quarta-feira, 21 de junho de 2017

HENRIQUE MEIRELLES AFIRMA, EM DEPOIMENTO, QUE LULA NÃO INTERFERIU NA ATUAÇÃO DE BANCO CENTRAL

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, testemunha de defesa do ex-presidente Lula, na ação penal da Operação Lava Jato, afirmou nesta quarta-feira (21), que o petista não interferiu na atuação do Banco Central (BC) no período em que ele ocupava a Presidência da República

O testemunho durou pouco mais de cinco minutos e foi realizado por videoconferência do gabinete do ministro, em Brasília, e a sede da Justiça Federal em Curitiba. Apenas Cristiano Zanin Martins, advogado de Lula, dirigiu perguntas ao depoente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário