domingo, 27 de agosto de 2017

LINDBERG FARIAS SOBRE MINISTRO FERNANDO FILHO: “ESSE NÃO TEM A MENOR CHANCE COMO CANDIDATO A GOVERNADOR EM PERNAMBUCO”

 Senador Petista Lindberg Farias(PT), diz que não acredita que Ministro Fernando Filho (PSB) possa vir a governar Pernambuco.
Imagens: Agencia O Dia/ Falando com o Agreste
Em passagem pelo Recife, acompanhando a chamada “Caravana da Esperança”, liderada pelo ex presidente Lula, o senador petista Lindberg Farias aproveitou para fazer críticas a Temer e ficou surpreso ao ser indagado sobre uma possível candidatura do ministro de Minas e Energia, Fernando Filho, ao governo do estado.  Lindberg tinha feito bastante críticas ministro e Temer antes de saber que ele é cotado para concorrer ao governo. “O desmonte está impressionante. Estão privatizando importantes setores da Petrobras, e, na Eletrobras, anunciaram a venda de ativos, além de uma perda até da floresta amazônica, que estão vendendo para mineração. E isso tem a ver com Fernando Filho. Sinceramente, eu não sou especialista em Política pernambucana, mas esse não tem a menor chance como candidato a governador em Pernambuco. As pessoas querem alguém que fale com o povo, ele está entregando a Eletrobras, destruindo a Petrobras, e ainda está indo para cima de área de proteção ambiental para colocar mineração (...) Num momento como esse, só Lula para parar com essa destruição toda”, declarou o senador. 


Já o deputado federal Silvio Costa (PTdoB) não acredita que o PT vai fechar questão sobre uma candidatura com tanta antecedência, até porque os cenários precisam ser testados ainda. O parlamentar, que é um dos maiores defensores de Lula e de Dilma, tem esperança que Lula apoie Armando Monteiro Neto, mas não com a mesma estratégia usada em 2006. Na época, ele apoiou Humberto Costa (PT) e Eduardo Campos (PSB) para o governo do estado. 
Ainda segundo Silvio Costa, as lideranças políticas estão fazendo a leitura errada ao achar que o PT vai compor no estado com o PSB, somente porque Paulo Câmara se encontrou com Lula. Para ele, Paulo foi até Lula porque sabe que o pré-candidato petista tem 80% de preferência dos eleitores do estado. Silvio acredita que é até possível uma reaproximação entre o PSB e o PT em nível nacional, mas não em Pernambuco.

Nenhum comentário:

Postar um comentário