terça-feira, 13 de junho de 2017

TASSO JEREISSATI DIZ QUE PSDB FICA NO GOVERNO MAS FARÁ AVALIAÇÕES DIÁRIAS DO CENÁRIO POLÍTICO

Jereissati acredita que houve corrupção na eleição de 2014
Mesmo com a decisão partidária de continuar na base aliada, o presidente interino do PSDB, senador Tasso Jereissati, foi claro: o partido vai fazer avaliações diárias dos cenários políticos.

Ele defendeu que os tucanos recorram do resultado do julgamento da chapa Dilma-Temer, pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Jereissati explicou que os advogados entendem que, para esse recurso, é preciso primeiro aguardar a publicação do acórdão e depois submeter a decisão à Executiva do partido.

Para o senador tucano é necessário continuar no governo Temer, sem deixar de lado as convicções. Apesar de reconhecer que essa é uma posição incoerente, Tasso Jereissati acrescentou estar convicto de que houve corrupção na eleição de 2014.

Sobre uma eventual denúncia da Procuradoria-Geral da República contra o presidente Michel Temer, Jereissati disse que o partido não fechará questão e os deputados ficarão livres para votar, já que cabe à Câmara decidir se autoriza a abertura do processo de investigação contra o presidente.


Será um voto de consciência e não partidário, conclui Jereissati.

Nenhum comentário:

Postar um comentário