. Neste caso, como diz o jornalista GOULART, ‘’Quem sobe voluntariamente a bordo de uma canoa afundada por EXCESSO DE SAFADEZA está consciente do que faz’’...

    O jornalista Eli Goulart Rocha, estarrecido, afirmou recentemente que não entende parte da classe jornalística defendendo com fervor um homem com vários processos por corrupção nas costas por soar ou que vem soar bastante estranho. Mas o que torna tal atitude um ato da mais absoluta sandice é o fato de que o personagem em questão, ainda em seus delírios de imperador do pântano, coloca entre suas prioridades na sonhada volta ao poder justamente o EXTERMÍNIO DA LIBERDADE DE EXPRESSÃO, diz o nobre jornalista.

    Em discurso na faculdade de direito da UFRJ no último fim de semana, Lula retomou um de seus temas prediletos: calar a imprensa. “EU ERREI QUANDO NÃO FIZEMOS A REGULAÇÃO DA MÍDIA. ELES TÊM QUE SABER QUE TÊM QUE TRABALHAR MUITO PARA NÃO DEIXAR EU VOLTAR A SER CANDIDATO. SE EU FOR CANDIDATO, EU VOU GANHAR E VOU FAZER A REGULAÇÃO DA MÍDIA”, ameaçou o exterminador SEM futuro. “Não vou morrer até voltar a governar com vocês este país”, exaltou-se o homem sempre EMBRIAGADO DE PODER...

    “ELES”, no caso, são todos os jornalistas que não se curvaram à seita, nem estão a soldo de projetos pessoais de poder. Para estes, censura e perseguição. PARA A MÍDIA AMESTRADA, verbas e cargos. Talvez alguns sejam apenas ingênuos, mas ingenuidade está longe de ser VIRTUDE neste brioso ofício que é ser jornalista, blogueiro ou coisa que o valha, desde que pregue, pratique ou preste informação ao público.

    P.S1. : - O AMPUTADO LULA TEM MEDO DE VÁRIAS COISAS, ENTRE TANTAS PODEMOS ENUMERÁ-LAS: LIVROS, CARTEIRA DE TRABALHO, DA LEI, DA DEMOCRACIA E DA CANETA DE SÉRGIO MORO...

    P.S2. : - REGULAÇÃO DA MÍDIA CHAMA-SE CENSURA... ISTO MESMO, CENSURA!!!

    ResponderExcluir
  2. Concordo e endosso tudo que falou meu nobre amigo....abrsc

    ResponderExcluir