terça-feira, 23 de maio de 2017

POLÍCIA BRITÂNICA IDENTIFICA AUTOR DE ATENTADO DEPOIS DO SHOW DE ARIANA GRANDE

Foto: Portal Leia Já
A Polícia Britânica identificou o autor do atentado da Manchester Arena que deixou na noite da última segunda-feira (22), 22 mortos e 59 feridos, durante um show da cantora Ariana Grande. O suspeito nasceu na cidade inglesa e é filho de um casal de refugiados líbios que fugiram da ditadura de Muamar Al Kaddafi. A informação foi repassada pela Agência Efe fontes de Segurança de Trípoli. "Posso confirmar que o homem suspeito de realizar a atrocidade da noite passada é Salman Abedi, de 22 anos", disse o chefe da polícia de Manchester, Ian Hopkins.

A primeira-ministra britânica, Theresa May, disse nesta terça-feira (23) que o ataque suicida foi um ato doentio dirigido a crianças e jovens, e a polícia realizou buscas em casas na cidade de Manchester em busca de possíveis cúmplices.

O Estado islâmico, que está sendo expulso de territórios na Síria e no Iraque por forças apoiadas pelo Ocidente, reivindicou a autoria do ataque. Mas alguns especialistas descartaram essa hipótese, observando que não havia evidência de envolvimento direto do grupo e que detalhes da reivindicação do grupo --em duas mensagens contraditórias-- contrastavam com descobertas da polícia britânica.

Testemunhas relataram o horror da explosão de Manchester, que desencadeou uma correria assim que o show terminou na maior arena coberta da Europa, cuja capacidade é de 21 mil pessoas. "Corremos, as pessoas gritavam ao nosso redor e empurravam nas escadas para sair e as pessoas caiam, as meninas estavam chorando, e vimos essas mulheres sendo tratadas por paramédicos com feridas abertas nas pernas... foi um caos", disse Sebastian Diaz, de 19 anos. “Foi literalmente apenas um minuto depois que terminou, as luzes acenderam e a bomba explodiu", complementa.


A cantora Ariana Grande, de 23 anos, que está em estado de choque desabafou no twitter.
Foto: Blasting News
A cantora Ariana Grande, de 23 anos, que está em estado de choque disse no Twitter: "Despedaçada, do fundo do meu coração, eu sinto muito, não tenho palavras".

Até o momento apenas três vítimas fatais foram identificadas
FotoMontagem: Diário de Pernambuco
Até o momento apenas três vítimas fatais foram identificadas, são elas: uma menina de 8 anos, Saffie Rose Roussos, uma estudante de 18 anos, Georgina Callander, e um jovem de 26, John Atkinson.

Nenhum comentário:

Postar um comentário