sexta-feira, 12 de maio de 2017

TRÊS PRESOS NA OPERAÇÃO SEM FRONTEIRAS SÃO LIBERADOS. RESTANTE SEGUE PARA PRESÍDIO EM MACEIÓ

Foto: Gazeta Web
A audiência com os presos da Operação Sem Fronteiras no Fórum Ministro Eraldo Gueiros, em Garanhuns, que aconteceu na última quinta-feira (11), durou aproximadamente 10 horas. Por volta das 11h os detidos deixaram a sede da 18ª delegacia, no centro da cidade e foram escoltados sob um forte esquema de proteção policial até o fórum.

Os trabalhos da audiência foram encerrados por volta das 20h, resultando na liberação de três dos detidos. Além da liberação, dez dos presos tiveram as prisões preventivas mantidas e foram encaminhados para presídios de Maceió, sede da 17ª Vara Criminal de Alagoas, responsável pela expedição dos mandados de prisão, busca e apreensão executados na última quarta-feira (10). Entre os presos está o vereador  Marinho da Estiva,  e o tenente da PM, lotado no 9º BPM, Djoou Silva de Carvalho.

Abaixo os nomes dos envolvidos:

Cícero dos Santos Camilo - Chefe da quadrilha - Empresário

- Djoou Silva de Carvalho - Tenente de Pernambuco

- Mario Dos Santos Junior (Marinho da Estiva) - Vereador de Garanhuns

- Bruno José da Silva Filho

- Augusto Lucas Pinto Gomes

- Ivan Patrick Teixeira de Souza

- Jean Pierre Maldini da Silva

- Luciana Ferro de Lima Camilo - esposa do chefe da quadrilha e assessora parlamentar do vereador)

- Ronaldo Luiz Rufino da Silva

- José Ildson Gomes de Albuquerque

- Cícero Maurício Alves

- João Paulo dos Santos

- Leandro Aristides Bento

Já se encontravam presos em Pernambuco:

- Jefferson Ricardo de Oliveira

- Gilson Barbosa Xavier

- Adevanilson Pereira da Silva

- Erlan de Araujo Novais

- Paulo Cesar Pereira de Araujo


- Jose Ademilto Oliveira Constantino

3 comentários:

  1. Já que colocou o nome de todos os envolvidos,nada mais justo de ser colocado os nomes de quem foi absorvido pelo Juiz

    ResponderExcluir
  2. Porque voçês não procuram os libertos da operação, para fazer uma entrevista sobre o acontecido, e esclarecer os fatos para o povo de Garanhunhs. Para que eles falem

    ResponderExcluir
  3. Sr. Anônimo e sra Iara: Não nos foram fornecidos nomes dos envolvidos libertos. Como nosso tom de notícias não é o policial, demos apenas informações que nos foram repassados pelos órgãos de segurança pública. Se algum dos envolvidos libertos quiser nos procurar, os ouviremos e publicaremos sua versão dos fatos.

    ResponderExcluir