terça-feira, 11 de julho de 2017

INVESTIGAÇÃO CONTRA LULA PODE SER ARQUIVADA

A Procuradoria da República no Distrito Federal informou que o Ministério Público Federal (MPF) pediu, nesta terça-feira (11) o arquivamento de investigação criminal contra o ex-presidente Lula.

A investigação de obstrução de Justiça contra Lula foi aberta depois do depoimento do ex-senador Delcídio do Amaral em acordo de delação premiada, no qual o ex-petista disse que Lula havia lhe chamado, assim como outros senadores, inclusive o então presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), com o objetivo de impedir o andamento da Lava Jato.
Após o depoimento de Delcídio e de outros senadores, o Ministério Público decidiu não "se vislumbrar no discurso de Delcídio a existência de real tentativa de embaraço às investigações da operação Lava Jato"

No pedido de arquivamento, a Procuradoria ressalta que o objetivo principal de Delcídio ao citar Lula na delação pode ter sido interesse próprio, em busca de aumentar seu poder de barganha perante a Procuradoria-Geral da República no acordo, ampliando assim os benefícios.
Lula ainda é réu em outras ações envolvendo a Lava Jato perante a Justiça Federal do Paraná. O ex-presidente nega todas as acusações e seus advogados afirmam que Lula é alvo de perseguição política promovida por integrantes do Judiciário e do Ministério Público.

Nenhum comentário:

Postar um comentário