terça-feira, 9 de maio de 2017

PALMEIRA DOS ÍNDIOS: FOTOS DE PADRE NA CAMA COM JOVENS VAZAM NA NET, RELIGIOSO É AFASTADO E CASO VAI PARAR NO VATICANO


Em 2010, na cidade de Arapiraca, interior de Alagoas, aconteceu o maior escândalo de pedofilia envolvendo dois padres e um monsenhor já registrado no país.Um vídeo gravado por um ex-coroinha mostrava o Monsenhor Luiz Marques Barbosa de 83 anos,na cama com outro coroinha, em cenas que chocaram a cidade e abalou a cúpula da Igreja no Brasil.
O bispo da diocese regional de Penedo, que engloba Arapiraca, Dom Valério Breda - que, segundo as vítimas, tinha ciência de tudo -, afastou os réus dois dias depois da eclosão do escândalo.
Os padres foram investigados após denúncias de ex-coroinhas que relataram abuso sexual dos religiosos contra crianças e adolescentes, em março de 2010. Todos foram condenados, mas não ficaram presos por serem réus primários

Sete anos depois desse acontecimento, eis que agora a população de outra cidade do interior de alagoas, Palmeira dos Índios, amanheceu chocada com umas fotos que circulam na internet onde supostamente aparece o padre Antonio Bernardo dos Santos, integrante da diocese do município, em um ambiente que seria um quarto, na companhia de dois rapazes.


Em uma das fotos, nota-se que o padre está com um das mãos
nas partes íntimas de um dos jovens.
O Blog "Falando com o Agreste" tentou um contato com o Padre ou algum integrante da igreja em Palmeira dos Índios, mas ninguém quis se pronunciar.

O vigário Geral da Diocese de Palmeira dos Índios, Padre Wendell Assunção Gomes, emitiu esta  nota abaixo  informando que foi instituído um inquérito administrativo penal em desfavor do religioso.
 

O processo irá seguir em segredo de Justiça e os autos seguirão para a Cidade Estado do Vaticano, em Roma. O mesmo será avaliado pelo Papa Francisco que vai decidir o que será feito com o padre.








Nenhum comentário:

Postar um comentário