sábado, 17 de junho de 2017

GOVERNO DE ALAGOAS GARANTE FESTAS JUNINAS COM ARTISTAS LOCAIS E SALVA SÃO JOÃO DE MACEIÓ

Renan Filho anuncia aos artistas alagoanos que o São João 2017 
está garantido em Maceió
Por Marcos Antônio com informações do TNH1
A prefeitura de Maceió resolveu não fazer festas juninas este ano alegando falta de verbas e chuvas que deram bastante prejuízos financeiros ao município. Os artistas alagoanos se revoltaram e fizeram muitas críticas ao prefeito Rui Palmeira(PSDB) e ao secretário de cultura Vinicius Palmeira.Mas já em clima de eleição 2018, onde o governador de alagoas Renan Filho(PMDB), deve medir forças com o tucano, saiu na frente e aliviou o estresse dos artistas do estado que o procuraram e pediram socorro ao governador para realização das festas juninas na capital.Pois bem sendo assim, o Governo de Alagoas, por meio da Secretaria de Estado da Cultura (Secult), lançou, na tarde desta sexta-feira (16) , programação completa do São João 200 Anos, que será realizado no entorno do Museu da Imagem e do Som de Alagoas (Misa), no bairro do Jaraguá. A festa faz parte das comemorações dos 200 anos de Emancipação Política de Alagoas e acontece de 23 a 29 de junho, com início a partir das 19h.
A programação traz um arraial central, onde serão montados dois palcos, um na Praça Dezoito de Copacabana, para apresentação dos grupos que participam do 1º Festival de Coco de Roda de Alagoas, e outro na Praça Dois Leões, que receberá shows de atrações alagoanas. Ao todo, 17 bandas e 36 trios autênticos de forró se apresentarão. Todos formados por artistas alagoanos.
Além disso, o Museu da Imagem e do Som de Alagoas (Misa) estará aberto durante todos os dias de festa para receber a exposição ‘O Forró dos 200 Anos’, que homenageia os grandes nomes do forró de Alagoas. Em frente ao Misa será instalada uma casa de farinha, que estará em pleno funcionamento e onde os visitantes poderão se deliciar com comidas típicas.
Durante os festejos juninos, o Governo também apoia 20 quadrilhas, por meio do Edital de Chamamento Público de São João, e os grandes arraiás do Jacitinho, Benedito Bentes, Jatiúca e vários pequenos arraiás de bairros. Ao todo, o Governo de Alagoas, por meio da Secult, investe R$ 1,2 milhão no São João de Alagoas.
"No ano do Bicentenário, o Governo de Alagoas não poderia se omitir de uma festa tão tradicional. Será o São João dos 200 Anos e da Solidariedade. Montaremos pontos de coletas de mantimentos e agasalhos para as famílias que sofreram com a chuva em todas as festas que estamos apoiando", disse  a secretária de Estado da Cultura, Melina Freitas.
1º Festival de Coco de Roda de Alagoas
A novidade deste ano será o 1º Festival de Coco de Roda de Alagoas, realizado pelo  Governo do Estado, em parceria com a Liga dos Cocos Alagoanos (Licoal), de 24 a 29 de junho, na Praça Dezoito de Copacabana, em Jaraguá. O festival contará com a competição de 20 grupos de coco de roda e apresentação de convidados, somando mais de mil dançarinos, que devem animar o público do evento.
O ótimo de tudo isso é que a programação dará 100% de prioridades aos artistas alagoanos, deixando de fora os enlatados que invadem as festas juninas nesses período trazendo seus ritmos que em nada lembram o nosso autêntico forró regional, escanteiam os artistas da terra e levam sacos de dinheiro para seus respectivos destinos.Que esse exemplo bom, barato e de valorização dos artistas locais possa ser repetido por outros governantes nordestinos para ao menos tentar salvar as tradições e cultura genuinamente nordestinos...é isso ai.
Quem quiser ver a programação completa acesse : www.tnh1.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário