segunda-feira, 22 de maio de 2017

DEPUTADO BOLSONARO EXPLICA COMO DOAÇÃO DA JBS FOI PARAR EM SUA CONTA

E, enquanto Brasília ferve, um deputado federal passou a usar as notícias da delação a seu favor: Jair Bolsonaro (PSC). Nesta sexta-feira (19), o deputado postou uma montagem em seu Facebook onde aparece sozinho no Plenário da Câmara, com a legenda: “Se gritar Friboi, só sobra um, mermão”. 
Em palestras pelo Brasil, Bolsonaro – que é pai do também deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSC-SP) – gosta de repetir que nunca aceitou dinheiro da empresa. 

No dia 18 de março, o canal do deputado no YouTube publicou um trecho de uma entrevista sua ao programa Pânico, da Rádio Jovem Pan, de São Paulo, onde ele explica: “Eu estou na lista da Friboi (…) porque 162 parlamentares receberam recursos da Friboi e eu seria 163º. Quando o dinheiro entrou na minha conta, no dia seguinte saiu, pedi pra tirar. Dei um cheque e doei para o partido. O dinheiro não veio da Friboi pra mim, veio para o partido. Eu pensei: por que a Friboi está dando dinheiro pra mim, se ela acabou de pegar empréstimo em torno de R$ 7 bilhões do BNDES? Tá dando só porque eu sou bonito? Alguma coisa está errada. Isso é em grande parte a propina legalizada, que existe três tipos de empresários para doações eleitorais: o bandido, o que é chantageado e o Friboi/JBS, mas sim repassada ao seu partido.
Prestação de contas mostra Bolsonaro passando dinheiro da Friboi ao PP e depois recebendo do fundo partidário soma de igual valor | Foto: Reprodução/MeuCongressoNacional
Ou seja, segundo explicação do próprio deputado, a doação não foi de fato “devolvida” à Friboi/JBS, mas sim repassada ao seu partido. A reportagem da VICE aponta ainda outra questão: na mesma tabela de dados sobre doações eleitorais que registra o repasse de R$ 200 mil de Bolsonaro a seu partido, mostra um montante igual sendo transferido à conta da campanha de Bolsonaro pelo fundo partidário. Em consulta ao site Meu Congresso Nacional é possível confirmar as transações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário