sexta-feira, 16 de junho de 2017

PARECE QUE AGORA VAI: FPF MARCA NOVA DATA PARA DECISÃO DO PERNAMBUCANO

Por Marcos Antônio


E depois de idas e vindas, puxa e encolhe e muito desrespeito ao torcedor pernambucano, parece que agora a fraca Federação Pernambucana de Futebol (FPF), decidiu uma data para terminar o último campeonato regional em aberto no Brasil. Depois de marcar e desmarcar datas para a final do campeonato pernambucano, agora a nova data será no dia 28 de junho, no estádio Cornélio de Barros na cidade de Salgueiro, senão acontecer algum " imprevisto".

Segundo a CBF, a data  marcada para acontecer as finais dos campeonatos dos estados seria no dia 7 de maio, mas em razaõa do Sport estar envolvido em outras cinco competições, as datas foram sendo adiadas, prejudicando o bom time do Salgueiro que estava muito focado nesta decisão, já que tinha pela boa campanha, a vantagem de decidir em casa ao lado da sua torcida. O primeiro jogo dessa decisão foi realizado em Recife, na Ilha do Retiro,onde conseguiu arrancar um empate em 1x1 com o milionário time do Sport, e com isso jogaria com a vantagem de um empate sem gols em casa.

SALGUEIRO PREJUDICADO

Quem conhece um pouco de futebol, sabe as dificuldades de se montar um time de futebol no interior e aspirar algo num campeonato onde os clubes chamados de grandes tem a supremacia, como em Pernambuco, onde nunca na história deste campeonato um time do interior ergueu a taça de campeão. O time do Salgueiro há algum tempo dentro da sua programação bem planejada era o único do interior que chegava perto dessa façanha. Montou um time bem estruturado, sem craques, mas competitivo e  com atletas dedicados e abnegados, com uma diretoria comprometida e compromissada com suas responsabilidades e uma torcida que chegava junto e jogava com o time. Portanto, um time totalmente focado em seu objetivo maior que era levar a taça para a cidade de Salgueiro e lavar a alma dos sofridos times do interior pernambucano.

PRESIDENTE DO SALGUEIRO CRITICOU A FPF

O Presidente do Salgueiro José Guilherme criticou a FPF e ameaçou entrar com um time reserva ou sub-20, se a data que estava marcada para o dia 18 de junho, fosse remarcada, inclusive ia conclamar a torcida a não ir ao estádio pelo desrespeito com o time. O Salgueiro foi duramente prejudicado em vários aspectos pelas mudanças das datas. Está fazendo uma péssima série C, por ter perdido o foco da decisão do pernambucano, pois isso gerou uma ansiedade nos atletas. Depois os ingressos que foram vendidos tiveram de ser devolvidos e ainda ouvir de centenas de torcedores que os culpados eram a diretoria e o presidente do clube pelos adiamentos das datas. Enfim, de uma mobilização pró Salgueiro, existe hoje uma debandada de torcedores e alguns atletas já começam a deixar o Carcará, por propostas de outros clubes, que se seguraram no time para a tão aguardada final que poderia valorizá-los ainda mais no mercado da bola e conseguirem fechar bons contratos que é o sonho de todo atleta.

Resumindo: agora resta esperar se com essa nova mudança de data, o presidente do Salgueiro jogará com time alternativo e conclamará a torcida a não assistir a essa palhaçada que transformaram o campeonato pernambucano de 2017. E o Sport, que não precisa de um título assim, poderia não se submeter aos desmandos dos cartolas da FPF e dignamente deixar o título com o Salgueiro.Temos certeza que o rubro negro receberia aplausos da maioria dos seus torcedores mais razoáveis e justos, contaria com o apoio da imprensa local e  nacional. Afinal, a prioridade do leão este ano é vencer a copa sul-americana que dá uma vaga na Libertadores ou se classificar bem na série A do nacional que também lhe garante uma vaga na Libertadores. Vamos aguardar a decisão dos manda-chuvas do combalido, desorganizado e vergonhoso futebol brasileiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário